Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Incrível!


Daniel Dantas dá as cartas

Dizer que o governo Lula é um conciliábulo significa quase um pleonasmo. O espírito de conciliação do lulismo de resultados é tamanho que chega às raias da esquizofrenia.

Me acompanhem: o banqueiro Daniel Dantas nunca tolerou o delegado Paulo Lacerda, que ontem caiu da Abin. Lacerda, ex-superintendente geral da Polícia Federal quando foi para a Abin transitou no que se denomina “cair para cima”. Na época, comentava-se que no realocamento de Lacerda tinha o dedo de Dantas.

Os acontecimentos foram se desenrolando e o banqueiro acaba sendo preso/solto/preso/solto pela PF e pelo ministro Gilmar Mendes, respectivamente.

Agora, a incansável revista Veja divulga (um pequeno Plano Cohen) o que seria um grampo de conversa (escassamente republicana) entre Gilmar Mendes e um senador tucano. Mendes convoca o presidente Lula para uma reunião urgente-urgentíssima em 24 horas (de domingo para segunda-feira), preside a tal reunião e determina ao presidente da República que afaste o delegado Paulo Lacerda da Abin. Luís Inácio cumpre à risca as determinações do presidente (do STF) Gilmar Mendes.

Hoje, Lula nomeia o substituto de Lacerda na direção da Abin. Trata-se de Wilson Trezza, segundo o blog do Josias (Folha).

Quem é Trezza? Um velho colaborador do banqueiro Daniel Dantas, tendo sido diretor de Seguridade da Fundação BrTPrev (Brasil Telecom Previdência), quando esta era controlada pelo quadrilheiro baiano.

Observem que - por vias interpostas e oblíquas - quem está dando as cartas (e jogando de mão) é Gilmar Mendes e Daniel Dantas, tendo o PIG/Veja como agent provocateur bem postado e bem sucedido (pelo menos nesta última nova aventura golpista).

19 comentários:

Anônimo disse...

Da Folha ( para desespero dos petralhas que já plantavam que o grampo tinha o dedo de Daniel Dantas, deve ser duro ver um ex-funcionário do "homem" nomeado pelo próprio Presidente Lula, mandando na Grampolândia. Só faltou o Lula cantar: "o Dantas é meu amigo, mexeu com ele, mexeu comigo").

Cel

Carlos Eduardo da Maia disse...

Conciliação sempre tem que haver, mas nunca com a máfia. Os tentáculos de Dantas no governo do PT são bem grandes, como se vê. E a culpa é da Veja que coloca, com muita razão, a boca no trombone.

Anônimo disse...

Dantas, infelizmente, tem dado as cartas, e ao contrario do FACISTA Maia, desde FHC.
Fico profundamente triste pelo meu campo, mas ao contrario da corja FACISTA, nao jogo todo o mal do mundo no PT, por mais que aconteçam as coisas, LULA nao privatizou NADA e o pais cresceu..
FHC e a corja FACISTA queriam mudar o nome da Petrobras para PETROBRAX e vende-la , agora o FHC, office-boy dos EUA está pelo pais dando "palestra" sobre o que TEMOS que fazer com as reservas, sugiro doa-las aos americanos...

Anônimo disse...

O que o Maia e a veja tem em comum é que a verdade para eles é um jogo de interesse, no caso da veja pecuniário claramente.

O que eles não mencionam que o Dantas era afilhado do ACM, que até igreja parece que roubava segundo a briga dos herdeiros, e abençoado e elevado a posição de "sucesso" no governo do FHC.
As posições dele foram organizadas na gestão do BNDES do FHC.

Isto é que eles escondem, e depois vem a maledicência qde querer dar a paternidade do meliante ao Lula.

E nem comentam e muito menos desconfiaram da presteza do Gilmar Mendes em mantê-lo intocável. Mesmo com o gerentão do Dantas ter manifestado o interesse durante a tentativa de "compra" de um juiz em São Paulo, que na justiça "em Brasilia já estava tudo acertado."

E mesmo parecendo que estavam "acertados" mesmo em Brasilia , ficaram quietinhos; nem os tucanos pefelistas pediram CPI do acerto dos sem algemas; nem a bravo e honesto PIG não se manifestaram nenhum interesse em investigar.

Claudio Dode

Sueli - Porto Alegre disse...

Bem interessante o Imprensa Marrom
*********************************

http://www.interney.net/blogs/imprensamarrom/

Anônimo disse...

Interessante, também, a opinião do Eduardo Guimarães.

http://edu.guim.blog.uol.com.br/

Jorge

Ary da Silva Martini disse...

O PSDB está colhendo assinaturas para instalar uma CPI no Senador e outra na Câmara. Objeto: o grampo. Eles não gostaram nem um pouquinho da atitude do governo: afastar a direção da Abin e nomear delegados federais de alto nível para investigar o suposto grampo. Ou seja, isso denota que o governo agiu certo, sepultando a lenga-lenga que eles imaginavam arrastar. Na realidade fico feliz quando a oposição propõe uma CPI. É o trabalho dela. Exigir ou esperar algo diverso seria inimaginável.

Fabrício disse...

Bem, o que mais precisa para colocar o lulismo no mesmo patamar dos anos FHC?
E não venham falar que Lula não privatizou. Privatizou, sim. Petróleo, bancos estaduais... O que importa, mesmo, é a face absolutamente neoliberal do governo, com ressalvas a um grupo ainda "mentalmente sequestrado", mas sincero.

Sueli - Porto Alegre disse...

Pro JORGE :
Tomara messmo Jorge! mas que dá um nó na gente comum como eu, dá mesmo!
Votei e votarei no LULA . Entre créditos e débitos,ele tem mais créditos.
Abraço em ti e no blog

Ary da Silva Martini disse...

Fabrício, acho que você se equivoca ao classificar o governo Lula como sendo neoliberal. Você pode classificá-lo como sendo de centro, de direita, social-democrata, mas jamais, como neoliberal. Os principais pressupostos do neoliberalismo não estão presentes no governo Lula.

Sueli - Porto Alegre disse...

O Azenha tb tá interessante:
**************************

http://viomundo.com.br/


Mesmo assim,voto no Lula,pelos créditos!
Abraço no blog

Ary da Silva martini disse...

Para colocar o lulismo no mesmo patamar de FHC falta apenas a rejeição popular. Algo em torno de 59% de ruim é péssimo (mais ou menos o inverso de hoje).

Carlos Eduardo da Maia disse...

Ary, não te esqueça que FHC foi eleito duas vezes no primeiro turno e o Lula foi eleito duas vezes no segundo turno.

Anônimo disse...

O que o Maia não comenta é o que custou isto, e a quem?

E responda também, o Maia, quanto custou o "advento" da reeleição?

É certo também que a rejeição dele já do inicio do segundo mandato foi devido a descoberta da , por parte da população em geral da vigarice que o o projeto tucano pefelista representava.

Claudio Dode

Carlos Eduardo da Maia disse...

E o Mensalão, Cláudio Dode, quanto custou? E os 10 milhões de dólares que o Duda Mendonça recebeu lá fora, quem pagou? E o empréstimo do Marcos Valério para o PT, assinado pelo Genoíno, que a Veja colocou na sua capa? E os 5 milhões que o compadre do Lula embolsou pela venda da Varig?

Ary da Silva Martini disse...

Para o Lula foi mais interessante ser eleito no segundo turno, pois isso ampliou o leque de alianças e facilitou a governança. Além do mais, ser eleito no primeiro turno pode apenas indicar competência de marketing e outros fatores correlatos. O que vale mesmo é como o governante termina o mandado. Esse indicador é que vale. Me parece que FFHH não terminou muito bem o seu segundo mandato. Outro casdo a ser observado é o de "Casanova": vamos ver como será o final de seu mandato.

Anônimo disse...

O Maia,

De mensalão tu deves entender esta é uma herança que deixou o PSDB, bem como o Marcos Valério. Não esqueceu não é?

Mas isto está na justiça se tiverem alguma prova para condenação como dos dirigentes do Banco do Brasil no Governo FHC,entre eles Paulo Ximenes,Ricardo Sérgio,
Agora o que a Veja diz e quem pagou pelo que ela disse eu não tenho o mínimo interesse. Aí podes falar senão fica só na conta da tua maledicência.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Corrigindo
Mas isto está na justiça se tiverem alguma prova para condenação como dos dirigentes do Banco do Brasil no Governo FHC,entre eles Paulo Ximenes, Ricardo Sérgio, aí podes falar senão fica só na conta da tua maledicência.

Agora o que a Veja diz e quem pagou pelo que ela disse eu não tenho o mínimo interesse..

Claudio Dode

Anônimo disse...

Esse tal de Dantas, se não tivesse feito "espionagem" e sim medicina, seria ginecologista com especialização em proctologia. O dedo do cara está em todas!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo