Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 1 de julho de 2008


Yeda pede desculpas esfarrapadas pelo “nenê japonês”

Deu no portal oficial de notícias do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, hoje, às 15h52:

Governadora reafirma respeito à comunidade japonesa no Estado

A governadora Yeda Crusius enviou, nesta segunda-feira (30), carta ao Consulado Geral do Japão no Rio Grande do Sul, em que reafirma seu respeito à comunidade japonesa.


A seguir, a íntegra da carta:

Senhor Cônsul do Japão no RS, Haruyoshi Miura

Quero pedir desculpas a cada um dos membros da laboriosa comunidade japonesa, em especial aos residentes no nosso Rio Grande do Sul, pelas interpretações que possam ter sido retiradas de expressão que utilizei em discurso político, no último final de semana.

Quero também reafirmar meu reconhecimento, meu carinho e sincera admiração que tenho pelo povo japonês e em especial pelos imigrantes e seus descendentes no Estado.

Com minha cordial saudação

Yeda Rorato Crusius

........

Quero... Quero... Desculpas quero-quero.


Pior a emenda que o soneto. Ela pede desculpas, não pela estultice que cometeu, mas “pelas interpretações que possam ter sido retiradas de expressão que utilizei....” blablablablablablá.

Pusilânime. Não assume o que disse e da forma como disse.

19 comentários:

Milton Ribeiro disse...

Mss nem o assessor de imprensa presta!

isabel crestani disse...

Gente, essa mulher não existe. Vivemos num pesadelo.
Ela é uma assombração. O Rio Grande ainda vai acordar desse filme de terror.
A gente quer ter boa vontade com ela, mas é de desistir.
Dio mio!

sergio disse...

Esta mulher não vale nada.

heliopaz disse...

Torçam para que eu seja um excelente pesquisador em comunicação e um ótimo professor, ajudando universitários de preferência de outro estado (sobretudo se for um lugar sem inverno, com maior mestiçagem e com menor peso de descendentes de imigrantes europeus no centro das decisões).

Se eu tiver competência, talento, sucesso e sorte, irei para o exílio antes que a dita cuja pense em me deportar.

Infelizmente, pra mim, o RS só tende a piorar. Vou ajudar a mim e a uma população que mereça meu esforço por ela.

[]'s,
Hélio

Carlos Eduardo da Maia disse...

Algum japonês, nissei, sansei ficou amargurado, não dormiu de noite, sentiu-se mal, teve náuseas, ficou profundamente irritado e esse sentimento de profundo aburrecimento gerou dano moral, material e o escambau com a declaração intempestiva da nossa Yedinha? Eu não vi nenhum. Alguém viu?

Anônimo disse...

Não vou me identificar para me preservar, mas o depoimento abaixo é real. Trabalho em uma fundação estadual e estava hoje pela manhã em uma reunião, da qual participava o diretor-presidente da fundação. Em dado momento, o diretor-presidente comentou que o pedido de FG para um dos participantes da reunião encontrava-se com a governadora. Comentou das dificuldades para o andamento deste tipo de processo, das pressões que sofria e tal e coisa... Por fim, arrematou: "Já tenho uma reunião marcada com o marido da Yeda para tratar destas coisas". Diante de mim, a prova de que o Barbicha não é apenas um "desimportante marido", como ele gostaria que acreditássemos!

Anônimo disse...

Agora todo mundo está conhecendo o "novo jeito de governar"!
É um governo que transborda corrupção por todos os orifícios do Estado.
É uma governo desprovido de decoro governamental,de diplomacia internacional,de civilidade, de antropologia cultural, de conceitos... de princípios éticos e morais...
Esse é um governo dos partidos anti-sociais, anti-populares...
Esse é o governo dos qualificados em apropriação dos recursos públicos...
O ex-governador Simon se tivesse um pouco de dignidade deveria pedir para a Yeda renúnciar. É vergonhoso ter uma governadora como a Yeda.
Alice

Anônimo disse...

Ainda bem que o RS não é o estado com o maior nº de descendentes japoneses.
Em Angola o Lullinha disse que Brasil e Angola são os países com o maior nº de afro-descendentes (afro-descendentes na África).

Viva Manuela. Vamos fazer um "governaço".

Pillon

Anônimo disse...

Chega desse alter ego chamado Maia, seja de que for. Deleta blogueiro. Fora com essa anta desqualificada chamada de governadora deste estado. Fora Fogaça e Manuela! Agora é Rosáaaaaaaaaaaaaario e Daneeeeeeeeeeeeeris. E ponto burguesia!

joão disse...

Manuela? Fala sério meu Brito e toda a curriola do governo dele de volta???

Suzie disse...

Também não quero a volta da tropa de choque do Brito na Prefeitura.
Portanto... Manuela está fora da minha escolha.
Eu tenho memória!
A Yedinha e o Maia adoram relativizar.

pilla disse...

Pillon, o último "governaço" de que se tem notícia foi em Pelotas com o prefeito Anselmo. Um desastre completo.
Se a Manu quer fazer "governaço" com a tchurma do Britto meus deuses dos céus... a Manu vai ser a Yeda II, o retorno.

jorge disse...

O redator dessa bosta de explicação deve ser o direitoso Percival Puggina, ghost-writter da tia. Também uma anta como ela.

Anônimo disse...

Ao Maia:
Sou descendente de japoneses - nissei - e fiquei extremamente ofendido como ser humano em sermos comparados com esse monstro criado no Estado, aliás, por aliados dela no passado e depois mantidos por seus apoiadores.

Jun

Anônimo disse...

O Canalaha do Maia fala em papo franco aberto e educado.
Educado como ele e a Yeda. é difícil.

Ela que é uma destrambelhada que sai avacalhando meio mundo. E ele cinicamente fica negando a agressão já que ele não viu algum japonês ou descendente reclamando.

Quem tem que abrir o olho é o canalha do Maia que defende cegamente a Pantalhuda inconsequente.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Canalha..Canalha...Canalha...Canalha....Canalha....Canalha......
Muda o disco Claudio Dode mônio.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Anônimo, o Dode é o nosso Saint Just que acabou guilhotinado em 1794.

Anônimo disse...

PÔ, Anônimo e tu nem a canalha chegaste ainda.

Tu no máximo és o cocô do canalha

Claudio Dode

el barto disse...

véia bagaceira!!!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo