Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Barnabelândia amotinada


Quem deu cargo estratégico no governo à Lina Vieira?

A senhora Lina Vieira está dando mostras de que cumpre à risca o roteiro montado para criar uma crise artificial no País. Politicamente articulada pela direita, a barnabé federal, casada com um ex-ministro de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), coordena um motim corporativo nacional que tem por objetivo desgastar o Planalto, em especial a ministra-chefe da Casa Civil.

Na batuta da rebelião da barnabelândia criptotucana está o nauseante oligarca potiguar Agripino Maia (Dem-RN).

Factóides à parte, é de estranhar que os quadros planaltinos tenham cochilado ao consentir que Lina Vieira ocupasse posição tão relevante na República. Um erro de origem imperdoável e que deixa uma ponta de dúvida: não será uma casca de banana (caseira) no caminho da ministra pré-candidata?

20 comentários:

Anônimo disse...

A Sucursal Brasília da RBS, disse hoje 25/08 que demissões na Receita Federal foram uma vendetta do governo federal. Vendetta, foi a do Senador tucano Agripino Maia, que foi desmoralizado por Dilma na CPI dos cartões corporativos, onde teve que ouvir: “O Sr e eu estávamos em lados opostos; eu tinha 19 anos e estava sendo torturada; mentir sob tortura, significava salvar outros da tortura e da morte. Escolhí salvar vidas.” Agripino (mentor de Lina)ficou com cara de cão que derrubou a panela. Acabava de lançar a candidatura de Dilma Roussef a presidência da república. E agora, após uma reunião com Serra e outras peças demo-tucanas da engrenagem golpista, gestou esse ataque sórdido contra a Ministra Dilma, orgulho do povo brasileiro.

Anônimo disse...

GUERRA TOTAL! DECRETADO O FIM DO NOTICIÁRIO!

"O grande triunfo do adversário é fazer-nos crer o que diz de nós." Paul Valéry

(Peguei essa frase acima do twitter MagazineBrasil)

A mídia entrou com força total na campanha eleitoral 2010. Não existe mais busca da verdade, tentativa de imparcialidade, um mínimo de objetividade, praticamente não existe mais notícia. Jornalismo investigativo acabou.

Aquelas velhas perguntas do o que, quem, onde, como, quando e por que agora têm resposta única: Lula e o PT são culpados - não se sabe por que nem de quê. O objetivo é tenta derrotar Lula em 2010 para colocar de volta os de sempre no poder.

Ainda assim, apesar de todo esse esforço concentrado, parece muito difícil a Oposição vencer as eleições de 2010. A marca Lula, apoiada nos ganhos sociais e econômicos, Bolsa Família, PAC, retomada do desenvolvimento, destaque no cenário internacional, educação, superação da crise, etc, etc, etc, tudo isso me parece imbatível.

Eles não conseguirão fazer o Brasil crer que o certo é tudo o contrário. Nem mesmo com a ajuda da Blackwater (agora disfarçada de Xe...) Oposição e Mídia conseguirão vencer essa guerra.

Blog do Gadelha: http://blogdogadelha.blogspot.com/

castor disse...

Onde houve demissões? Só se a RBS está demitindo alguém (em algum lugar) como diz o Feil.
Esses xerifinhos da Receita perderam o seu FG. Só isso. E perderam porque quiseram, entregaram os cargos atendendo o comando do genial dos geniais o Agripino Maia, o ressentido de Natal.

Anônimo disse...

Está mais do que na hora de que algum parlamentar peça a palavra (bem ao estilo do senador parlapatão, com direito a gestos e tapas na mesa) para desmascarar a farsa "tintin por tintin". As doações de campanha de Lina e de Iraneth para FHC, os processos do marido de Lina, o fato de Dilma e Lina estarem em lugares diferentes no dia 19/12, a visita ao Agripino no RN, a reunião de Agripino com Serra uma semana antes do arremeso do factóide, etc. etc. etc. Duas horas de pesquisa nos blogs dão caldo para demolir com Lina, com Agripino e com a camorra que está por trás disso tudo. Já é tempo de que a base do Governo saia dessa gripe suina de que parece estar acometido. O desmonte da farsa está em ponto caramelo. O qué estão esperando? Que os internautas briguem sozinhos? Se eu, proleta, pudesse sair do meu remoto arrabalde e falar dez minutos no senado fazia um estropício. Dava fim nessa impostura de vez, na mesma hora. Imagina com um mandato!

Francisco Goulart disse...

Tem várias Linas e Linos no Governo Federal esperando para colocar as unhas de fora ou, como diria a Sra. Oppitz a respeito dos Petistas gaúchos, "sair da toca".

Anônimo disse...

Nção entendo como esta senhora permaneceu neste lugar< que pra mim é um cargo de confiança, pot tanto tempo. Bem, se ela saiu, nada mais ético(justo) que seus subordinados , façam o mesmo. Quando o Lula sair do governo, todos que tem ccs ou fgs, tem que colocar a disposição. Imagino que seja assim que isto funciona, se os chefes da receita federal que foram nomeados, convidados ou seja o que, saiam junto com ela. Não entendo como ela ficou neste cargo, e depois dizem que os Ptistas é que não querem largar o poder.

Anônimo disse...

Anônimo das 15:36 para Presidente!!!!!
Mas que arrogância.
No mínimo apanha da muié e vem pra cá cantar de galo.
É dose.

Anônimo disse...

É bem comum essas administrações do PT ficarem forradas de traíras de gestões passadas, que não são exonerados logo de cara por dificuldade de nomeação (falta de quadros) e outras questões de acomodação política.
No tempo do Olívio, esse pessoal, geralmente do PMDB, se auto-qualificavam como "quadros técnicos", e como o PT não tinham mesmo gente disposta (afinal a gente tem outra vida, não se está "suelto" e matando cachorro a grito), eles iam ficando.
Só que perdiam o respeito, ficavam desaforados. E sempre que podiam, davam a famosa bola nas costas: boataria, espionagem, vadiagem, podem listar que ocorria.
O ideal seria preencher essas funções com concursados efetivos e secar uma fonte de clientelismo dos conservadores, mas isso demora, mas é trabalho para mais de uma gestão.

Anônimo disse...

É que troca o governo e não tem petistas para colocar em todos cargos. Ficam esses traste nojentos, com seus contatos, padrinhos, seus hábitos criminosos, seus tráficos de influência manchando o nome do PT além do que deveria.
Costuma-se dizer que em Brasilia quando troca um governo, é como bater em uma árvore cheia de micos. Caem do galho, mas agarram-se a outro, e poucos caem no chão.
Outro mito é que o governo petista traz realmente uma "legião de petistas" empregados. O que tem é uma "legião de traíras" que se sentem desconfortáveis por trabalhar para chefes de outro partido.

Anônimo disse...

Não vi todo esse filme no RS de 1998 a 2002 e não estou gostando da reprise.

De dentro da Receita disse...

Se querem a razão real das exonerações, procurem no noticiário da grande imprensa antes da crise. Lá verão que a grande imprensa bateu na Lina todos os dias desde que foi nomeada em julho de 2008. O motivo é simples: a fiscalização sobre grandes contribuintes, principalmente bancos, que não existia nos tempos do secretário Rachid. O Governo resolveu defenestrar a Lina para satisfazer os doadores de campanha de 2010, além de satisfazer grandes empresários com ligações diretas com Lula e Dilma, como o Gerdau, por exemplo. A dúvida que eu tenho é porque o governo nomeou a Lina se não queria que os grandes contribuintes fossem fiscalizados. Essa é a incompetência básica do governo, que criou uma crise onde ela não existia. E direita demo-tucana aproveita essa incompetência e inépcia. Quanto aos exonerados, conheço quase todos e nenhum é demo-tucano. Pelo contrário, quase todos são de centro-esquerda, embora não petistas orgânicos, e por isso fiscalizavam os grandes contribuintes. E não saíram por causa da Lina ou por causa do Agripino, que eles nem conhecem. A Lina até pode ter alguma ligação com Agripino, algo a ser verificado ainda. Quanto aos outros da equipe, saíram por causa da mudança de enfoque nas fiscalizações, que voltarão a ser em cima da chinelagem e da classe média, como aliás sempre foram no Brasil. Azar o nosso, classe média, ou mérdia....

giovani montanher madruga disse...

boa questão feil. talvez possa ser fogo "amigo" ou, em tuas palavras, caseiro.
li ontem no blog do azenha o texto do celso lungaretti falando do palocci (http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/lungaretti-palocci-no-lugar-de-dilma/).
será? há outros interessados?

Anônimo disse...

Resposta do LULÃO A MidiaPIG.

De morrer de rir. Hoje o Presidente estava inspirado.

Vão lá no Blog do Aposentado Invocado
http://aposentadoinvocado1.blogspot.com/

Vídeo do Lula hoje (no ABC) dando a maior espinafrada...
Demais!

Neli disse...

A Dilma, essa brasileira admirável em todos os sentidos, como política, profissional e humana, e que soubre resistir os crimes da ditadura praticados pelos mesmos, que hoje, montam calúnias e difação. AS forças de resitência pela democracia estão com Dilma! Enquanto elles sem projeto politico para o Brasil são os profissionais de crimes lesa-humanidade. Está na hora dos advogados especialistas nesse tipo de crime entrarem em ação judicial.

Suzie disse...

De dentro da receita, me explica:
quem indicou a D.Lina?
Depois desta baixaria que a mesma ingressou, quem acredita nela?
Se fosse uma TÉCNICA, por quê resolveu blefar e desafiar acariações não republicanas?
Eu avalio as pessoas pelas condutas , também!
Eu acredito que ela deveria ser investigada.
Ela não demonstra uma postura TÉCNICA.
Toda a vez que ABRE a BOCA é de uma senhora, a serviço de interesses partidários.
Qual é a CREDIBILIDADE?
Fala uma COISA na MÍDIA e depois "viaja" com outro argumento.
Não me engana!

rafael disse...

auto exilíado aqui em bsb, vi, de perto, a baixaria da apadrinhagem de cargos e funções, a partidarização do serviço público: gente sem nenhum, ou com muito pouco, gabarito, capacidade e conhecimento sendo escalada para posições estratégicas. deu no que deu...

Anônimo disse...

Sobre a Lina todo mundo já sabe o movimento político que a move.

Aliás uma outra mentira fica escancarada: o tal do aparelhamento.

o PT aparelhava com os tucanos e pefelistas.

Se enrolam nas próprias mentiras os tucanos pefelistas embalados nos braços do PIG.

Anônimo disse...

Sobre a suposta manobra contábil que ganhou asas e virou fato quase inquestionável, diz o ex-Secretário da Receita Federal de FHC:

-É farsa, factóide… a Petrobras tem ABSOLUTO DIREITO (NR: Destaque a pedido do entrevistado) de escolher o regime de caixa ou de competência para variações cambiais, por sua própria natureza imprevisível, em qualquer época do ano. É bom lembrar que a opção pelo regime de caixa ou de competência não repercute sobre o valor do imposto a pagar, mas, sim, a data do pagamento. Essas coisas todas são demasiado elementares.

do Blog do Nassif de hoje.

armando

msilvaduarte disse...

A dúvida que enuncias - "A dúvida que eu tenho é porque o governo nomeou a Lina se não queria que os grandes contribuintes fossem fiscalizados" -, meu caro "De Dentro da receita", é de um primor lógico ímpar, pois pressupõe que o governo, que na tua mente não queria que grandes contribuintes fossem fiscalizados, sabia que Lina os fiscalizaria antes mesmo de a nomear, mas ainda assim resolveu levar adiante sua nomeação, e isso muito provavelmente só para depois combinar com ela o embuste todo de seu encontro no plano astral com Dilma Roussef, a fim de se autodesgastar.

Teu subsubfactóide teria durado mais, não fosse a entrevista na Globo News e C. Feil já ter cantado a pedra na própria postagem: nomeá-la foi um erro imperdoável, nada além disso.

Eu também conheço alguns dos exonerados, mas não diria que nenhum é "demo-tucano".

Já encontrei anônimos mais espertos por aqui.

Anônimo disse...

De Dentro da Receita,

Centro esquerda esta laia da Lina?

Ligadas ao Agripino Maia (outro Maia) FHC, e tu ainda tem cara para chamar isto de centro esquerda.

Isto é a direita. A mais escrachada e desavergonhada direita deste paía.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo