Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 8 de julho de 2008

Polícia Federal prende Daniel Dantas do Banco Opportunity


A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (8), a Operação Satiagraha, que investiga desvio de verbas e corrupção. Entre os presos, estão o banqueiro Daniel Dantas (foto), do banco Opportunity, o empresário Naji Nahas e o ex-prefeito de São Paulo Celso Pitta. Juntos, eles teriam mandado ilegalmente para o Exterior mais de três bilhões de reais.

Segundo a PF, a polícia irá cumprir 24 mandados de prisão e 56 de busca e apreensão. A operação está sendo realizada nos Estados de São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Ainda não há informações sobre quantos mandados foram cumpridos.

.....

Resta saber se o presidente do STF, Gilmar Mendes, irá mandar soltá-los, uma vez que ele considera que estamos vivendo num "Estado policial".
....

Quem é Daniel Dantas

Formado em engenharia e economia, o banqueiro baiano Daniel Dantas, é dono do grupo Opportunity e um dos homens mais ricos do Brasil. Seu império foi construído em cima de fundos de pensão públicos e de sócios estrangeiros. Em 1998, Dantas esteve no centro das investigações sobre suspeitas de favorecimento na privataria de empresas do Sistema Telebrás. Em 2004, a Brasil Telecom - controlada até então por ele - foi acusada de contratar a Kroll para espionar a Telecom Italia. As investigações teriam extrapolado o mundo empresarial, atingindo figuras do governo FHC.

33 comentários:

equity loan disse...

Oh my.. this is the best blog.


equity loan

panoramix disse...

Depois do que aconteceu no Rio Grande do Sul eu não tenho esperança nenhuma na punição destas ratazanas!

Anônimo disse...

Não quero ser pessimista, mas daqui há uma semana essa gatunagem tá toda na rua, solta!!!! E graças ao honrado cidadão Gilmar Mendes, Celso Mello e seus cupinchas.
Sônia Andrade

Anônimo disse...

Assim não pode, assim não dá. A PF continua prendendo e algemando homens probos e de bem em vez de perseguir o MST e outros depossuídos. O Lassie vai chorar hoje no jornal do almoço, denunciando o Estado Policial que se instalou no país.

Makno disse...

Desse jeito vou voltar a acreditar que esse país tem solução.

Makno disse...

Desse jeito vou voltar a acreditar que esse país tem solução.

Anônimo disse...

ATÉ QUE ENFIM ; MESMO QUE FIQUE LIVRE SERVIRÁ PARA O PUBLICO TER CONHECIMENTO DE QUEM É A FIGURA. CADA VEZ QUE COMENTAVA O NOME DO ORELHUDO PRECISAVA EXPLICAR QUEM ERA. E AGORA COMO FICA A BROI E OS QUE FINANCIARAM , SE ASSOCIARAM AO MOÇO....
ZANDONA

Anônimo disse...

Vamos torcer para que os nossos probos e distintos promotores públicos se esforcem no sentido de, pelo menos, manter este "ilustres" capitalistas afastados do dinheiro público.

Claudio Dode

Carlos Eduardo da Maia disse...

Grande PF. Lembram aquela ligação do Mendonça de Barros que foi interceptada na época da privatização das TEles? O que ele queria? Que os fundos de pensão participassem das privatizações. E por que? Para evitar que Dantas e o Opportunity adquirisse grande parte das teles e que houvesse um equilíbrio.

Joachim Sauer disse...

Mendonça de Barros joga o mesmo game podre que o Orelhudo, só que em outro "team".

Entendeu, Maia,ou quer um mapa?

Anônimo disse...

Ô Sauer,

Mendonça de Barros e Dantas são do mesmo time, só disputam a posição.

Se o Mendonça não faz a "privatização" o Dantas não era o que é, e nem o ACM...

E pior que isso só a volta do Maia.

Claudio Dode

Anônimo disse...

O Dantas é o chefe do chefe da Manu, quem finaciará a campanha da prefeitura? Crise na campanha!!!

Carlos Eduardo da Maia disse...

A desestatização do sistema Telebrás foi extremamente necessária. Ninguém - sem exceções - pode ter saudades do monopólio estatal das teles que alijava a população de baixa renda do importante serviço de telefonia. Mas privatizar serviço público importa em fazer licitações e concessões e muita gente se habilita, inclusive os picaretas. Um dos picaretas que se habilitou foi Dantas. Mas o sinal vermelho de alerta ecoou nos ministérios do governo FHC. Era necessário estancar -- pela via política -- a perigosa voracidade de Dantas. O que se fez? Chamou-se os famosos e poderosos Fundos de Pensão das Estatais (PREVI, FUNCEF e PETRUS) para participar do processo de privatização (a interceptação da conversa telefònica do ex ministro Mendonça de Barros revela exatamente isso). E lá esses Fundos Estatais participaram e compraram fatias enormes das concessionárias e permissionárias desse serviço (que continua sendo público) mas concedido à iniciativa privada. Mas essas fatias foram compartilhadas também por Dantas que de negociatas e negociatas assumiu o poder da Brasil Telecom, até que foi de lá retirado pelos Fundos de Pensão das Estatais e pelo Citibank. Para quem quiser melhor entender as negociatas e picaretagens de Dantas recomendo as matérias do Bob Fernandes no Terra Magazine. Estão supimpa.

Anônimo disse...

A história das privatizações ainda está para ser contada em toda a extensão. Os indicativos já disponíveis são suficiente para causar inveja a camorra e a máfia siciliana. É possível que algumas figuras ditas como probas, com penas coloridas dos tucanos de alta plumagem, acabem chamuscadas nessas labaredas.

Quero ver quando a história da Vale, entregue a troco de banana, vier a tona.

Vejam que o radical neoliberalismo da junta militar chilena não privatizou a exploração do cobre. Aqui, nestes tristes trópicos, serviu-se na bandeja uma empresa rentável, como a Vale, para "empresários" que não tinham nenhuma bala na agulha. Em resumo, só pode ter falcatrua.

Anônimo disse...

Mas não é que o monitor de blogosfera voltou do rio e não tem mais o que fazer além de encher o saco dos outros. Acho que os cariocas não derma muita bola pra ele...

Anônimo disse...

Dá-lhe PF!
(nunca imaginei que um dia elogiaria a PF).

armando

Malacara disse...

Tão prendendo os amigos de classe do Gilmar Mendes. O homem vai continuar dizendo que estamos à beira de um Estado policial.

Polícia pra quem precisa de polícia... já dizia a canção!

Juarez Prieb disse...

Maia, a privataria das teles é um escândalo. A tarifa básica era de 40 centavos de dólar. Hoje está em 19 dólares. Cada um de nós financia essa farra e de lambuja "ganha" péssimos serviços. A Telefônica precisa explicar o apagão da internet, aliás o PIG deu um espaço mínimo para esse fato. Será porque a Teles são grandes anunciantes?

CARPENEDO disse...

- AS ESTATAIS DAS TELES NÃO PODIAM AUMENTAR SUAS TARIFAS PORQUE IMPACTAVAM NA INFLAÇÃO. LOGO, DESCAPITALIZADAS, NÃO PODIAM INVESTIR. A PRIVATARIA/TUCANO/CALABARENTA CHEGOU A UM PONTO QUE MENDONCA DE BARROS (OPS) PRONUNCIOU:: ËSTAMOS NO LIMITE DA RESPONSABILIDADE." PAREDÓN, NÃO TERIA SUFICIENTE PARA TODA A CATERVA "SANGUESSUGA QUE HAVIA TOMADO CONTA DO BANANÃO.

CARPENEDO disse...

- AS ESTATAIS DAS TELES NÃO PODIAM AUMENTAR SUAS TARIFAS PORQUE IMPACTAVAM NA INFLAÇÃO. LOGO, DESCAPITALIZADAS, NÃO PODIAM INVESTIR. A PRIVATARIA/TUCANO/CALABARENTA CHEGOU A UM PONTO QUE MENDONCA DE BARROS (OPS) PRONUNCIOU:: ËSTAMOS NO LIMITE DA RESPONSABILIDADE." PAREDÓN, NÃO TERIA SUFICIENTE PARA TODA A CATERVA "SANGUESSUGA QUE HAVIA TOMADO CONTA DO BANANÃO.

Anônimo disse...

Tá uma zona os comentários. Não tem discussão de idéias.

Ciro

Anônimo disse...

Ô Ciro:

O problema é este: a privatização não foi uma idéia, nem uma ideologia, nem nada que justificasse. Foi só uma Maracutaia Tucano pefelista.

Aí não tem discussão que desenvolva.

Claudio Dode

Anônimo disse...

tem uns macauzinho por aí que só vendo mesmo....

O Probrema das privatizaçoes para a elite do governo de 20 anos...nunca foi fazer ou náo fazer....mas sim fazer para quem...o dantesco e o mendonça entram neste samba tentando garantir através de um artíficio que o controle das estatais passasse para os capitalistas nacionais....isso era o OPPORTUNITY....uma das fachadas do capitalismo brasileiro nas privatizaçoes...tem que botar na cadeia também toda a catrefa que privatizou, prevaricou e privilegiou nesta grande negociata....se o PITTA foi preso entáo tem mais aí....te cuida BRITTO et caterva...tadinha da manu...agora tanto o PPS como o cardozáo estáo na vitrine...duas semanas e cai a casa.....vixe....óia só dr.....veja bem so....

Anônimo disse...

Manuela em POA e Chuchu em SAMPA.
Querem apostar?

Anônimo disse...

Um para franco e educado começa assim, ó:

"A desestatização do sistema Telebrás foi extremamente necessária. Ninguém - sem exceções - pode ter saudades"

Repetindo: Ninguém - sem exceções- pode..."

Eu não entro nesta de necessária, continuo achando que foi a maior maracutaia existente.

Só para refrescar a memória, e um papo franco, sincero e educado:

Ninguém, em excessão, pode acreditar na necessidade da privataraia. E que quem organizou a picaretagem foi o Pérsio Árida e sua esposa da época, quando estavam no BNDES, e depois do planejamento da venda das estatais, foram para a prática, onde? NO OPPORTUNITTY, com o Dantas.

O resto são afescos que os mesmos colocam para enfeitar a safadeza.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Pois, o nosso franco e educado presidente do STJ achou violento e desnecessário algemar os conhecidos meliantes Dante. Nahas e Pitta.

Já a criminosa intervenção do Cel fasccínora dos pampas em cima de trabalhadores e trabalhadoras, nada.

É muito Mendes para aguëntar...

Claudio Dode

Anônimo disse...

Psiuuuu!!! Silêncio, o blogueiro está dormindo. Foi um noite com muita Setembrina.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Dantas, quando presidente da Brasil Telecom, pagou 1 milhão de reais para o compadre do Lula. DAntas pagou 100 mil mensais para a empresa do filho do Lula, a Gameport (antes dela fazer aquele complicado contrato com a Telemar, hoje Oi); Dantas pagou 2 milhões de dólares para o Ministro Mangabeira Unger; Dantas contratou Luiz Eduardo Greenhalgh, cuja prisão foi pedida pela PF, mas negada pelo Juiz Federal. Se a filha da Yeda tivesse uma empresa e tivesse recebido dinheiro de Dantas. Se o compadre da Yeda fosse advogado e tivesse recebido dinheiro de Dantas; se um Secretário da Yeda tivesse recebido dinheiro de Dantas, os blogs da nossa gauche estariam eufóricos convocando o povo para ir à rua pedir o impedimento de Dona Yedinha. É ou não é?

Anônimo disse...

O Maia tu esqueceu da filha do Serra nessa relação, financiada pelo Dantas para formar uma empresa. E a contratação do Britto, o chefe da Manuela, tu também, convenientemente, tu esqueceu.

Contratou também o Diógenes?

O Bigode ao fndo só observa essa caterva!!!

Anônimo disse...

Estamos a beira de virar uma Colômbia, o MST vai virar uma FARC e o signatário se preocupa com uma besteirazinha dessas, uns escorregões lá do século passado, tremendo retrovisor, ainda bem que o MP gaúcho é composto por gente competente e equilibrada e não se preocupa com "problemas de brancos".

Anônimo disse...

Na verdade o Mendonça de Barros queria os Fundos de pensão para facilitar aos Dantas e Caterva o controle das estratégicas estatais.

M A R A C U T A I A

Querem que soletre?

Claudio Dode

Anônimo disse...

E como diz a vaca louca:

Nada como uma casa depois da outra.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Com esta quadrilha toda, e com toda aquela grana em casa para comprar só tinha que ter muita gente achando que foram injustas as algemas... E com olha na grana.

Agora é o seguinte:

Bandido solto com toda a presteza, e o chororô das algemas.

Aqui baixam a porrada nos trabalhadores do MST, prendem e saem a procura acusações.

E os mesmos que aplaudiram o Mendes daqui, agora acham, como o Mendes de lá , que é violência quere prender rico, mesmo que reconhecidamente bandido, e ainda algemados.

Bem 508 anos não é fácil...

Claudio Dode

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo