Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Secretário de Saúde se vê obrigado a responder a blog, indiretamente


"Polêmica" foi gerada a partir deste blog DG

Tudo o que o jornal Zero Hora não consegue responder, ou porque ignora, ou porque não quer identificar a origem de um debate, chama de "polêmica".

Desta forma, está chamando de "polêmica" ao questionamento aqui proposto: quantas vítimas, de fato, a gripe A já fez no Estado? Outro questionamento: com que dados científicos as autoridades garantem que a pandemia está em declínio?

O governo estadual reconhece apenas 70 óbitos provocados pela gripe A. Mas os depoimentos que chegam da rede escolar informam que esse número pode ser várias vezes maior. Somente em um posto de saúde da Capital, o número de óbitos informado por uma pediatra lotada no local alcança o número de 13 pessoas.

A Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre, controlada pelo PTB, aliado do prefeito Fogaça, cada vez mais ratifica o que se sabe: um órgão inútil e impotente para lidar com a pandemia da gripe.

Hoje, em escola de ensino fundamental do bairro Restinga não havia sequer sabão nos banheiros para a higiene dos alunos e professores, para não falar da completa ausência de álcool líquido ou gel. Nesta mesma escola da rede municipal de Porto Alegre, as merendeiras distribuiam o alimento (leite e biscoito) para as crianças com as mãos desprotegidas. Perguntadas se tinham sido alertadas para o risco de contaminação que traziam às crianças (e a si), as funcionárias garantiram que não receberam nenhuma instrução sobre higiene na manipulação da merenda.

Ao lado de um completo descaso com o grave risco da pandemia de gripe, as autoridades de Porto Alegre e do Rio Grande do Sul se preocupam apenas em oferecer justificações infantis para as suas omissões e irresponsabilidades públicas.

A grande imprensa, assim, se comporta como cúmplice do descaso das autoridades, e a manchete principal de ZH hoje é a prova da responsabilidade solidária na manipulação da chamada opinião pública (ver post abaixo).

O secretário Osmar Terra afirmou hoje à tarde que "levam 40 dias para que se constate efetivamente tratar-se do vírus da gripe A", nos casos de óbito do paciente. Então, como ele próprio pode afirmar que a pandemia está em franco descenso? E como o jornal Zero Hora igualmente pode repassar informação tão temerária ao grande público?

12 comentários:

Hals disse...

A nossa digníssima secretária de educação afirmou categoricamente que o Estado não abasteceria as escolas com dispensários de álcool gel pois seria suficiente os alunos fazerem a assepsia das mãos em casa. Disse isso em matéria do Jornal da RBS.

Prestes disse...

Não entendo mais nada.

Achei que a gripe era coisa exagerada pela imprensa para dar lucros a laboratórios gringos.

Agora a imprensa omite a gripe.

Juarez Prieb disse...

A imprensa não omite a gripe, seu anta.
A imprensa omite o descaso e a irresponsabilidade das autoridades de POA e do RS. A imprensa publica dados manipulados pelos governos Fogaça e Yeda.

Não se faz de louquinho, Prestes.

Carlos Quartino disse...

A secretária estadual disse que as escolas devem se virar com a verba que tem para garantir a devida higienização, e que esta é a hora de ver se os professores ensinaram hábitos de higiene. Quanto a rede municipal de ensino, foi repassado R$ 5 mil para cada escola, suficiente para atender 80 professores, 15 funcionários, mil alunos em 2 turnos diários. Este é um momento de crise ou de brincadeirinha de pegar/fugir/driblar o vírus? E que vençam/sobrevivam os mais fortes!

Prestes disse...

"A imprensa não omite a gripe, seu anta."

Depois as pessoas querem cobrar respeito de políticos, ou sei lá quem. Me respeita, rapaz!

Anônimo disse...

O que o sociologo tem a dizer sobre a afirmação do Ministro Gilmar Mendes de que o MPF deveria pedir desculpas a FHC por utilizar suas extruturas para persegui-lo? Será que a prática terminou? Tenho dúvidas.

Cristiano Freitas disse...

As escolas já tem de "se virar para comprar o indispensável. Fruto do "déficit zero", e da malograda política desse desgoverno.
"As escolas tem de se virar". Todas estão se virando, desde o Rigotto.

Anônimo disse...

Enquanto isso, no Polibio Braga: "Saiba mais sobre a perseguição implacável que move a RBS contra o governo Yeda":

http://polibiobraga.blogspot.com/2009/08/saiba-mais-sobre-perseguicao-implacavel.html

José Otávio Germano é outro que se diz perseguido pela ZH. Desabafou no blog:

http://joseotaviogermano.blogspot.com/2009/08/historia-mal-contada.html

Anônimo disse...

Anônimo da madrugada: obrigado por me fazer rir tão cedo, com mais essa da sumidade do Políbio... valeu!!!

Francisco Goulart disse...

Falta sabão nas escolas públicas, porém a capa do Correio do Povo de hoje mostra a foto de uma bem nutrida criança (ainda bem, pois todas deveriam ser assim) lavando as mãos em reluzente equipamento especial, com o texto: "Crianças do Colégio Farroupilha foram bem orientadas para as medidas de higiene."
O Farroupilha é um dos colégios particulares mais caros do Rio Grande do Sul.

Carlos Eduardo da Maia disse...

O descaso é apenas em Porto Alegre e RS? O descaso com a saúde é generalizado em todo o Brasil. Não se pode reduzir uma questão tão grave como a gripe A a uma discussão ideológica, porque a culpa é da Yeda ou do Fogaça. Osmar Terra está trabalhando em sintonia com Temporão. Os dois estão bem afinadinhos. E os dois são técnicos e têm experiência em saúde pública. O problema é que o serviço público de saúde no Brasil sempre foi uma calamidade. Este país precisa melhorar a qualidade do serviço público.

Anônimo disse...

Até quando vocês vão acreditar nesta doença? Isso faz bem para vocês? Adoram ter soluções em caixinha para se ver livre de problemas físicos não é? Ninguém tem tempo para ficar de repouso e se alimentar corretamente.
Ninguém vai atrás de pesquisadores para comprovar a manipulação do vírus.
Não adianta nada falar sobre o sistema de saúde, se o sistema de saúde fosse eficiente não teriamos hospitais, farmácias, "médicos" e bla bla bla. É difícil perceber como o sistema de saúde em TODO o mundo invadido por esses canalhas foram criados para alimentar o dinheiro?
Cada um vive a loucura que quer dentro de si. Eu não tenho medo. Eu vou pegar todas as gripes de A até Z. Quem sabe eu ganho um diploma de analista de gripe.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo