Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 17 de julho de 2008

Lula teima em fazer política (pela direita) num caso que deveria ser meramente policial/judicial


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem que o delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz permaneça à frente da Operação Satiagraha, para que não haja insinuação de que ele deixou o comando da operação por ter sido pressionado. "Moralmente, esse cidadão [o delegado] tem que ficar no cargo até terminar o relatório. A não ser que ele não queira. O que não pode é vender insinuações", disse o presidente. A informação é da Agência Brasil.

...........

Ontem, o presidente Lula conversou por telefone com o ex-ministro da Justiça, Marcio Thomas Bastos. Este por sua vez, esteve pessoalmente no gabinete da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. O resultado destes dois diálogos do advogado Bastos é a defesa que o presidente Lula passou a fazer no sentido de que o delegado Protógenes Queiroz volte ao comando da Operação Satiagraha.

Lula seguiu o conselho do seu ex-ministro da Justiça e não do seu atual ministro da Justiça. O ex-ministro teria feito ver ao presidente (Lula e não Mendes) que aquele colóquio insólito de terça-feira, onde estavam o próprio Lula, Gilmar Mendes, Tarso Genro e Nelson Jobim, estava sendo interpretado pela sociedade como uma operação abafa. Por esse motivo, Lula insistiu tanto ontem em provocar o delegado Protógenes que viesse a público dizer que não queria mais orientar as investigações policiais sobre o banqueiro Daniel Dantas. O presidente Lula quer que a palavra de renúncia de Protógenes confirme o inconfirmável, uma vez que o delegado foi de fato coagido a sair do caso, e não tem nada dessa história de carochinha de curso de aperfeiçoamento, etc. Precisará de cursinho rápido alguém que prendeu o ex-governador Paulo Maluf, o mafioso Law Kim Chong e agora o banqueiro Daniel Dantas?

O fato é que – noves fora esse qüiproquó do expulsa-fica do delegado Protógenes – na última terça-feira, dia 15 de julho de 2008, o governo do presidente Lula capitulou tacitamente ao tucano Gilmar Ferreira Mendes, ministro-presidente do Supremo Tribunal Federal.

Em 23 de abril último, foi a posse solene do presidente Gilmar Mendes no STF. Estavam presentes três ex-presidentes da República e mais o atual, e uma plêiade numerosa de emplumados e vistosos tucanos do Brasil todo. Claro, sabiam da capacidade política e do poder de fogo do companheiro deles que assumia um cargo relevante em Brasília. Foi como uma pequena volta ao poder. Dizia-se que Brasília amanheceu naquele dia com o doce aroma dos velhos tempos tucanos do Farol de Alexandria.

E as semanas passaram e o presidente Gilmar Mendes não falhou com os seus camaradas. A ponto que o militante Mendes conseguiu deslocar o eixo do debate político do Congresso para o Judiciário. Sua capacidade de reação e combatividade (pela direita) têm sido exemplares. Nem todas as brigadas parlamentares tucanas e demos juntas têm o seu poder de fogo e a sua eficácia política. E muito menos o PIG inteiro. Aliás, o PIG com todos os seus factóides golpistas de quinta categoria – agora estão reinventando o dragão da inflação nacional, que hoje é internacional – não chega às unhas do pé direito do guerrilheiro gurka Gilmar Mendes.

Pois bem, terça-feira passada, dia 15 de julho, o lulismo planaltino curvou-se diante de Sua Execelência, o meritíssimo presidente Gilmar Mendes – o porta-voz dos oprimidos e facinorosos membros da elite branca pegos com a mão na botija.

É lamentável tudo isso. O governo Lula conseguiu politizar aquilo que era para ser tratado como um caso de polícia. Ponto. A armadilha – inédita no Brasil e no mundo conhecido – montada por Gilmar Mendes deu certo, ou seja, apanhou o lulismo numa única laçada: a de que os suspeitos de crimes do colarinho branco também são objeto dos direitos e garantias fundamentais do homem. Logo, o lulismo (por natureza, conciliador até a medula óssea) ficou atônito e entrou em pânico.

Quando isso for contado nos compêndios escolares, daqui a trinta anos, deixará os pequenos brasileiros do futuro abismados com a ingenuidade do lulismo planaltino. Mas não só ingenuidade, junte-se aí o rabo preso de alguns próceres petistas (“Gomes”, Cardozo, Sigmaringa, Gilberto Carvalho, José Dirceu, Jacques Wagner, etc.) e uma boa dose de pusilanimidade recessiva.

Ontem, o presidente Lula – boquirroto – perdeu uma boa oportunidade de ficar quieto, quanto ao assunto DVD. Tanto mais que pega mal ficar mostrando valentia e desafiando em cena aberta um subalterno funcionário público federal – o delegado Protógenes – quando horas antes curvara-se em mesuras e salamaleques com o seu principal desafiador, o presidente Gilmar Mendes.

O presidente Lula tem é que ir menos atrás de Margareth Thatcher – a mesma que disse que a sociedade já não existe – e seguir mais os conselhos do presidente Vargas, que dizia nas horas difíceis dos amigos trabalhistas:

- Meu filho, faz o seguinte, não te metas em política.

Política não no caso em pauta, quando urge que a Operação Satiagraha estampe o rótulo histórico de ter sido um caso policial/judicial exitoso que varreu da cena pública grande parte das oligarquias tucanas e também com petistas seduzidos pelo “tucanato way life”.

Foto: quadro simbólico da capitulação lulista ao militante tucano Gilmar Mendes.

33 comentários:

Gustavo disse...

Feil, ótima análise da prática política reicidente do Lula desde que assumiu o Planalto:conciliar o que deveria ser inconciliável!

Carlos Eduardo da Maia disse...

A verdade é que os tentáculos de Dantas engoliram o governo do PT. O que se sabe até agora é que o filho do Lula está envolvido, o compadre do Lula está envolvido, o Zé Dirceu está envolvido, o Gomes Greenhalgh está envolvido, o Sigmarina está envolvido e muita gente mais pode estar envolvida. Se abrirem a Caixa Preta do Dantas a república cai de podre. O PT prometeu ao Brasil um país decente e se envolveu de cara com os tentáculos de Dantas. E a culpa é do Gilmar Mendes.

Anônimo disse...

A filha do Serra está envolvida, o caixa 2 do FHC, do Serra e do Opus Dei, sobre isso o Maia não fala. Tudo para desviar o foco do principal - a bandalheira das privatizações tucanas.

Anônimo disse...

Tens razão, Maia, o PT se envolveu com os tentáculos do Dantas, os mesmos do PSDB, do PFL, do FH, da Yeda, do Alckmin, do Serra, que também tinham prometido um país decente. A diferença é que o PT até então tinha uma conduta razoavelmente decente, ao contrário dos outros. De forma que se poderia esperar algo melhor. Já quem votou na Yeda e dela esperava algo decente é porque gosta de ser roubado, mesmo.
Trouxa de carteirinha...

Suzie disse...

Eu sabia!
Jogariam o entulho no colo do PT e do Lula.
Ainda bem que estou ficando "esperta".
Se vale para o Dantas, vale para o Delegado?
Ele se apoiou em alguns jornalistas para produzir fatos?
Estou farejando.
O PIC-PIG agradecem ao olhar dos(as) inteligentes analistas ao culpar ao Lula e ao PT.
Tem gente tentando ser mais "realista" do quê o PIC-PIG?

panoramix disse...

Um bom chá de camomila, pé no chão e cabeça fria levarão diretamente aos motivos reais da saída dos delegados da PF. Luiz Nassif está fazendo uma análise muito interessante sobre o assunto. Não seria interessante dar tempo ao tempo? Uma das qualidades que me faz frequentar o diário gauche é a forma democrática como Cristovão Feil trata seus comentaristas, mas aguentar fofoca de direitoso que sempre vem aqui cagar pela boca é dose. Quero ver se eu teria o mesmo tratamento nos sites do qual ele pertence. Vim falar de PT e Dantas, sabendo-se que DVD teve encontros de negócios com FHC ultrapassa toda e qualquer linha de racionalidade. Vai te catar! Vai procurar tua turma!

Júlio Juvenal disse...

Suzie, seu amor pelo Lula é muito maior que a sua capacidade de explicar a traição que ele te faz, não é?

Faz o seguinte, escreve um romance bem romântico e vende milhões de exemplares e fica rica como o Paulo Coelho e larga essa coisa de política que só te dá desgosto e rugas no rosto.

Beijo, querida.

juju disse...

Suzie, minha fofa, explica então para nós o motivo de o Lula ter aquela conversa com o tucano Gilmar Mendes.
Vamos ver qual a sua interpretação da
quele estranho encontro, de onde o ministro Tarso saiu até meio gago.
Aqui no blog do Feil vc tem amplos direitos e espaços grandes para te expressar como vc imagina que as coisas são ou foram.
Fala, fofa.

Anônimo disse...

Foto sintomática. Fala por milhões de palavras...
armando

Carlos Eduardo da Maia disse...

Anônimo, eu votei na Yeda (e votei nela apenas no segundo turno) porque não tinha candidato melhor. Eu não voto no Olívio, nem sob a mira de um revólver. Não voto em quem é conservador. E mais, eu não tenho vínculo com partido nenhum. SE o governo FHC fez negócio com Dantas -- e não tenho dúvidas que fez -- e se isso foi ilícito que se puna os culpados. Mas o PT sempre se postou de patrimônio da moral e hoje o Brasil sabe que o PT gosta de receber dinheirinhos -- não importando a fonte. Ou será que a campanha do Raul Pont para prefeito -- que recebeu dinheiro do Valerioduto -- checou a origem desse dinheiro? Os tentáculos do grande corruptor do Brasil caduco chegara até o PT, isso é inegável.

panoramix disse...

Em todos os blogs que frequento relacionados a esquerda estão aparecendo comentários oportunistas de gente que apareceu de uma hora pra outra como petistas indignados. O golpe já foi manjado! Foi o Dantas que mandou? ataque troll no varejo, um bate e o outro cabeceia? Ví os comentários de suzie aqui e no RS Urgente. São coerentes e por enquanto estou fechando com ela!

panoramix disse...

Doctor Maia tu não sabes o que o cano gelado de uma 45 no teu ouvido faz, pede pra um bandindo fazer este teste contigo, pode ser os ligados a Yeda mesmo. Tu não só votaria no Olívio como também irias para esquina sacudir uma bandeirinha do PT! E não fala besteira, não precisa de arma nenhuma, é só te oferecer um CC de 15 mil que viras petista na hora!

jorge disse...

Panoramax, não entendi a tua última frase.
Pode explicar?

edu disse...

Se é psdb, pcc, pqcm, girsd,olele, olala, NAO INTERESSA, tem policia, tem inquerito, tem MP e parecer, tem juiz e provas, e tem sentença.

O q importa é saber onde foi a grana retoma-la e prender so culpados, se é do partido A ou Z nao importa.

os lacaios querem enlamear a tudo e a todos para q possam escapar, nao nos deixemos enganar.

maia, quem tu pensa q és para achar q teu voto mudaria algo?? Alias ter teu voto é como ser socio do fernandinho beira mar. E peça licença para citar os nomes de Raul Pont e Olivio Dutra.

panoramix disse...

Posso! Maia é movido pelo mercado, pelo menos é isto que ele sempre passou aqui: Sou é penso por quem e para quem me pagar mais. Este é o sentido da frase que, por sinal, não foi bem construida! Expliquei jorge ou ainda estas ofendido? Não conheço pessoas que são pagas para serem do PT, elas participam do partido por afinidade ao contrário de tantos outros partidos que são verdadeiros balcões de negócios!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Pois é, Panoramix, essas pessoas que estão ai tremulando bandeiras petistas fazendo campanha para a Rosário não recebem nada.... Conta outra!!! E mais, eu não sou movido pelo mercado e nem pela ideologia que tenta catequisar as pessoas. Eu simplesmente não acredito em religião.

Suzie disse...

Os FASTOS não estão fechando com as VERSÕES.
Julio e Juju:
Não subestimem minha inteligência.
Eu ainda penso!
Paixões?
Só pela VIDA!

Anônimo disse...

O Maia voltou agora para valer, com a habiltual canalhice, e idiotice.

Primeiro não vota em conservador, idiota só vota na Yeda, no Busatto, no FHC...

Canalha quando insinua uma ligação de Raul Pont com o Valerioduto. Insinua porque não pode acusar.

É um desavergonhado quando coloca ardilosamente uma lista de nomes sob suspeição (ele não pode acusar e lança insinuações maldosas) e vincula com o PT. Mas nunca vincula o nome dos Tucanos Ladrões ao PSDB, ou outros. Não vincula o nome do Senador Simon, por exemplo, as suspeitas que até o próprio PSDB lança sobre a administração do Banrisul no Desgoverno Yeda.

Má Fé.

Ardilosamente coloca como se fosse uma "culpa" do PT não ter feito antes o desbaratamento da falcatrua, e com isso esconde que toda formulação intelectual e operacional se deu sob o comando do FHC. Sendo que a formulação intelectual o Cardoso tem de dividir com o outro Fernando o Collor de Mello. Que, por sua vez, indicou o primo para o STJ quee liberou o Cacciola e outros; assim como o Gilmar Mendes, nomeado pelo FHC, para soltar o Dantas quando necessário. Esta é a culpa do Gilmar Mendes usou a lei para salvar um correligionário, como o Maia mesmo diz: corrupto.

Claudio Dode

juju disse...

Suzie, aí está um bom título para o romance da tua vida:

"Paixões? Só pela VIDA"

Não é lindo, gentem?

Falando sério, qto. estão lhe pagando pra vc vir nos blogs de esquerda fazer essa conversa mole dissimulando ser petista?

Bira Nunes disse...

Bela análise, Feil.

Anônimo disse...

hahaha, o tal de Maia se mordeu... O mais engraçado é que o cara, acho, não fala português. "Não voto em que é conservador". A Yeda não é conservadora? Nesse caso, não estava e está agindo para a manutenção do status quo? Essa é a unica definição de conservadorismo que pode ser aplicada nesse caso.

A propósito, o PT fez 16 anos de governo em Porto Alegre com um nível de corrupção menor do que muito país da europa ocidental. Não temn NADA parecido no PSDB.

Mas claro, o maia votou contra o conservadorismo...

Anônimo disse...

Aí na foto vejo que o Tarsinho baixou a crista para o Mendes.

gustavo disse...

Não se deve deixar levar pelo PIG golpista desde 1964 e sua "produção" jornalística(isto deixamos para o Maia e mais quem quiser dar atenção para os atentados a reflexão crítica que se pública na ZH e na Veja). Por outro lado, não pode-se fechar os olhos para a política reicidente de conciliar o que deveria ser inconciliável que foi levada a cabo desde o início do primeiro mandato do Lula!Não se pode fazer uma leitura a-crítica!Olivio Dutra ja falava do preço que se paga pelas mas companias!

josmar amorim disse...

É isso Gustavo. O fato de termos votado no Lula, não nos faz massinha de modelar dele.

Suzie disse...

A/o Juju está impossível!
Apaixonou-se pela Suzie.
Quem merece?
Tô fora!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Digo e repito, a campanha do Raul Pont -- quando candidato a prefeito contra Fogaça -- recebeu sim 1 milhão de reais do Valerioduto. E os aloprados petistas gaúchos que foram buscar essa graninha de ônibus em SP no processo criminal reconheceram o crime.

Anônimo disse...

Digo e repito, fala o Maia:

Em um post anterior ele dizia:

"E não apenas mensalão, o PT do RS recebeu 1 milhão do esquema para alimentar a campanha do Raul Pont para prefeito."

Ele nunca repete porque, a mentira cada vez tem uma "feição":

Uma vez foi a campanha do Raul, a outra foi o PT do RS. Sempre se "enrodilhando" como cobra. Traiçoeira.

Claudio Dode

Carlos Eduardo da Maia disse...

Dode, leia abaixo o que disse o Leo Gershmann da Folha em artigo publicado em agosto de 2005, a fonte é essa: http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u71341.shtml

Após negativas, PT-RS assume ter recebido dinheiro citado por Valério
Publicidade
LÉO GERCHMANN
da Agência Folha, em Porto Alegre

Depois de diversas negativas, o PT gaúcho reconheceu ter recebido R$ 1,050 milhão da empresa SMPB, da qual o empresário Marcos Valério de Souza é sócio. Valério afirmou que o PT gaúcho recebeu um total de R$ 1,2 milhão.

gustavo disse...

O Maia só confirmou o que eu disse ainda a pouco.Todas as argumentações dele são baseadas na "produção" jornalística do PIG. Todas sem excessão!Desde as opiniões sobre os problemas do desgoverno da sua candidata Yedinha até a questão das privatizações, da PF, do PT, do Lula, etc, etc, etc!Quando quero saber do posicionamento das elites brancas nas questões conjunturais posso ir direto na fonte: Veja, ZH, Folha, etc!Aqui deveria ser um espaço para as pessoas contribuirem criticamente, acrescentarem criticamente!E o Maia vem com "reprodução" e recorta e cola dos argumentos da VEJA.Sejamos sinceros?!Não acrescenta nada a discussão!Tanto pq as pessoas que leem este blog, ao que me parece, querem justamente ter acesso a uma análise alternativa dos fatos e acontecimentos e não a leitura oficial da grande mídia(PIG), esta nos rodeia cotidianamente querendo impedir a reflexão crítica, não precisamos que o Maia venha até nós reproduzi-la tal qual!

Anônimo disse...

Aviso ao Maia: catequiZar é com Z...

Anônimo disse...

Ô Maia,

Tu joga o nome do cara ao vento e depois me vem com notinhas da folha. Fala sério!

E o pior de tudo nesta notinha, comprada ou de brinde por "reclames" não cita o nome de ninguém como levianamente fizestes.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Gustavo

Não estaria o blogueiro, tal como o Lula, fazendo uma polítiaca conciliatória, com a presença desse tala de maia no blog?

Anônimo disse...

Gustavo

Não estaria o blogueiro, tal como o Lula, fazendo uma polítiaca conciliatória, com a presença desse tal de maia no blog?

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo