Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Rede Wal-Mart adverte sobre risco de votar em Obama


Vitória do democrata poderia facilitar a sindicalização de trabalhadores, diz jornal

A rede varejista Wal-Mart - empresa privada com maior número de assalariados nos Estados Unidos - está mobilizando gerentes de lojas e supervisores de departamentos em suas unidades nos Estados Unidos para advertir [warn] os trabalhadores da empresa que uma eventual vitória do candidato democrata Barack Obama nas eleições presidenciais de novembro provavelmente resultará em uma mudança na lei federal, visando a facilitar a sindicalização dos trabalhadores, informou o The Wall Street Journal em reportagem publicada nesta sexta-feira.

........

Em Porto Alegre a rede Wal-Mart está presente no varejo supermercadista, atende pelos nomes fantasia Nacional e BIG.

5 comentários:

Guillermo disse...

Bah... mal sabem os críticos que o governo Obama seria mais de direita que o governo McCain.

DÁ-LHE GRÊMIO!!!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Torço pelo Obama para dar uma boa mexida na sociedade americana. E uma mexida para melhor. Está na hora disso ocorrer. Obama colocou 200 mil em Berlim, embaixo da Siegesalle. Ele tem popularidade e credibilidade mundial, mas nos EUA tudo é diferente. E por isso a mexida é necessária.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Errata, é Siegessäule (coluna da vitória)

Anônimo disse...

Vai à merda com estas tuas erratas, Maia Chupadô-or!

Jony Johnson

Anônimo disse...

O Maia poderia mudar o titulo e a residência para lá. Lá é "paraiso" dele.

Claudio Dode

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo