Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Banco do Brasil promete reagir


Estatal irá adquirir cerca de cinco bancos

Deu na Folha, hoje:

[...] O Banco do Brasil avalia a compra de outros bancos. Ao menos cinco estariam na lista de aquisições, segundo a Folha apurou.

Procurada, a assessoria do BB afirmou que a direção não iria comentar o assunto. Nas últimas semanas, aumentaram as especulações sobre prováveis negociações com bancos de pequeno e médio porte.
Aliada à compra das três instituições estaduais, a aquisição de um banco de porte médio daria de volta ao BB a liderança no ranking. A liderança no ranking de bancos do país é simbólica para o PT.

O próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva não gostou de ver o BB perder o posto histórico no seu governo, mas avalia-se na administração petista que o sistema financeiro brasileiro ainda passará por uma nova fase de consolidação e que a crise abriu várias oportunidades para o BB. O importante, avaliam os técnicos do governo, é que "agora o BB está no jogo". [...]


30 comentários:

Luiz Moura disse...

Pois é Cristovão, mas tem deputado da bancada da Febraban que quer, a qualquer custo, privar o BB de fazer aquisições de outros Bancos. Eles chamam isto de estatização. Coisa estranha não?

Carlos Eduardo da Maia disse...

O Brasil tem sim que contar com um ou dois grandes bancos estatais (CEF e BB). Não vejo nenhum motivo para um EStado federado ser controlador de um banco. Em todos os casos em que o Estado era controlador de banco ocorreram fraudes e corrupções, inclusive no RS. Aliás, o Banrisul está vivo porque foi salvo pelo chamado Proer dos bancos públicos do "neoliberal" FHC. Mas esse tipo de verdade certa esquerda deleta.

sbetenar disse...

- MAIA, O BANRISUL ESTÁ AÍ E COM GRANDE PUBLICIDADE DAQUELES QUE QUERIAM D0Á-LO DENTRO DO "ARRANJO"DA DÍVIDA DO RS, ALÍAS UM GRANDE ACORDO COMO DIZIA O DR BRITO E SEU ASSECLA MAIOR "O BUSATINHO", AQUELE DA GRAVAÇÃO E QUE HOJE ESTÁ NOS "STATES"ESTUDANDO (SIC) A ELEIÇÃO YANKEE. O BANRISUL ESTÁ AÍ GRAÇAS AO OLIVIO, ENTENDEU?? QUER ME FAZER DE OTÁRIO?? SE NÃO FOSSE O BIGODE NÃO TERÍAMOS O BANCO E NEM O DINHEIRO. POUPE-ME!!! VADE RETRO!!!

Anônimo disse...

O Banrisul foi e é vitimado por fraudes perpetradas pelos safados que ontem e hoje propõem a sua venda para os safados associados que o avaliariam e o comprariam.

Tutti bouna gente, tutti ladri. A privatização seria a última e monumental fraude. A privatização é a cereja em cima do chantily de roubos.

Quem quizer nos fazer acreditar no chavão de "o estado não deve ter banco" (ou siderúrgica, ou telefônica) que pense porque a bolsa de valores brasileira não surgiu em 1808 ou 1822.

O que há no gene do capitalista brasileiro que faz com que sua iniciativa seja tão débil e o Estado se faça necessário para que as coisas aconteçam?

É sangue ruim de gente que só presta para ser capitão de mato. Chicotear índio fugido é normal, associar-se em S.A.s, empreender por conta própria, ser competente e honesto para pagar dividendos já está fora de questão.

Anônimo disse...

De onde esse babaca tirou esse bordão de 'certa esquerda', que ele repete como se fosse grande criação literparia dele? Poderia soprar suas bolhas de sabão verbais com um pouco mais de estilo...

Anônimo disse...

Aí está. CQD. A cada intervenção o Maia se refere à esquerda. Só existe esquerda, se existe direita. Mas, quando isso é lembrado para qualificá-lo por exclusão e a todos os neoliberais e atuais neobobos, aí o mundo despenca, e toma sociologismo a la Fukuyama de que não existem mais essas categorias. Como se o mundo real pudesse ser derrogado por decreto.

armando

Anônimo disse...

E mais, Maia: preste atenção ao nome desse Blog - é Gauche e não Droite.

armando

Anônimo disse...

O REGIME CARIDOSO DE RAÚL CASTRO, O CONVIDADO DE LULA. MOBILIZE-SE!

Com vocês sabem, o facinoroso Raúl Castro, ditador de Cuba, será recebido com pompa por Luiz Inácio Lula da Silva no dias 26 e 27 de dezembro, em Salvador. É um ditador desprezível. Na tirania que comanda, substituindo Fidel, o irmão moribundo que o diabo insiste em recusar, a divergência política é punida com a masmorra e, se preciso, com a morte sem julgamento.

Enviem mensagens para o Movimento Nacional pelos Direitos Humanos repudiando a presença do assassino Raúl Castro em solo brasileiro. O e-mail é este: mndh@mndh.org.br !

Anônimo disse...

Esse movimento teria cojones para aceitar protestos contra Bush, criminoso de guerra queridinho das "pessoas de bem" ?

Francisco Goulart disse...

Provavelmente esse anônimo teve orgasmos quando Bush filho visitou o Brasil...

Anônimo disse...

para o anônimo da 15:00

Que pena que estamos vivendo estes dias de horror no RS. Eu queria estar em Salvador nos dias 26 e 27 de dezembro, para assistir esta festa. Tenho saudades destes dias aqui pelo Rs. Tenho muita saudades de ver Porto Alegre, ilunimada pelo FSM, de ver pessoas de todas as partes do mundo aqui convivendo conosco. Muita saudades
lia

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, enganam-se aqueles que acham que esquerdista são apenas aqueles que tem fé na religião do materialismo histórico. São estes crentes da ideologia que eu denomino de certa esquerda. Certa esquerda considera a social democracia européia, o SPD alemão, o PS Francês, o PS Italiano, o PSOE espanhol, como partidos de direita, ou o Serra -- que nunca foi de direita -- como um fascista de direita.

Anônimo disse...

O Serra sempre foi de direita.

Agora fascista é o Mendes, o Maia, a Yeda....

Anônimo disse...

Maia, o problema de vocês da direita é que não assumem a responsabilidade histórica de ser contra o progresso e o bem estar da maioria; preferem acusar-nos de esquerda. Sim, somos de esquerda e nos orgulhamos disso. E v. quando assumirão suas idiossincrasias de direita? É vergonha? É medo?

Veja (argh!) agora mesmo tem um neobobo (anônimo das 15:00) tentando arregimentar correspondências para um saite fascista e, consequentemente, de direita. Por que não coloca claramente que é de direita e luta para o restabelecimento do puteiro em Cuba?

armando

Anônimo disse...

mas o tal anônimo é o próprio "Maia", quem não sabe? Ele ganha pra encher o saco aqui, enquanto diz que quem não gosta de ZH não deveria lê-la. Mas tem que ser com "luvas de pelica", então quando solta a franga e perde a linha, é Anomaianônio...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, é impossível alguma pessoa ser contra o progresso e o bem estar da maioria. É exatamente isso o que eu mais defendo. Mas o progresso não está em Cuba. Responda, Armando, os partidos da social- democracia européia, como o SPD alemão, são de direita ou de esquerda?

edu disse...

Pessoal tanto faz, esquerda ou direita isso é invençao da casta pra fazer-nos lutar entre nòs e sermos comandados por eles com mais facilidade.

O que importa é preto no branco, os numeros:

brito PIB RS = -0,5%
Olivio PIB RS = 4,6%
rigoto PIBRS = 0
coisa ruim = deve empatar com a patagonia

Anônimo disse...

Eu sou o anônimo das 15h. A reação dos comentaristas aqui foi a que eu esperava: na hora de protestar contra Bush, vale dizer que é "ditador". Na hora de Cuba, não. O dois pesos com duas medidas da esquerda seria de matar de rir. Se não fosse triste.

Cristiano Freitas Cezar disse...

Quando a Banca quebra, e o fedor é grande, todos são ferrenhos militantes de esquerda, socialistas, comunistas, até mesmo anarquistas. Até josé Serra é citado como "de esquerda".
Não demora muito até alguém citar o senhor "Esqueçam tudo o que já escrevi", como socialista, e seus oito anos de mendarinato como um exemplo disso.
Haja paciência.

Anônimo disse...

Respondo Maia: a social democracia traidora alemã é de direita. Merkel é de direita. Essa social democracia é de direita desde a implantação do nazismo por covardia deles. Satisfeito? E v. quando assumirá que é de direita? É preciso ter posição, lado, opinião na vida. Senão é como se estivessemos mortos.

armando

Raul Sendic disse...

Primeiro, o que quebrou o Banrisul não foram as falcatruas dos governos de direita deste estado.
O que sim quebrou o Banco foi o fato de assumir todos os títulos emitidos pelos governos estaduais até o final da década de 80 e início de 90, quando isso era permitido.
O rombo dos BEs foi de caráter fiscal, ao assumir o papel de emprestador de última instância dos governos estaduais quebrados.
Esse papo de que os BEs quebraram por incompetência e fraudes é ladainha da turma que sempre está de olho no filé dos bancos públicos.
O que quebra banco é falta de liquidez, que no caso dos estaduais ocorreu ao abarrotarem seus cofres de títulos estaduais e não receberem dos governos estaduais um tostão pela papelada. O Proer teve o papel de recolher os títulos públicos nas mãos dos bancos e recolocá-los como dívida fiscal dos estados, o que era o correto. Simplesmente isso, nada mais.
Agora, meu caro blogueiro, quando tua posição é coincidente com a do Maia, é bom dar uma refletida.
Cada post que tu coloca sobre o Banrisul serve apenas para essa direitada tentar avacalhar um banco público com argumentos mentirosos. Será que não está na hora de trocar de assunto?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, se a social democracia européia é de direita, podemos dizer que 99,5% da população mundial é de direita.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Luis, o PIB gaucho aumentou no governo Olívio por conta do fim da paridade cambial, 1 real = 1 dólar. Não tem nada a ver com a gestão do companheiro governador.

Raul Sendic disse...

Agora, a economia brasileira cresceu mais com o fim da paridade R$/U$$ no período FHC?? Não, pelo contrário tomou uma porrada. A média mais medíocre de crescimento brasileiro foi alcançada na gestão do professor Dr. FHC Sourbonne.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Não estou falando em economia brasileira, mas gaúcha que tem seus ativos lastreados na exportação. De 1994 até 1999, o RS sentiu os efeitos colaterais da paridade cambial. Quando o dólar voltou ao patamar real, nos primeiros meses de 1999, a economia do RS cresceu e cresceu bem. Olívio não tem nada a ver com isso.

Anônimo disse...

Só lembrando:

1. O Dolar não voltou ao patamar real nos primeiros dias de 1999; primeiro porque ele não vai nem volta sozinho (como os ilusionistas do mercado querem fazer supor) algum ente (???)do "mercado" que leva. Mais ou menos assim: o diabo que carrega..

2.Em 1999 FHC já tinha praticado o golpe da reeleição, e então como pagamento do estelionato eleitoral que praticou "liberou" o dolar para que o "ente mercado" se locupletasse.

3. Pois bem, porque o Rigotto não conseguiu mater o crescimento?

Claudio Dode

edu disse...

O PIB do RS cresceu pq o Olivio teve sorte de ter nascido muito bezerro gemeo. E o resto??? foram outros 3 governadores azarados(brito, rigoto e coisa ruim)???

Ai nao da, vamos eleger Olivio governador vitalicio!!!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Edu, para Olívio ser governador novamente ele tem que ser eleito. E isso é difícil. O sonho dourado da direita gaúcha é que o PT escolha novamente Olívio como candidato ao governo. Qualquer um ganha do Olívio.

Anônimo disse...

O PESADELO da direita gaúcha é o PT escolher o Olivio candidato ao governo. Dá bem para avaliar pelo rancor e ressentimento de cada post do Maia.

Claudio Dode

edu disse...

Olivio aplicou a politica correta apenas, agiu com inteligencia e lealdade para com o povo que o elegeu, APENAS ISSO.

Nao precisamos de Olivio, com se ele fosse um santao, como se fosse o messias, nada disso, podemos eleger uma junta de pessoas ao inves de 1 sò, podemos eleger o Mano Lima ou o Dante Ramon Ledesma, desde que a politica aplicada por eles seja leal, inteligente, compromissada com o RS e o seu povo.

Temos Olivio como exemplo de uma administraçao que deu certo, que trabalhou por 4 anos para o bem do povo do Rio Grande, pobres e ricos, nacionais e multinacionais, crescemos todos.

A coisa ruim trabalha para a casta, para as multinacionais, que levam nossa riqueza embora, nos deixando sempre pobres.

Nao é tao dificil de entender.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo