Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

domingo, 23 de agosto de 2009

ZH desqualifica futura presidente da CPI da Corrupção


Jornal debocha da deputada petista

Até quando os parlamentares do PT, bem como outros líderes petistas, pagarão mico em troca de algumas linhas fuleiras nos veículos da RBS?

Vejam o que fizeram com a deputada Stela Farias (PT-RS), na edição de hoje do jornal Zero Hora: a presidente escolhida para dirigir a CPI da Corrupção, que inicia na próxima quarta-feira, está retratada de uma forma desqualificada e desrespeitosa. A fotografia não poderia ser pior, a deputada olha para o espelho retrovisor (significando atraso) do veículo que supostamente dirige, e a pose escolhida pelos editores passa a imagem de um gnomo assustado. O texto que acompanha a infeliz fotografia é igualmente de amargar. Pinçaram somente a conversa tagarela da combativa deputada, que teria ficado "três dias sem ver um dos filhos", que vai estar "diferente na CPI", e numa "nova fase", blablablabá. Deboche maior, impossível. E os trechos politizados e críticos ao governo estadual, que certamente compuseram a entrevista da deputada aos auxiliares da coluna da abelhinha? Ora, isto - já está visto - não interessa, uma vez que o objetivo da matéria é o de construir uma subjetividade trocista a respeito da futura presidente da CPI da Corrupção.

A oposição, especialmente o PT, precisa repensar a relação com os veículos da RBS.

20 comentários:

Maurício Santos disse...

É, Feil, eu concordo que a esquerda tem que parar de esmolar espaços na no PIG gaudério e parar também de tentar ser amiguinha da RBS e de seus colunistas. Maria do Rosário fez fiasco na campanha com esta postura, Fortunati foi outro que desde sempre vivia de sorrisos com a RBS(e ainda vive...). É uma espécie de crença cega no tal "marketing político", na cultura das celebridades, no trato da política como mercadoria de consumo em forma de personagens que devem ser simpáticos-consumíveis.E o PSOL, ao que parece, vai pelo mesmo caminho. Não há possibilidade de criar e manter espaços políticos produtivos consistentes e duradouros dentro do Estado, ou seja, no governo, sem confrontar o poder midiático. Em nível municipal até se pode conseguir (ou podia conseguir) algo, mas em nível estadual não dá. O lulismo de resultados também parece ser, em parte, consequência dessa falta de coragem e disposição para enfrentar o monstro.

Anônimo disse...

Como contraponto, vejam como ZH apresenta fotos da Yeda... Sempre arrumada, com pessoas subservientes ao seu redor (um mordomo, uma secretária, um jornalista baixinho...) Vale a pena um estudo sociológico mercadológico...

Suzie disse...

Precisa mesmo Feil.
A "esquerda" não petista, dos neo-PSB, estão propondo, através do Dr.Advogado Ricardo Giuliani, uma "FRENTE AMPLA", contra o PT.
O Raul Pont é representante do atraso, segundo ele, Ricardo Giulini.
Sistemáticamente vai para os meios de comunicação.
Afagos no Puggina e ferro no Raul Pont.
Pensa que é OBRA somente do PIG?
Não nos enganemos.
O PV propôs para Marina Silva: retirar o apoio ao aborto de seu programa, indicação por Marina de 8 membros para o Diretório Nacional, são 11 membros ao todo,emfim, deduzi que alguém comprou um partido para Marina.
Ouvi na CBN hoje, de André Trigueiro.
Durma-se com este barulho!
Ainda bem que o NÃO venceu...
Fizemos o papel de administrador público: o ausente prefeito que colocou seu VOTO secretamente.

Nelson Antônio Fazenda disse...

É uma prática típica do PIG, seja o guasca, seja o tupiniquim, seja o venezuelano, o hondurenho ou de qualquer outro torrão. Tua estás correto, Feil. A questão é que muitos oposicionistas não resistem à sedução de "aparecer na telinha".
Creio que o trabalho feito por este blog, pelo RSUrgente, Viomundo e vários outros, de desconstrução da credibilidade dos órgãos da mídia hegemônica pode surtir mais efeito na formação de uma sociedade mais crítica em relação às questões de poder.

dikern disse...

Repensar toda a relação de concessões de rádio e TV que se eternizam com toda a naturalidade mesmo depois de todas as denúncias, justas e verdadeiras, feitas entre a Globo e a Record.

Alice Mann disse...

Feil, o ZH, pode tentar desqualificar a deputada Stela Farias/PT-RS, através de seu jeito desqualificado e sem ética e antidemocrático de fazer jornal panfletário. O importante é que a nobre deputada tem uma trajetória de vida reconhecida pelo seu trabalho público, o que dá a ela legitimidade para mais essa tarefa na CPI. Além de ter formação acadêmica em História, que é instrumental para o processo de investigação e análise dos documentos e dos fatos.
A atitude do ZH, através da Oliveira demonstra que ser diplomado em Comunicação social-Jornalismo não é suficiente para ser um porta voz da realidade social e trabalhar em defesa da Democracia. Pelo contrário, esse meio de comunicação está sempre pisoteando sobre os lutadores democráticos.

claudia cardoso disse...

Desde 2002, falamos a mesma coisa ao PT, tanto estadual, quanto municipal...

Chega a ser cansativa a coisa!

Hals disse...

E, é claro, o PT não aprende. E nem só o PT. A Luciana Genro faz festinha, rola e finge de morta quando o PIG atira um pouco de Bonzo.

Anônimo disse...

E olha que a tatica eh antiga. Em 98, na eleicao ganha contra o demente do Britto, o PT teve que aguentar barbaridades. Lembro de umas entrevistas que o Lasier fazia na radio. Eram 15 minutos para cada candidato. E o Lasier ficava jogando ao ar a "igualdade de tratamento". Na hora de falar com o Britto, perguntou sobre politicas etc. Na hora de falar com Olivio, perguntou sobre a gravata, o bigode... Mas o Olivio se saiu bem, disse que a cor da gravata simbolizava uma luta historica para trabalhadores terem o direito de constituir instituicoes etc.

Anônimo disse...

A mesmice de sempre.
A ZH publica alguma coisa, a esquerda interpreta ideologicamente a seu bel prazer e a mesma dúzia de frequentadores do Blog assina embaixo.
Por isso não querem os anônimos dizendo umas verdades por aqui.
Sem os anônimos, qual matéria teve mais de 20 comentários?

Stringhini disse...

O cúmulo da inversão. Para o anônimo das 10:03 são os covardes que garantem o sucesso do blog.
Como se os comentários dos anônimos é que sustentam o blog.
Definitivamente, os postes estão mijando nos cachorros.

Mario Rangel disse...

O comentário do eterno anônimo, das 10:03, é hilário. Ele simpesmente reverbera o que os "donos" do RS publicam. Acho até que deveríamos fazer uma "estalata" para ele, pois,"sem os anônimos" que seria de nós, "pobres" freqüentadores do DG?

Mas faz assim, anônimo, vai laber as botas dos seus patrões e nodixe com os menos de 20 comentários, tá?

Anônimo disse...

infelizmente no RS os comentário TEM que ser ANONIMOS porque blogueiros, leitores ou qualquer um que pense diferente do governo TOMA TIRO!

Anônimo disse...

Ótimo comentário, mas chega tarde. Eu disse isso faz 12 anos, quando vereadores do PT deixavam de participar de importantes lutas comunitárias para ir debater no "polémica" assuntos diversionistas, ou quando Lula despejava recursos para obras importantes no interior do estado e suas exelências (federais) iam ao "conversas cruzadas" discutir nebulosas questões tributárias. Não é de hoje que o PT (a cúpula) trocou as lutas do povo pelas migalhas de radio e TV científicamente calculadas pelo monstro e seus esbirros (Lassier, Lauro, Wianey, Brito, etc.) Agora, tente levar essa discussão para dentro do PT, como eu tentei, e será chamado de "desagregador", vão dizer que você "tem um ranço". Enquanto a esquerda (no plano nacional) não se convencer de que o principal inimigo a ser encarado é a "máfia das sete familias" e não tiver uma política clara à respeito disso e, no plano estadual, não denunciar incansávelmente o ópio venenoso da RBS, estamos roubados.

giovani montanher madruga disse...

isso deve ser lembrado sempre pelas pessoas e partidos com pensamento divergente da mídia. mas os 15 segundos de fama são mais tentadores....
ao anônimo das 10:03, eu regulamente, 2 ou 3 ve4zes por dia, visito o blog e leio seus post's, concordando ou discordando é irrelevante, é pessoal. a maioria das vezes em que faço não comento, não sinto necessidade de comentar ou, o mais importante, não tenho nada por hora a acrescentar no tema.
o menor número de comentários torna pior o blog? o menor número de comentários torna irrelevante os post's do blog?
reposta: não.

Olair disse...

Essa foi a chamada do André Machado da RBS para publicar a nota do PT sobre a morte do militante do MST:
"Candidato derrotado no segundo turno das eleições de 2006, o hoje presidente regional do PT e ex-governador Olívio Dutra assina uma nota divulgada há pouco pelo gabinete do deputado Dionilso Marcon. No texto ele critica a forma como a gestão Yeda Crusius trata os movimentos sociais. Abaixo a íntegra da nota." Mais dissimulação impossível.

Anônimo disse...

O PMDB teve muito tempo para assinar o pedido de CPI não o fez porque não tinha interesse. Ou tinha interesse que a CPI não saísse.

Já que a CPI saiu, pularam todos para dentro dela, mas é para defender os interesse deles: que a CPI não pegue no rabos do Simon e Caterva.

E este é o rastro que o PRBS vai seguir. Já que não conseguiram evitar vão tentar tudo para que não cheguem na rabo de palha deles.

Claudio Dode

Cropsiva disse...

Esse R. Giuliani é o maior .... da história. Agora o rapaz é advogado do Frederico Antunes e das concessionárias....O PT deveria er expulso esse rapaz a alguns anos, e coitado do PSB que aceita uma figura deplorável como essa. Todo o programa a esquerda tem que falar: Dr. RG o sr n~]ao fala por nós!!! Quem defende o gov. Olivio tem que ir num programa desses e dizer para esse .... que ele não representa o q foi o gov olivio, e q não queremos a defesa feita por esse sr. Sujeitinho de quinta.

Anônimo disse...

Assim como não se comenta nada no PIG sobre o plebiscito que o Uribe pede mais um mandato. Que quando é do Chavez é antidemocrático e o mundo vem abaixo, e quando é o Zelaya é "golpeado"...

E o uribe?

Claudio Dode

Anônimo disse...

Na cena de cores agradáveis e iluminação suave está o LIDER, rosto suave pensativo e agradável, em uma mesa, com papeis... trabalhando. Surge um serviçal, que mesmo sabendo da importância do trabalho chega com uma travessa com chá... Quem é o líder, Mao, Stalin? Não é uma foto da Yeda no Castelo de Canela durante a turbulência da acusação do MPF. Que estranho a inusitada reunião do Realismo Socialista, com a seus retratos de Culto a Personalidade com determinado tipo de imprensa. Senhores da Blogosfera vamos denunciar este e inúmeros outros casos de manipulação de imagem...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo