Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Arapongagem da Brigada se infiltra em bares para controlar consumidores de bebida alcoólica


Recebo e-mail com o seguinte comentário do velho jornalista Wanderley Soares, especialista em assuntos de segurança:


Entre o pudico e o policialesco


Os pontos que tornam não confiáveis os dispositivos da segurança pública são por demais conhecidos, mas nunca é demais citá-los, pois o governo nem sempre os reconhece e até os esquece: carência e queda permanente e gradativa de efetivo; sistema de comunicação sucateado; inexistência de serviços profissionais de manutenção de viaturas além da reposição de peças ser baseada em doações; equipamentos de proteção individual raquíticos; prédios com rachaduras e material de expediente escasso, confusos planos de carreira, salários indignos – tudo isso faz com que a rotina de violência e criminalidade, permanentemente, assuste cada cidadão que é levado a não aceitar estatísticas oficiais, embora reconheça o esforço isolado de alguns policiais diante da ausência de um projeto que alicerce uma obra que contemple a sociedade por inteiro livrando-a do provisório, da improvisação, dos mutirões cujos resultados terminam por serem ocultados tal a dimensão de seus fracassos. Já começam, agora, a surgir estatísticas sobre a queda de acidentes em conseqüência da colocação nas ruas do policiamento ostensivo para fiscalizar o cumprimento da lei seca. Um oficial PM, em entrevista, chegou a afirmar que policiais à paisana da chamada PM-2, estão se infiltrando em bares e restaurantes para monitorar cidadãos suspeitos de beber antes de dirigir. A lei seca está se instalando como uma síndrome policialesca. E, em meio a essa euforia pudicícia, a bandidagem continua viva e crescente, pois os órgãos policiais, além de sucateados, estão sendo desviados de suas missões específicas.


9 comentários:

Anônimo disse...

E diziam que o Bigode iria implantar um Estado totalitário no RS, nada como um dia depois do outro.

Totalitarismo só com a Tia, defensora dos fortes e ricos.

Prestes disse...

A polícia não tem e nunca teve a finalidade proteger o povo. Bando de pelegos, aceitam ganhar uma mixaria pra defender pedágios, latifúndios, palácios, etc.

Anônimo disse...

Como diria o Nezinho do Jegue, com seu hálito alcóolico de fazer o bafômetro ter ereção: morra, Odorico...
A bandidagem correndo solta e alguns, como o Odorico, de Dias Gomes, só querendo inaugurar cemitério...
O negócio é solicitar visto de entrada na Holanda, pois em Amsterdan as coisas são mais, diríamos, liberadas...

Ricardo M.

heliopaz disse...

Cristóvão,

Bem feito para a classe mérdia: ela, que tanto defende a porrada nos movimentos sociais, agora também vai levar umas cacetadas ou umas tungadas no bolso pra ver o que é bom pra tosse.

Como podes perceber nos meus comentários e posts, vivo um momento bastante revoltado e desiludido, tentando aprender e apresentar novas formas de resistência, pois a esquerda está sempre 10 passos atrás da direita.

Estou pessimista. Mas espero estar redondamente enganado.

[]'s,
Hélio

Mendes disse...

Bom, enquanto tiver morrendo gente pelas estradas, esta lei nuuuuuuuuuuuuuuuuuuuunca será lei morta.

O que tem de playboizinho mala sendo preso e exposto. Que maravilha. E não venham me dizer que isso é passageiro... já esqueceram o que escrevi no 1º parágrafo deste post? ENQUANTO TIVER GENTE MORRENDO NO TRÂNSITO.....

Cristóvão Feil disse...

Hélio Paz,

a esquerda não está a dez passos da direita, a esquerda apenas não está no poder.

Abç.

CF

Anônimo disse...

uma dúvida: quando a esquerda esteve no poder?
Olívio? Não me faça rir!!!!
HAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

em 15 dias fui assaltada a duas quadras da minha casa e tive minha residência roubada. moro no interior e aqui a bm fica na praça central da cidade verificando veículos. e nos becos onde eles sabem q estão os bandidos ninguém chega. tb estou num momento revoltado e desiludido.

Paulo Augusto disse...

Esta é a segunda ilegalidade confessa da BM com prova material: imagem de TV, gravada com a concordância dos meganha. Na primeira o sub-procurador geral do MP prevaricou quando o "Prendo e Arrebento" Mendes confessou, num Debates RBS, que levava (detenção) moradores de rua para "tomar um chá de banco" no quartel, sem qualquer acusação formal. Vou continuar insistindo nesta tese: existem provas materiais que podem levar o Mendes pra cadeia.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo