Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Uma pergunta


A Brigada Militar/RS adquiriu instituto autônomo?

É grave o movimento autonomista da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, comandada pelo coronel Paulo Mendes.

Nunca se viu nada igual, uma corporação militar arvorar-se no direito de proceder politicamente para pressionar uma comissão municipal a fim de que esta atenda reivindicações revanchistas desta mesma corporação que, por sua vez, se encontra em franca disputa com movimentos sociais do Estado.

No Brasil, pelo menos, se desconhece precedente desta natureza: autonomia e militância política ativa de uma corporação militar, que se mobiliza para bem além das suas atribuições constitucionais.

Na Alemanha, em 1919 (assassinatos de Rosa e Liebcknech), e durante as décadas de 20 e 30, sim, aconteceram fatos que são análogos aos que assistimos aqui envolvendo a Brigada do coronel Mendes. Lá, também, a polícia se descolou do Estado e envolveu-se na militância nazi, tendo sido um dos pilares de sustentação do futuro poder hitleriano.

Voltaremos ao tema.

Foto: Coronel Mendes pressionando o secretário da Cultura do prefeito Fogaça, que cedeu à demanda política do brigadiano.


15 comentários:

Anônimo disse...

Falando em instituto autônomo, a BM tem uma Fundação com pretensões imobiliárias, vamos dizer assim, pensando em trocar patrimônio (que não é seu - é do Estado), por "área construída"...

Mingo

Rodrigo F Pedroso disse...

Não há nada pior que um Governo acéfalo; a falta de comando abre espaço pra catilinária se apoderar, mais e mais, da coisa pública! Qto ao DETRAN parece que o MP Estadual finalmente resolveu posicionar-se... antes tarde do que nunca!!!

Anônimo disse...

Quero saber quem vai cobrar da BM e seu comandante a uso dos polícias que deveriam estar na atuando na rua e estava pressionando prá autorização de uma ESTÁTUA!!!
Onde está o MP Gaúcho?

Saulo

panoramix disse...

Atitude provocativa e impensada vindo de um policial subalterno. Caracteristico de um governo controlado por benzodiazepínicos!

edu disse...

Esse mendes esta tentando criar uma revolta, esta provocando os movimentos sociais para gerar a revolta, q sera reprimida de forma violentissima.

Qual o motivo?? Vcs ja viram alguem precisar de policia se nao existe ameaça???

Imaginem q "achado" seria para a véia loka provocar medo na populaçao, uma novela!!!

Onde o mendes serà o heròi q salvarà o RS dos "monstros" perigosos dos agricultores sem terra...

IRRESPONSAVEIS, loucos criminosos é isso q sao yeda e mendes, para salvarem-se, buscam criar um fato para desviar a atençao do impedimento q ganha adeptos a cada dia...

As autoridades, publicas e privadas, estao dormindo,(com exessao da PF e do MP), vamos pagar caro a inercia diante de todos os sinais q indicam uma revolta social.

FORA yeda, enquanto ainda é tempo!!!

edu disse...

Gostaria de agradecer ao Movimento dos Trabalhadores sem Terra do RS, por nao terem, ainda, revidado as agressoes sofridas pela policia, pelo MP e pelo judiciario.

Em estado de revolta civil os poderes dos mandatarios CRESCE muitissimo, tudo pode, prender, torturar, espancar os opositores.

Isso q NOSSOS GOVERNANTES estao buscando, nao parece à vcs tb???

E nao é de hj...a nomeaçao de mendes ja foi pensada com esse objetivo.

Porém, o MST nao é idiota, sabe q a véia esta agonizando e q busca criar um motivo para continuar no cargo.

Parabens aos irmaos sem terra, q mesmo provocados estao demonstrando grandeza de carater e pela inteligencia estratégica!!!

Carlos Eduardo da Maia disse...

A situação da Alemanha de 18 e 19 é muiiiiiito diferente da situação do RS noventa anos depois. Os Spartaquistas queriam fazer na Alemanha os que os sovietes fizeram na Rússia de 17. Na Rússia deu certo, na Alemanha não. E o confronto ideológico se intensificou, a reação criou o nazismo e o fascismo. Definitivamente, comunismo, nazismo e fascismo são os lados podres da vida ideológica. Melhor mesmo é viver distante desse tipo de ideologia. Na verdade e falando sério, ideologia é uma m...

Clairton disse...

Já denominaram o sr. da Maia de anta. Acredito que estão ofendendo as antas. Ele está mais para os bichos escrotos da música dos Titãs.
A todo momento ele surge com aquele conversa furada de que a luta de classes acabou, revolução já era e outros que tais. Ora, isto não é nada mais nada menos do que IDEOLOGIA, e ideologia fascista. Tenta mostrar que as sociedades capitalistas atuais estão calmas e tranqüilas, que as tensões da luta de classes, inerentes ao capitalismo, são coisas do passado, o tal do fim da história. Esta ideologia, sr da maia, é mesmo uma m...

edu disse...

Quando nao existir mais ideologia estaremos comendo raizes e sendo caçados como animais pelos "duros e puros"...

Oscar neto disse...

Como a tya Yeda não governa nada, a falta de comando se reflete neste tipo de ação da BM. Agora, que é revanchismo contra o MST é sim...abram o olho, MST!

Anônimo disse...

MST=Movimento Sem-vergonha Traíra.

Usurpadores através de OGNs.
Ladrões dos cofres públicos.
Canalhas.

Anônimo disse...

O anônimo, por covarde, vergonhosamente se esconde para atacar os outros.

Quem é mais canalha?

Quem tem motivo para se esconder que o ladrão?

Claudio Dode

Anônimo disse...

O Maia querendo se eximir das culpas.

Tem diferença sim da Alemanha 18-19 e do RS atual, o tempo. At´pe nisso a turma da Yeda, Mendes e Maia está errada. Os tempos mudaram e eles não.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Este blog manipula a informação tanto quanto qualquer "grande mídia" que costuma criticar. A secretaria de Cultura do município NÃO cedeu às exigências da BM. Pelo contrário, negou o pedido para que a placa fosse instalada na Esquina Democrática. A placa acabou indo parar na Rua da Praia, praticamente dentro de uma instituição militar, mantendo a esquina da Borges com a Andradas neutra.

l gonzales disse...

Fico imaginando o diálogo entre o valente secretário e o espevitado coroné:

"Vamos colocar a placa um placa um pouquinho para lá, que aí dá tão na vista..."

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo