Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Fenômeno!


A estranhíssima maneira de falar de Yeda Rorato Crusius

A governadora Yeda Crusius deu entrevista à rádio Gaúcha (grupo RBS) há pouco. Manifestou-se com o seu inconfundível estilo desviante ao referir questões que atingem em cheio o seu esgualepado governo.

A fala da governadora tucana se processa em rajadas, como numa conexão discada (lenta) de internet. Ela despeja alguns pequenos pacotes verbais (todos muito pobres de imaginação) pontuando-os com conectivos que não conectam, formando um painel discursivo de retalhos desconexos e praticamente incompreensíveis. Seus aliados chamam a isso de “uso efusivo de metáforas”. Estão enganados. Isso não é metáfora. Na linguagem metafórica os objetos e qualidades verbalizadas devem guardar um mínimo de relação de semelhança entre si. Yeda Rorato Crusius quando usa o recurso da elipse, por exemplo, o faz de forma a que se perca o objeto tratado. Ela e o seu interlocutor nunca mais acham o objeto da conversa que travam.

Exemplo: agora há pouco, na rádio, ela estava falando do aumento de 143% do seu provento mensal. Para justificar o aumento em causa própria, ela veio com a alegação de que há um “vazio jurídico”(onde?) e completou o estapafúrdio raciocínio:

- Tenho que ter um teto, acima do qual ninguém deva ganhar. Não posso admitir que um secretário de Estado ganhe quatro ou cinco mil reais por mês, enquanto outros começam com 17 mil.

Saiba a governadora que o teto existe, sim, não é o índice nominal de seu novo salário que irá regrar a matéria, portanto, não existe “vazio jurídico” no assunto. É impossível entender o resto da frase, falta-lhe complemento racional e lógico. É nestes momentos que cai o sistema cerebral da governadora por alguns décimos de segundo, e quando retorna, o pacote verbal vem corrompido por cacos e objetos estranhos, deixando atônitos e preocupados os seus ouvintes e interlocutores.

Não sou da área médico-psi, mas já ouvi falar que o carbolitium pode melhorar as sinapses de pacientes com esse diagnóstico clínico. Sei lá.


34 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

É sim o valor nominal do salário do governador que limita o teto do serviço público estadual. E, convenhamos, o valor de 7 mil e poucos reais bruto, o que significa 4 mil e pouco líquido para esse cargo é baixo, muito baixo. Mais complicado é a situação do secretariado que recebia 6 mil bruto e 3 mil e pouco líquido. Baixíssimo. Qualquer cargo de diretoria de uma empresa da iniciativa privada paga bem mais do que isso. E a gestão pública necessita de pessoal competente e bem remunerado, sobretudo na parte administrativa.

Raul Sendic disse...

E o professor que se ferre!!! Não dá para pagar R$ 950 pila para a peãozada se não quebra o estado!!!
Mas, 147% para a governadora desléxica e sua corte é pouco!!
Esse sabujo não tem vergonha na cara mesmo!

Anônimo disse...

Nesse teu comentário dá prá achar graça, coisa rara no nosso Estado ultimamente, dizeste tudo em poucos parágrafos.
É tudo verdade

abraços

Mariana

Anônimo disse...

Então pegue sua corja, Maia e vão todos para a iniciativa privada.
Um governante não pode pensar em salários quando assume um copromisso de governar um país, estado....Os interesses do povo estão acima disso. Se não estão satisfeitos com os rendimentos, então que não se candidatem....
Ou claro, se candidatem com a intenção de governar e não de aumentar seus rendimentos com salários e falcatruas!!!
Ela ganha mal na folha, mas por baixo dos panos faz seu pé de meia.
Os valores estão ligeiramente invertidos....

sil

Lamarca disse...

Ela parece convencida que pode nos fazer crer que toda esta suspeição sobre a Casa Nova e o caso DETRAN sãO ilações revanchistas e oposicionistas...Tudo temperado com sua grandiloquência professoral ! É um caso pra psiquiatra, dos bons, ou de um bom chá de casca de vaca !!!!!!!!!

Nelson Antônio Fazenda disse...

Eu diria mais, Lamarca: tem que ser um bom chá de casca-de-anta.

SBENTENAR disse...

- ´NA INICIATIVA PRIVADA A CATERVA ESTARIA TODA DEMITIDA A MUITO TEMPO. BAIXA, MAS BAIXISSIMA PRODUTIVIDADE E MUITA "DESCOMPETÊNCIA". NUM PAÍS SÉRIO, COMO DIRIGENTE PÚBLICA,TAMBÉM ESTARIA DEFENESTRADA A "LONG TIME". NO LE VERO, MAIA, MALA ??

Carlos Eduardo da Maia disse...

Sil, não seja ingênua. Um administrador tem necessariamente que ganhar bem. O Olívio vai ganhar 17 mil por mês, vai poder, até que enfim, se mudar.

Jonas disse...

Feil, tudo isso para dizer em 5 letras: LOUCA.

dani disse...

não podemos continuar nos deixando governar por esta criatura. De louca ela não tem nada... pergunta se rasga dinheiro... ahahahah... pelo contrário, tá roubando do povo gaúcho na maior cara dura. Viaja à Brasília de avião fretado por 70 mil pra capitanear um movimento contra o piso do magistério. é de mandar prender esta criatura... temos que transformar nossa indignação em atitude.

Marcos disse...

o que mata no Maia não é a sua postura ideológica porca de ex-esquerdista, se é que esta praga existe, mas a sua arrogância que na verdade é de uma ignorância e uma pobreza de dar dó... os salários no executivo do RS não tem como teto o salário da governadora (Constituição Estadual art 33, § 7º - Para fins do disposto no art. 37, § 12, da Constituição Federal, fica fixado como limite único, no âmbito de qualquer dos Poderes, do Ministério Público e do Tribunal de Contas, o subsídio mensal, em espécie, dos Desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, não se aplicando o disposto neste parágrafo aos subsídios dos Deputados Estaduais). Manda outro argumento "racional" para justificar o aumento da tia num Estado que ela sempre lembra que está quebrado, o teto não serve mais...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Tudo bem, Marcos, mas um secretário de Estado não pode ganhar mais que um governador. E o salário bruto de 7 mil para governador e 6 mil bruto para secretário, tirando 27,5% do IR, mais IPERGS e escambau reduz isso para 3 ou 4 mil. Esse valor para um secretário de estado é muiiiito baixo. O AOD é um cara super competente e conseguiria na iniciativa privada um valor muito superior a esse. Fez bem a Yeda em elevar o salário. Acho apenas que 17 mil é elevado demais e o momento não era o mais propício. Ela deve ter pensado: já estou com a popularidade em baixa e de certo isso não vai pesar tanto. Talvez, nesse sentido, ela tenha razão. Quem sabe?

Anônimo disse...

O Cavalcanti Maia é desinformado, ou quer produzir confusão. O AOD (também conhecido pelo apelido de Sigla) é funcionário fazendário, Auditor Fiscal, (o mesmo concurso do Busatto +- 1990) deve ganhar, no mínimo, o dobro dos colegas secretários.

panoramix disse...

Transferir para Olívio Dutra o ônus da elevação do salário do governador é uma atitude muito safada, muito sem vergonha, muito mal carater, caracteristico de quem apoia este governo absolutamente corrupto que está no poder. Justificasse tudo, pois temos que pagar o resto da casa e das reformas feitas, tudo planejado em função do cargo de governador. Cambada de ladrões sem vergonhas! Sacripantas! Rataria! Safados!

Anônimo disse...

O MAIA é nossa anta.

Anônimo disse...

O MAIA é nossa anta.

Anônimo disse...

Acabei de ler um comentário do Maia,o qual ele mencionou que o GOVERNADOR OLIVIO DUTRA também vai ganhar os tais 17 mil e por fim vai pode se mudar.Pode até que se mude,mas com certeza não vai ser para uma casa de mais de 1 milhão de reais comprada em tais circunstâncias.....E para o Olívio,dá pra pagar até 34 mil...que ele merece!Vane Soares.Professora Pública Estadual.Concursada e nomeada num dos últimos concursos públicos realizados nesse estado,e lógicamente no governo de quem???Do melhor e mais sério governador que este estado já teve.

Anônimo disse...

Cristóvão, parabéns pela tua análise de discurso, de um discurso desconectado do príncipio da realidade, mas mergulhado num lógica irracional e irresponsável, que é esse quadro do PSDB.
Cândida

Antonio Cavalcanti disse...

Sr. Feil pisando na bola. Virou analista? De Bagé? É muita raiva da governadora! É muita vontade de criticar. Que conduta!

Anônimo disse...

Tirem a Yeda no voto petralhada.
Se tivesse eleições para governador hoje, o PT não ganharia.

Anônimo disse...

É possível que o PT não ganharia (mas não duvidem disso), e com certeza nem no PSDB a Yeda concorreria. Quem teria coragem de sair às ruas pedir votos pra Yeda Rorato Crusius? Mais uns dia nem casa ela terá. Caso Yeda fosse uma pessoa comum e pobre seu destino seria a "Casa de Correção". Mas ricos tem as costas quentes, advogados, se culpados, tiram um tempo afastados e voltam como executivos de multinacionais...
jn canabarro - Livramento

Anônimo disse...

Antonio,
Se o Cristóvão segue o analista de Bagé, tenho dúvidas!
Mas, que ele segue os princípios de Análise de Discursos da Sorbonne tenho certeza.
Cândida

Anônimo disse...

Ao das 23:04,
Em quem o povo consciente e politizado vota?
Em quem os alienados votaram aqui no RS e em Porto Alegre?
Cláudia Maria Trindade

Anônimo disse...

Raiva da Yeda? Quem teria? Quando muito pena o "Cavalganti".

Mas pena mesmo é o ridículo que ela faz passar o Maia, o Tarso e o "Cavalganti" tendo a missão de defendê-la.

Claudio Dode

Anônimo disse...

PT no governo do estado nunca mais!

Elias

clecio disse...

Sr.Feil! Meus parabéns pela lucidez na interpretação e análise do estado de "coisa" que se encontra a esgualepada governadora! Ela deve aproveitar pelo espaço que lhe dá a Mídia BOVINA, para exonerar-se, só isso! Jamais a DIREITA no governo do estado !! ($$)!!!!!! (Britinho, Rigotinho e Yedinha fora!!) Larápios, sebosos e falcatruas!!

Anônimo disse...

Caro Elias, isso que afirmas o povo é queM vai decidir e pago prá ver se esses canalhas que tu elegeu voltarão ao governo.
PSDB/DEM E CORRUPTOS NUNCA MAIS NO RS!!!

MARIANA

miguel grazziotin disse...

Dê uma conferida nos IP's..este Maia quando quer chutar o balde usa o anonimo, Feil, confere o que digo e deleta este tipo de gete que usa duas caras (nazistas).
O que estariam falando os facistas e seus caes (como o maia) se fosse o Olivio a aumetar seu salario deste jeito...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Olha o Grazziotin defensor das FARC ai, gente... Miguel, eu não uso anônimo.

el barto disse...

é muito barbitúrico, os "norônio" tão tudo desconectado já...
véia loca!!!

Anônimo disse...

mariana, pior que naum, esse povinho que só toma conhecimento (???) das coisas através do prbs vai votar em peso (de novo) numa dessas nulidades oriundas desses partidos nauseabundos (tucanalhas, pmdb, pp do detran, demos et caterva), se o sujeito for apoiado pelo prbs... ô povinho!!! mais "pulitizado", que piada...

Anônimo disse...

O Maia se preocupa com as FARC, quando o bandido mesmo é IV Frota que anda rondando a AL.

Olha a operação concor aí, gente...

Claudio Dode

Anônimo disse...

Dedico ao Maia:

Dos 92 politicos envolvidos com o trafico na Colombia, 32 condenados e sessenta em investigação, TODOS são da base politica do Uribe. De TODOS os partidos da base do narco-presidente.

Já havia dito o tráfico necessita da oficialidade para se estabelecer. ão é a "força aerea" da FARC que vai levar atroca para o mercado. Mas aquela companhia para qual o narco-governo da a concessão.

O resto é serviço de desinformação do PIG, e caterva.

Claudio Dode

asterix disse...

Os governichos do PSDB tem cada vez mais a cara pseudo-moralista da velha UDN: façam o que eu digo mas não façam o que eu faço !!!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo