Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Chefe da campanha de Fogaça é investigado


Ex-secretário de Yeda está enroladíssimo

A compra de dois imóveis de luxo levou o deputado estadual Luiz Fernando Záchia (PMDB) a ser investigado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Rio Grande do Sul por suspeita de enriquecimento ilícito. A informação está na Folha, de hoje.

Ex-presidente da Assembléia Legislativa gaúcha e ex-chefe da Casa Civil da governadora Yeda Crusius (PSDB), Záchia é o coordenador da campanha à reeleição do prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB).

As suspeitas recaem sobre a compra de um apartamento em Porto Alegre e de uma casa no município de Xangri-lá, balneário 130 km ao Norte da capital. Nenhum deles está registrado no nome do deputado.

Propriedades similares nos locais valem, somadas, entre R$ 1,4 milhão e R$ 1,6 milhão, segundo imobiliárias - mais do que o triplo dos bens que Záchia declarou à Justiça Eleitoral antes de concorrer à reeleição, em 2006 (R$ 438 mil).

O apartamento de Porto Alegre, onde Záchia vive atualmente, foi adquirido no ano passado, quando o deputado estava na Casa Civil, coordenando a articulação política da governadora tucana.

O imóvel tem 234 m2 e fica num bairro de classe média alta. Imóveis estão à venda no mesmo prédio por valores entre R$ 800 mil e R$ 1 milhão.

No cartório, o apartamento está em nome de Durafa Empreendimentos Imobiliários, que construiu o edifício.

Já a casa tem 222 m2 e fica no Carmel (foto), um condomínio fechado que conta com um lago particular, próximo da praia de Atlântida, uma das mais badaladas do litoral gaúcho. Záchia comprou o terreno no condomínio em 2004 e construiu a casa.

Clique na imagem para ampliá-la.

67 comentários:

Simão Bacamarte disse...

Não interessa se tem falcatrua ou não, pessoas cujo habitus (isso mesmo, com "u", aquele do falecido Pierre B.)as leva a comprar uma CASA EM CONDOMÍNIO FECHADO COM LAGO NA PRAIA DE ATLÂNTIDA, deveriam ser AÇOITADAS À MODA ROMANA.

Ary da Silva Martini disse...

Justificativas: "são economias de uma vida toda", vendeu um apartamentizonho em Barro Preto e uma casa no Lami, vendeu um monza 83. Obs. quem comprou o apartamentizonho e o carro foi um tiozinho residente em Jóia. 2ª obs. deve ter comprado pela metade do preço. É o "novo jeito tucano de governar": nos EUA é crise imobiliária, no Rio Grande é "vergonha imobiliária".

panoramix disse...

Yeda tá fazendo escola! Investigações que caem ou começam no TCE eu nunca levei fé, duvido que salte coelho deste mato. Temos exemplos de julgamentos que foram verdadeiros escárnios, deboches, verdadeira ação entre amigos. Temos então: Záchia, que desembarcou do governo Yeda e foi coordenar a campanha de Fogaça e Busatto, secretário de Fogaça, que foi para o governo Yeda e vimos no que deu. Os "agentes políticos" são os mesmos, o discurso é o mesmo e as políticas são as mesmas! Nada, absolutamente nada de novo!

Anônimo disse...

E o franciscano onde andará? Estará recolhido em algum monastério, orando para salvar esses pecadores?

Sueli-Porto Alegre disse...

Ary,tb existe a posibilidade de ter sido comprada de um " mamão" de dívidas.
Esse governo tá ficando uma salada de frutas.

Abraço em ti e no blog

Anônimo disse...

O povo Yedista se retirando do mercado imobiliário vai estourar a bolha dos subprimes. Os corretores e construtores de imóveis devem estar desesperados: COMO VAMOS RESGATAR NOSSOS INVESTIMENTOS??? SOCORRO!!! PRECISAMOS DE AJUDAR!!! VAMOS FALIR!!! VAI TER DESEMPREGO!!!

Ary da Silva Martini disse...

Coligação do "Nojento Jeito de Governar: PSDB, CRECI, PMDB, PP... Lemas da coligação: "Quem governa quer casa"; "Se ela pode eu posso".

panoramix disse...

Yeda, Pedro Simon, Fogaça, Záchia, Busatto, Britto, estes são representantes do "novo"! Nova casa na chacara das pedras, novo apartamento do ex-chefe da casa civil, nova casa na praia, novo pontal do estaleiro, tudo novo, o "velho novo" agora camuflado por transações imobiliárias!

prieb disse...

Os Estados Unidos bushista se curvam diante do Rio Grande guasca.

Yes, nós temos subprime imobiliário, também, off course!!!!!!!!!!

Luís disse...

Curiosamente as "hostes fogacistas" estão quase em pânico, de duas semanas para cá... o corre-corre, a face sisuda e as cobranças estão ao máximo, pelos corredores municipalistas...
Será só coincidência com este ou outro fato semelhante, ou será que também se deram conta do óbvio de que a eleição está em aberto?!

Anônimo disse...

Acho que a Maria, mãe de Jesus, não vai explorar esses pecadilhos. Afinal os marqueteiros mineiros não entendem nada das coisas do pampa.

Carlos Eduardo da Maia disse...

A Folha colocou também o contraponto do Záchia que está aqui: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc2609200816.htm.

O DG também deveria colocar a outra versão. Mas o que importa é ganhar a eleição no grito.

Anônimo disse...

A se a Vera Guasso soubesse explorar esse fato!!! Eu viveria com mais alegria e esperança.

Sueli-Porto Alegre disse...

Maia,claro que poderá ser no grito! as anteriores, aquelas que tu gosta, acho,só acho, eram "nas armas".Melhor gritar que mandar prender,ne´???
Deve ser por isso que tu gosta de correr...

Abraço em ti e no blog

panoramix disse...

Maia não deu...UOL Área Restrita, pode emprestar tua senha? Pode explicar que não muda nada. É a crise imobiliária a moda guasca, mas só envolvendo "autoridades" dos governos Yeda/Fogaça!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Grande abraço, Sueli. Amanhã vou fazer o meu circuito de 1 hora e 15vou até a Usina do Gasômetro e volto. Panoramix, copiei e colei da Folha: O deputado Luiz Fernando Záchia (PMDB) nega irregularidades na sua evolução patrimonial e diz que comprou os imóveis por R$ 975 mil, somando os dois, e que eles constam na declaração de imposto de renda do ano passado.
"Andaram dizendo [na denúncia] que eu comprei uma cobertura e uma casa na praia enquanto era chefe da Casa Civil e isso é uma sacanagem."
Ele atribuiu a adversários -cujos nomes não mencionou- a denúncia que originou a investigação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) gaúcho sobre seus bens.
Záchia diz que o apartamento em Porto Alegre custou R$ 675 mil. Ele afirma ter pago R$ 500 mil em abril de 2007 e parcelado o restante. O dinheiro, diz, veio da venda de outro apartamento e do FGTS de sua mulher.
Uma compra abaixo do valor de mercado foi a explicação para a casa de veraneio em Xangri-lá, no litoral. Záchia afirma ter comprado o terreno em 2004 parcelado com uma entrada de R$ 10 mil e o restante dividido em 24 parcelas. Ele alega que o apartamento segue em nome da Durafa Empreendimentos Imobiliários porque ainda não foi integralmente pago, e a casa de praia continua em nome da Malpaso por causa de problemas com o licenciamento municipal.
O dono da Malpaso, Solon Soares, disse que vendeu o terreno abaixo do preço de mercado por causa de "relações de amizade e família". A Durafa não se manifestou. O procurador do TCE, Geraldo Da Camino, não comentou o caso alegando sigilo.

Ary da Silva Martini disse...

Maia, eu admiro a tua valentia: você parece aquele galo (Galo de Rinha - Jayme Caetano Braun) todo esgualepado, torto, quase sem bico, todo furado, sem a menor chance de vida ou vitória, mas peleando no rinhadeiro.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Ary, não estou nem ai para o Zachia, aquele colorado. Meu voto continua para o menos pior. Gente, hoje tem debate nos EUA. IMPERDÍVEL.

panoramix disse...

Mas a desculpa é identica, senão igual a da Yeda, só faltou um Corcel II 1985 vendido por 40 mil! Esta gente que tá no piratini e quer continuar no paço municipal é muito cara de pau, pelo amor dos meus filhinhos!

clecio disse...

Situação lamentável em termos de moral, ética e esquemas obscuro que rondam os partidos PMDM, PSDB e outros parceiros falcatruas !! ONDE VAMOS PARAR COM TANTA BANDALHEIRA ??

Ary da Silva Martini disse...

Traduza o debate, Maia, e coloque aqui para os simples mortais.

Anônimo disse...

Zachia, o cardeal faturador.

Jorge

l gonzales disse...

Ta aqui o link para os sem-folha:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u449125.shtml

Luís disse...

"Ganhar a eleição no grito" é ótima!!!
Mas... não falta avisar o Jornal do Almoço, ZH, VEJA, O Estado de São Paulo, O Globo, Jornal Nacional, Mendeslki, Lasier, Rosane, Mainardi, etc, etc, etc...?!?!?!?!

Ary da Silva Martini disse...

Eis a versão "corte e cola" (contribuição estratégica de "Casanova"): O deputado Luiz Fernando Záchia (PMDB) nega irregularidades na sua evolução patrimonial e diz que comprou os imóveis por R$ 975 mil, somando os dois, e que eles constam na declaração de imposto de renda do ano passado.

"Andaram dizendo [na denúncia] que eu comprei uma cobertura e uma casa na praia enquanto era chefe da Casa Civil e isso é uma sacanagem."

Ele atribuiu a adversários --cujos nomes não mencionou-- a denúncia que originou a investigação do TCE (Tribunal de Contas do Estado) gaúcho sobre seus bens.

Záchia diz que o apartamento em Porto Alegre custou R$ 675 mil. Ele afirma ter pago R$ 500 mil em abril de 2007 e parcelado o restante. O dinheiro, diz, veio da venda de outro apartamento e do FGTS de sua mulher.

Uma compra abaixo do valor de mercado foi a explicação para a casa de veraneio em Xangri-lá, no litoral. Záchia afirma ter comprado o terreno em 2004 parcelado com uma entrada de R$ 10 mil e o restante dividido em 24 parcelas. Ele alega que o apartamento segue em nome da Durafa Empreendimentos Imobiliários porque ainda não foi integralmente pago, e a casa de praia continua em nome da Malpaso por causa de problemas com o licenciamento municipal.

O dono da Malpaso, Solon Soares, disse que vendeu o terreno abaixo do preço de mercado por causa de "relações de amizade e família". A Durafa não se manifestou. O procurador do TCE, Geraldo Da Camino, não comentou o caso alegando sigilo. Fonte: ZH, digo, FSP.

gustavo disse...

O que se espera de uma pessoa que vai ver o debate das eleições estado-unidenses, diz que o obama é seu candidato(como se isso tivesse algum tipo de consequência prática, a mais mínima que fosse?!)e além de tudo que não esta nem aí para o Zachia e faz um comendário de trocentas linhas só para defende-lo!

Menos Maia!Controla o velho estremismo sectário que te assombra.

Anônimo disse...

Tchê, quanta gente que se deixa iludir por comentários sem comprovação. Parece que fim de semana próximo a VEJA trará publicações a esse respeito e aí a turma do Pont e do Bom de gás vai dizer que esta é uma revista séria que informa as verdades para o povo. Quanta tolice. Me adimira muito o editor do blog postar um desenho irreal representando um condomínio inexistente para parecer ao leigo que trata-se de uma verdade. Gente o condominio está aberto a visitação. Apenas tomem cuidado para não se perderem no meio do mato.

panoramix disse...

Se é invenção de desafetos porque sair?
O deputado estadual Luiz Fernando Záchia do PMDB divulga ainda hoje nota oficial rebatendo denúncias de suposto enriquecimento ilícito encaminhadas ao MP de Contas pela Associação dos Policiais Ativos e Inativos do Estado. No texto também constará a informação de que o parlamentar está deixando a coordenação política da campanha de José Fogaça à reeleição na prefeitura de Porto Alegre.
fonte(AL):
http://tinyurl.com/3tlyjx
Nova Corja amplia mais o assunto:
http://tinyurl.com/4mog34

Sueli-Porto Alegre disse...

Tchê...explica melhor...
Eu tb achei estranho uma figura,mas vai ver não deu pro o Feil fazer as fotos!

panoramix disse...

Sueli-Porto Alegre tu vais encontrar mais informações na nova corja:
http://tinyurl.com/4mog34
Realmente o anônimo das 20:56 tá certo: como este pessoal da esquerda é imaginativo e implicante. Primeiro foi com a franciscana casa da Yeda e agora com o JK e a pequena tapera na beira da lagoa do Záchia. Que gente!
Por falar em franciscano, cadê nosso ético Senador Pedro Simon? De vez em quando ele some!

Sueli-Porto Alegre disse...

Panoramix: é mesmo !!!!

Abraço em ti e no blog

Estevão - PMDB Jovem disse...

Se eu tivesse grana pra comprar um Gato Preto eu sairia pichando por aí 'Fala, Simon!'. Não é possível que num momento tão crítico da República Farroupilha nosso líder maior fique quieto e se fazendo de salaminho.

Eduardo Vaz Franco disse...

Esse Estevão só pode ser um provocador barato. Todo mundo sabe que o nobre Senador Pedro Simon não está podendo falar porque quebrou o braço após uma queda no jardim do Palácio do Planalto, onde havia ido protestar quanto às denúncias de corrupção no IBAMA de Novo Horizonte(AC).
Atenciosamente, Assessor de Imprensa.

Anônimo disse...

Pensei que o "ético" senador do PMDB não irira aparecer nessa campanha de vergonha, devido a corrupção de dirigentes de seu partido. Puro engano, hoje mesmo ele apareceu no horário político,fazendo sua retórica de sempre. Nem uma palavra sobre o partido do atual prefeito de Porto Alegre, quando ele se elegeu era do PPS e saiu PMDB.
O candidato pelo PMDB está num beco sem saida. Se tivesse ficado no PPS, estaria com a corja do brito, Busato,Berfram, etc. e agora é a corrupção dos dirigentes do PMDB que está sendo investigada pelos tribunais da justiça. Essa candidatura está sem sustentação ética.
Cláudia

Anônimo disse...

E agora José? Até o coordenador de sua campanha está sendo investigado pelo TCE? Não bastava o Padilha, o secretário geral do seu partido, o PMDB ser investigado?

Gabriel disse...

os irmaos ZACHIA sao pilantras desde a decada passada, quando estes eram da cupula do internacional, eles conseguiram quase rebaixar o time, pq roubaram tudo o que podia dentro do beira rio, com esse dinheiro um dos zachias(n me lembro qual agora); comprou uma bela mansao a beira mar na divisa de atlantida com capao da canoa...

panoramix disse...

O esquema é o mesmo: negociações imobiliárias feitas abaixo do preço de mercado envolvendo gente graúda no poder executivo! Lembra história idêntica que já está sendo investigada no TCE envolvendo nossa desgovernadora. Em troca do que o preço é reduzido? Um sorriso na rua da praia?

Anônimo disse...

Falando de ilicitudes, o Valor Econômico de hoje traz notícias do calote que a Parmalat já está passando - de novo - nos produtores de leite do noroeste do estado. Coisas de crescimento desmesurado da empresa, dizem. Os tambeiros e suas vacas não tem nada a ver com isso. Desse jeito, nem a aposta num cluster leiteiro a dinamizar a economia do estado já começa mal. Aliás, com os mesmos de sempre!! Que modelo de desenvolvimento é esse?
Marcos

Sueli-Porto Alegre disse...

Tem gente burra e pobre mesmo: comprar mansão nesse mar de nescau!

Prefiro uma límpida bacia d'água.

Abraço no blog

Anônimo disse...

Todos os dias novas denúncias, agora o enriquecimento ilícito o chefe de campanha do candidato pelo PMDB. É impressionante a fixação que os dirigentes do PMDB tem pelo litoral gaúcho. O Simom se envolveu com a construção da estrada do mar, para facilitar sua ida a casa de praia. O Padilha sempre foi dono de tramandaí e arredores. Agora o Zaquia do Pacto Pelo Rio Grande também adquire o seu modesto chalé. Por lá também está o Aleceu Moreira... e tantos outros mais.

Ary da Silva Martini disse...

Por obra de ZH/RBS temos no RS o "jornalismo envergonhativo". Os blogs "políticos" de ZH só publicam as desculpas do Záchia. Quem não conhece a notícia não entende a desculpa (esfarrapada). Citam a reportagem da folha mas não dizem do que se trata. É surreal. Adotaram um candidato e militam de forma desonesta. Se fosse o chefe da campanha da Rosário daria capa colorida (vermelho) e teríamos que aturar o lasier mainardi babando e vociferando até o final do segundo turno.

Ary da Silva Martini disse...

Sulei: é mar de lama (sintomático).

Dialógico disse...

Ary, teu comentário está no Zero Fora. Qualquer problema, escreve: dialogico.blog@gmail.com

Anônimo disse...

Hoje fiz questão de assitir o jornal do Almoço para ver como iriam colocar a notícia sobre a investigação de enriquecimento ilícito do coordenador da campanha do PMDB, o ex-secretário de yeda e dep.estadual, resultado:
nem uma palavra se quer!

Se o meu termômetro está medindo certo o candidato do PMDB+PDT+PTB+PPScamuflado, não será reeleito!
Hannah

Sueli-Porto Alegre disse...

Ary...é vero ! essa gente se sente bem na lama...boa essa tua!

Agraço em ti e no blog

Ary da Silva Martini disse...

Sueli: essa "é de cocheira", como diz o gaúcho. O senador franciscano está empenhado em construir um novo partido: o PL (Partido do Litoral). A sede será em Rainha do Mar e a sub-sede será em Atlântida. Executiva Provisória: Simon, Padilha, Záchia e Alceu. Busatto, quando retornar, será tentado a integrar o novo partido: Lema: "é dando que se recebe; é perdoando que se é perdoado".

Sueli-Porto Alegre disse...

ahahah...muito bom!

abraço em ti e no blog

Sueli-Porto Alegre disse...

Sabe Ary,eu acho,só acho que tu deverias dar "menas" bola pro André Machado da Zero, filho do Dilamar Machado ( pdt) preso e tudo demais prá uma pessoa de bem.
Ele se Acha!
Claro que todos temos que ganhar uns pila prá sustentar a família,mas ele não merece umas pautas boas ,como as que tu manda prá ele.
Só achismo...
Daí o Zambica copiou o estilo do Dilamar.
Pô ,ele poderia ser menos conivente com o esquemão, por ex.,
Não elogiar taaannnnto!
Quando começa aquele ping-pong com a Rosane Abelhinha Favos e Cachinhos de Mel, passo mal , me dá uma coisa na mão e ouço a 89.3,música.
Ou pressiona mais ele,sei lá ...só acho,acho,diacho.
Abraço em ti e no blog

Antonio Cavalcanti disse...

E essa gentalha se esbalda. Prejulgam direto. Mas só se for investigação em relação a políticos conservadores. Se fosse denúncia contra o bigodudo incompetente e pior governador do Estado em todos os tempos, e já estariam procurando desculpas.

Sueli-Porto Alegre disse...

A Gentalha qual ???tem gentalha aonde? qui gentalha é essa?
O bigode esteve no litoral,perto de Rainha do Mar?
Bá...vou pedir pro Grizotti dar uma olhada...só prá confirmar...vá qui seja engano.
Tenho que ter cuidado,posso ser até processada...ELES tem o meu IP.



Abraço no blog

Ary da Silva Martini disse...

Atenção! Isso vale para a Teresinha Carpes, Sueli, Panoramix e outros (para o Maia, também). Estou à procura de um poema que Lourenço Diaféria fez em homenagem ao então líder metalúrgico, o Lula. Já solicitei para "Deus e todo mundo". Não obtive resposta. O poema foi publicado em 1980, na FSP. "(...) pegaram um operário e puseram no banco dos réus; és acusado de ...". E por aí vai. Se alguém conseguir, agradeço.

Sueli-Porto Alegre disse...

Te mando... Não vale chorar!

dá uma coisa na ALMA...

EU TENHO E É DIGRÁTIS....

Só que aqui,não vai ficar bonito,impactante...

meu email :

suhalfen@gmail.com

mandem pedido que eu mando o POEMA!

Abraço

Ary da Silva Martini disse...

Em tempo recorde, Sueli! Você é dez! No início dos anos 80 nós fazíamos posteres com essa poema e vendíamos para fazer finanças (além do frango com massa, é claro!). Um abraço do tamanho do "pré-sal"! Piada: se a camada de pré-sal se estender até o RS, o petróleo será apelidado de "gaúcho", pois vem sob uma camada de sal (hehehe).

Sueli-Porto Alegre disse...

Aí vai,mas sem graça,sem formatação adequada ao nosso grande Líder( por enquanto,né?)Não devemos ser Inocentes,mas lógicos,essa é a minha opinião,minha !
**********************************
Bilhete pra um operário
Por Lourenço Diaféria*

Pegaram um dia um operário e disseram-lhe:
Senta-te no banco dos réus.
És acusado de haveres nascido com sonhos na cabeça. És acusado de teres os cabelos
encaracolados. És acusado de teres bigodes vastos, negros, provocativos.
És acusado de teres alguns pedaços de dedos a menos que o comum dos mortais, podados pelas engrenagens das máquinas.
És acusado de ficares pelas esquinas conversando em voz baixa com amigos enquanto a luz dos postes te ilumina o suor do rosto. És acusado de terem te visto no bar dando gargalhadas.
És acusado de tua casa ter um pequeno jardim com grama e flores.
És acusado de conheceres a sinfonia das sirenes das fábricas anunciando a aurora do primeiro turno. És acusado de seres reconhecido na portaria e todos te cumprimentarem, e te baterem levemente nas costas com alegria, e te dizerem: olá, meu chapa.
És acusado de inventares um partido que não é o único, mas não se confunde com siglas e teorias de alfarrábios envelhecidos.
És acusado de fazeres discursos de improviso com vigor e garra que nascem do fundo das vísceras do espírito.
És acusado de não seres magro nem raquítico como teus irmãos deviam ser.
És acusado de jogares baralho e dares dores de cabeça aos homens sérios deste país. És acusado de usares gravata em vez de macacão, vestindo-te com roupas só permissíveis no enterro do melhor amigo. És acusado de freqüentar reuniões e discutires com sábios e iluminados sem pedir licença nem apresentar diploma. És acusado de te haverem visto com ministros, criaturas importantes, e não te ocorrer submeter-se a elas.
És acusado de não teres te colocado no lugar cavado para o oprimido. És acusado de haveres gritado com toda a força de teus pulmões fuliginosos.
És acusado de teres filhos bonitos e uma mulher doce, que devia ser feia e talhada a foice.
És acusado de não seres rapaz comportado, meigo, gentil, acetinado.
És acusado de conheceres a prensa, e não te afugentar o ronco que ela faz na madrugada.
És acusado de quereres a pátria livre, e livre, também, o coração e os sentimentos do homem.
És acusado de rezares e de pôr a boca no trombone quando todos se calam e descrêem de Deus e
dos homens.
És acusado de teres o desplante de ser líder num país desnaturado onde quem levanta a fronte é triturado.
És acusado de haveres perdido a paciência de esperar pelo futuro que não chega nunca.
És acusado de usares sapatos 42, de couro, quando o normal é sandália havaiana.
És acusado de romperes as cadeias invisíveis que amarram teus braços peludos e tuas mãos penadas.
És acusado de atraíres os operários com tua voz, teu berro, teu silêncio, teu olhar, tua dor, tua ânsia, teu mistério, e saberes contar, sorrindo, tristes histórias recolhidas em barracos e cômodos-e-cozinhas.
És acusado de estares em pé, quando devias estar de bruços, de borco, exangue e vencido.
És acusado de não seres o que queriam que tu fosses.
Meu caro operário sentado no banco dos réus, por favor, recebe este recado:
Se existir mesmo essa senhora difusa e vaga a que chamam Justiça, confia nela.
Não creio que essa matrona seja cega.


* Texto de Lourenço Diaféria , publicado no Jornal Folha de São Paulo, no dia 15/09/80.
Postado por Forte Cultural às 09:38

Ary da Silva Martini disse...

"És acusado de serdes protagonista de uma transformação só permitida aos doutores". Obs. Vamos fazer uma versão moderna desse poema (é um convite)? Podemos fazer "a várias mãos". Grande Sueli! Bj.

Anônimo disse...

O afastamento do chefe de campanha do candidato do PMDB,Zaquia, investigado por enriquecimento ilícito já está encaminhando os seus virtuais eleitores a buscar uma vacina contra a epidemia da cegueira que é fornecida pela luminosidade de uma Estrela.
Alice

Sueli-Porto Alegre disse...

Alice...prá ficar mais fácil,explica p´rá mim?
Tá com medo da CIA ,guria????

sou da área química...é difícil prá eu.Dá umas "pistas",não precisa te expor,mas tá pior que mito grego!
prá mim,né?

Não sei se tu tá chingando ou apoiando...

Diz assim,Ó: tô solidária...

Só sugestão. Faz o que tu achares melhor.

Abraço,beijo e tudo de bom prá ti e no blog

Sueli

Sueli-Porto Alegre disse...

Ary...tô " ON LINE "

sábado fico até umas 3:00hs AM on line

me divirto ahahahah


Gracias ao CRISTOF...um CARA DO

BEM...BOM !

Anônimo disse...

Sueli,
Que nada! Estou sem medo de ser feliz!
Estou me referindo um pouco ao filme "Ensaio sobre a cegueira", que revela o que acontece com a humanidade em estado de cegueira mental/alienação.
Quis dizer que , diante de tantos escândalos do candidato a releição, os seus virtuais eleitores, estão rumo a uma Estrela. Uma estrela tem luzes que ajuda a visualizar melhor as situações e tomar uma decisão mais consciênte. É por aí a idéia...

Adorei o Poema para a nossa Estrela Maior!
Alice

Sueli-Porto Alegre disse...

Mais Bá Ary...que saite fino !!!!

Vou olhar mais de perto.

Cara,tu,com um saite fino demais,vai dar pauta pro André????

Acho,por enquanto,que ele é um aproveitador.

Aperta ele um pouco...


Abraço em ti e no Cristof

Ary da Silva Martini disse...

Valeu Sueli! Bom final de noite.

Sueli-Porto Alegre disse...

Hélice Malone...adoro esse nome, é da minha afilhadinha de 19 anos...Ela adora quando eu chamo ela assim...não quer dizer qui tu vais gostar tb:
BUT...
Hélice...não li ainda,mas está na minha lista abnormal,coisa torta,nada com nada,só com a vontade...
Saramago é muiito bom,né?
Não entendi,por causo de que não li!

Ando lendo "PERDAS NECESSÁRIAS" de Judith Viorst...Não confundir com a Lya Pluft...
pelamordosdeusestodos...

Abraço

Sueli-Porto Alegre disse...

Ary...o poema para um operario...pedir ajuda pro MAIA !
Se ele NAO SE MANIFESTAR AT[E,AMANHA...morreu DE SUSTO...

T[a correndo at[e agora, SO QUE ELE DIZ QUE [E TREINO !

Abra;os em ti e no Maia,nosso Circ de Soleil Intelectual.

Ary da Silva Martini disse...

"(...) Os anos passarão correndo como coelhos. Pois nos meus braços eu tenho a Flor dos Tempos, e o primeiro amor do mundo". Auden, pg. 209, Perdas Necessárias. Eu tenho esse livro Sueli, é muito bom. Olha, tem um livro do Greg Palast, jornalista americano (A melhor democracia que o dinheiro pode comprar). Tem um capítulo inédito sobre o Brasil: "Quinze dias depois da posse de FHC, o real despencou e morreu. Seis meses depois da eleição, ele tinha aproximadamente a metdade de seu valor do dia da eleição. A inflação está aumentando e a economia implodindo. A taxa de aprovação de Cardoso, que se revelou um incompetente e uma farsa, caiu para 23% do eleitorado. Tarde demais. Ele já havia colocado a presidência no bolso. Quer dizer, mais ou menos. Não restava muito da presidência de Cardoso além do título.Mas esse é o preço que Cardoso pagou pelos serviços de Rubin (Sec. do Tesouro) na campanha eleitoral. Pois foi o Secretário do Tesouro quem, junto com o FMI, manteve a moeda brasileira alta". \outra parte: "(...)A imprensa mostra Franco como um bufão, enciumado de Cardoso. Seu objetivo é desviar a atenção da verdadeira ameaça a FHC e ao FMI: Olívio Dutra, popular governador do Rio Grande do Sul, era a estrela ascendente do Partido dos Trabalhadores. Filho de agricultores sem-terra, um militante jovem e educado da era da televisão, Dutra transformou a capital do estado em vitrine de desenvolvimento para o país. Eles atacam Franco, mas é Dutra que temem. FHC fez o possível para punir os gaúchos por sua eleição. Dutra não suspendeu os pagamentos ao governo federal, mas pagou os fundos, cerca de 27 milhões de libras, nos tribunais. FHC reagiu com crueldade, retendo 37 milhões de libras em impostos coletados para o estado de Dutra. O FMI bloqueou empréstimos para o Rio Grande do Sul. Dutra disse (em entrevista por telefone) que aceitava o fato da crise exigir sacrifício. Ele demitiu funcionários públicos, mas teve a audácia de sugerir à General Motors e à Ford que participassem do sacrifício e desistissem de isenções fiscais, que agora sangravam os cofres do estado. O governadoir, que não é bobo, não desperdiçou balas contra o humilhado FHC. Ao organizar a resistência contra as exigências de Rubin e às condições de crédito do FMI, Dutra habilmente não visou as marionetes, mas seus manipuladores". Pg. 25 e 26. Um abraço.

Sueli-Porto Alegre disse...

Tu Vê...e ainda falam mal do Bigode!!!!Mas a HISTÓRIA vai corrigir muitas coisas.Tomara que eu veja!

Escrevi um email prá ti,sobre a fundação do PT e outros assuntos.

Abraço em ti e no blog

Anônimo disse...

Gustavo,tb penso assim sobre o Maia e outros que pensam parecido,mas fazer o quê?
Cada um no seu Quadrado-ado-ado,só não vale reclamar depois.
Mas como diz o ARY,o Maia é corajoso messmo,ou muito teimoso!

Abraço

Sueli-Porto Alegre disse...

14:03 saiu anônimo,pois dei um tapa e foi,mas é meu
Abraço no blog

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo