Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Por qual motivo mesmo estão atacando a ministra da Casa Civil?


O PIG quer mais queijinho

Vejam com se articulam certas “coincidências” no Brasil. Dias atrás um sujeito teleguiado pelo PIG (Partido da Imprensa Golpista) proclamou em artigo publicado na Folha que o governo federal deveria liquidar com a TV Brasil. Um absurdo, o governo gastar recursos com uma emissora inútil etcetera e tal. O teletubbie está sendo o porta-voz dos interesses da mídia oligárquica brasuca.

O que está acontecendo, de fato? O governo Lula, de forma muito lenta e tímida, começou a mexer em alguns pontos da velha estrutura de comunicação social do País. Propôs um certo fortalecimento da Radiobrás (Agência Brasil), criou a TV Brasil, que de fato ainda não decolou, e criou um conselhão com seres de todas as pelagens do espectro ideológico, mais os híbridos de sempre. Mas, o que mais está incomodando o PIG é a redistribuição de verbas da comunicação social da União (incluindo as estatais). Historicamente essas verbas sempre foram muito concentradas no triângulo Rio-São Paulo-Minas. As mídias de maior porte, mais influentes e mais tradicionais estão aí localizadas. Hoje, perdem aportes de verbas estatais que consideravam como direito adquirido, ou melhor, como direito consuetudinário, algo como parte dos “costumes de um povo”.

O articulista teletubbie foi – evidentemente – ignorado. Logo veio o revide da Folha, depois repercutido pelos demais sócios do clube PIG. Domingo passado, o jornal da família Frias publica um factóide com a ex-chefe da Receita Federal, Lina Vieira, onde ela interpreta de forma subjetiva que a ministra da Casa Civil tenha lhe pressionado com o objetivo oculto de querer favorecer a família Sarney.

Desde então, a ministra-chefe da Casa Civil tem sido alvo de críticas sistemáticas - e infundadas - nos jornais impressos, nos telejornais, rádios, colunas de jornalistas amestrados, etc. Uma campanha insana e sem objeto, um factóide a mais no longo rol de notícias usinadas pelo PIG ao longo dos seis anos e pouco do governo Lula.

No Rio Grande do Sul aconteceu algo semelhante e pelo mesmo motivo. Quando o governo Olívio Dutra (1999-2002) redistribuiu de forma mais equânime as verbas de comunicação social, experimentou uma chuva de protestos rançosos das principais mídias da Capital, especialmente dos órgãos da RBS, que também se considera com direitos consuetudinários sobre copiosas parcelas do orçamento estadual.

Assim, o PIG - seja no RS, seja no resto do Brasil - é um velho oligarca patusco viciado em queijo. Como os ratos gordos, não vivem sem o queijo de cada dia. Quando a ração diminui, os comedores de queijo protestam, revoltam-se e começam a se pintar para a guerra, quando não, para o golpe.

37 comentários:

César S. disse...

Ou seja: imprensa privatista querendo verba pública. Bem coerente.

Anônimo disse...

E na Argentina, parece que terão a transmissão de futebol em iniciativa do governo com a CBF deles. Tirarão fora as emissoras tipo Globo, por abuso....

Abuso: transmissão às 22 horas, povão afastado dos jogos que querem assistir e não podem pagar etc etc.

Não discuto o mérito, mas não pode deixar de se ver uma tendência.

Que o Pay-per-view que se cuide....

Anônimo disse...

sugestão pro mp: investigar a movimentação financeira de certos escroques travestidos de "formadores de opinião" conhecidos da praça.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Ínteressante, os caras acham que o assunto Lina é coisinha pequena. Não é. Ela foi demitida porque quis investigar a Petrobrás, que é uma imensa caixa preta que o PT não quer abrir. Ela disse que se encontrou com Dilma e o assunto foi a investigação do filho de Sarney e a Dilma disse que não houve o encontro. Quem é a louca?
A mídia está fazendo o que tem de fazer, mas tem gente que acha que a mídia tem que ser controlada pelos russos. Mas os russos são minorias minoritárias...São titiquinhas ou formiguinhas desesperadas.

Anônimo disse...

Ao contrário de Lula, que é mentiroso mas inteligente, Dilma revelou ser mentirosa mas nem um pouco inteligente. Se fosse medianamente inteligente, não teria nunca negado o encontro com a Secretária da Receita. Seria mais simples dizer que foi mal interpretada, que a Secretária não entendeu direito o que quis dizer, etc. etc. Agora, fica a palavra dela contra a da Secretária e, certamente, ainda será desmentida por outras evidências e testemunhos. Mentir novamente, logo após ser flagrada na mentira do currículo, é um erro imperdoável para quem almeja a presidência. Como diz o ditado, errar é humano, mas insistir no erro é burrice!

alex disse...

o maia pra postar duas vezes, posta uma com seu nome outra como anônimo.

3 minutos de diferença de uma postagem pra outra.

retaliação feil!

Anônimo disse...

Hááááááá pááááááááraaaaaaa.
O Governo Olivio distribuiu de forma equânime as verbas da Secretaria de Comunicação foi para o bolso do Gauaraci Cunha, Secretário da Época, que contratou sua empresa de vídeo para trabalhar para sua Secretaria embolsar essa grana toda.
Vocês esquecem por conveniência, eu não.

Anônimo "o legítimo"
E não sou o Maia.

jorge disse...

Olha o processo anônimo vagabundo

Anônimo disse...

Que processo????
Vocês estão escorraçandoa Yeda sem que se apresentem uma prova sequer e não tem medo de processo.
O Guaraci por acso não contratou sua empresa de vídeo? Isso foi provado.

ghostbuster disse...

Teu IP tá logado anônimo vagabundo, te cuida!

edu disse...

Qualquer comparaçao entre o governo 99/02 e os periodos brito/rigoto/yeda é ridiculo.

Um sacrilegio, Olivio Dutra e seus secretarios, TODOS, deveriam receber um monumento em bronze na principal praça da capital.

A cada dia se descobre mais quadrilhas, em TODAS as esferas da administraçao do Rio Grande.

Estou espantado com a capacidade intelectual daquelas pessoas, como conseguiram governar contrariando os interesses de tantas quadrilhas???

Questionar Dilma entao!!! Atestado de ignorancia, RS, PR e SC agradecem a Olivio e Dilma até hj por terem ficado de fora do racionamento de energia que bloqueou o Brasil extrategicamente (Tijuco Preto deu uma mao...mas sorte vale!!!).

Fabian disse...

Oi Cristovão,

de fato, me parece que a Grande Mídia no Brasil exige um privilégio como se fosse um direito, a saber, cobiçam as verbas governamentais para fechar suas contas, financiar suas festinhas e seus asseclas. Contudo, julgo que o raciocínio consequente deveria ir ainda mais longe: por que os governos no país, de um modo geral, gastam e deveriam gastar tanto com comunicação social? Por que R$90.000.000,00 de gastos desse tipo no RS, onde, sabidamente, os serviços sociais estão precaríssimos? Por que a Petrobrás e os ministérios detém polpudas verbas publicitárias? Publicidade não é core business, para usar uma expressão empolada, de uma cia de prospecção de petróleo. Para haver isenção da imprensa, não podem haver conflitos de interesses; fato que me parece inevitável quando o governo, bem como seus braços institucionais, como bancos e estatais, é o principal patrocinador. Será que sem as verbas de publicidade as "empresas de comunicação" das famílias Sirotsky, Sarney, Magalhães, etc, etc seriam tão "isentas" e poderosas? Urge, para bem do civismo brasuca, que os gastos em comunicação social dos governos sejam zerados. Orçamento zero para comunicação social! A não ser, claro, em calamidades ou campanhas de interesse público.

Anônimo disse...

DILMA é uma MentiROSA históRICA!
Mente para torturadores, mentiu sobre o currículo, mente agora neste caso.
Uma mulher que anda com bolsas de 15 mil reais, com cara de séria e socialista, afinal cirurgia plástica e maquiagem cara não faltam.

Zé da Porteira Quebrada

Anônimo disse...

Também acho Edu. Um monumento na principal praça da capital para as pombas fazerem o que nós tivemos vontade de fazer e não pudemos: "cagar na cabeça deles".

Anônimo disse...

Onde estão as provas que provam que aquilo que os promotores disseram que os depoentes afirmaram eram veradades? E a tal Fumaça do Bom Direito vale alguma coisa?

Anônimo disse...

E sobre o apagão, ignorância (é assim que se escreve) é desconhecer que o Britto vendeu parte da CEEE à iniciativa privada e com o dinheiro fez grandes investimentos em infra-estrutura no Estado para trazer grandes empresas como a FORD.
Aí veio o Olivio e todos lembram a bosta que foi....

edu disse...

Tudo o que sai da boca desses vermes anônimos é merda, perdem a oportunidade de realizar uma discussão produtiva, destilando a própria essência putrefata.

Clecio disse...

Êsses, são os perigosos com a coisa pública! E ainda vem dar lição! Vocês estão nas trevas. Não há luz na vida de vocês. E a filha o iFHC ? Fantasma? Apagão no Brasil 2001/2002 40 Bilhões! E o afundamento da P-36? matando 11 funcionários da Petrobrás!? Viu babaca! Alienados e vendidos suas mentes! HIPÓCRITAS!! FARISEUS !! O Brito é um canastrão da RBS-PIG!! Viu babaca!! ANÔNIMO DAS 13:54hs!! Vai procurar a tua turma do DETRAN !! Vai procurar tua turma daS MERENDA ESCOLAR DE canoas !!

Anônimo disse...

Esse tipo de mídia age como empresa do pior tipo, com hábitos canalhas de tratar os interesses coletivos e públicos.
Comparar com rato é pouco.

armando

Anônimo disse...

Respeitem a Presidenta!
Janeiro de 2011 a foto dela estará pendurada na parede de suas salas seus tucanos frustrados.
Eleita pelo povo. Com 42 milhões de votos. Anotem aí.

Anônimo disse...

e o zé vigário, hein? como diria o nobre blogueiro, "sem comentários".
bah!!!

Pão disse...

Lina Vieira é a nova Denise Abreu, e vai ter o mesmo resultado, aka mais degradante. Será que essa oposição não aprende nada?

Anônimo disse...

O ônus da prova petence ao acusador. A imprensa e a secretária Lina têm todo o direito de acusar Dilma - desde que possam provar as acusações. Parece não ser o caso...

Anônimo disse...

a Dilma q vc fala é a candidata do Sarney, do Renan, do Zé Dirceu, do Collor, do Maluf?

Anônimo disse...

Por que o PUM (*) do PiG (**)
ignora Yeda?

Conversa Afiada
12/agosto/2009 16:00

Os leitores dos jornalões editados em São Paulo e Rio de Janeiro já conhecem com muitos detalhes cada falcatrua cometida no Senado Federal. Até os pecadilhos dos parlamentares, coisas consideraras (por eles próprios) “menores”, como ceder passagens aéreas para familiares, vão logo parar nas manchetes – o último desses casos envolve o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE).

Por Luiz Antonio Magalhães, no Observatório da Imprensa
Se alguém perguntar aos leitores o que está acontecendo no Rio Grande do Sul, porém, é provável que a resposta seja evasiva. De fato, a gestão Yeda Crusius (PSDB) à frente do governo gaúcho é uma tragédia de graves proporções e não está merecendo dos grandes jornais uma cobertura à altura do desastre – político e gerencial – em curso nos pampas...

A falta de contextualização vai além dos aspectos político-partidários. O Rio Grande do Sul vive uma crise estrutural há muito tempo, com problemas especialmente nas finanças do estado e na sua economia ...

Com a cobertura fragmentada e direcionada para os momentos mais espetaculares — as denúncias, o anúncio do processo, os rompimentos com os aliados —, a imprensa do eixo Rio-São Paulo acaba prestando um desserviço aos seus leitores, que ficam com a impressão de que Yeda Crusius é apenas uma vítima do radicalismo do Psol ou da fúria do Ministério Público.

Há uma ótima história para ser contada por trás de um governo ruinoso, mas a mídia parece não querer contar. Por preguiça ou por motivos obscuros. Em ambos os casos, perde o leitor.

(*) Programa Unificado da Mídia

Anônimo disse...

Por que o PUM (*) do PiG (**)
ignora Yeda?

Conversa Afiada
12/agosto/2009 16:00

Os leitores dos jornalões editados em São Paulo e Rio de Janeiro já conhecem com muitos detalhes cada falcatrua cometida no Senado Federal. Até os pecadilhos dos parlamentares, coisas consideraras (por eles próprios) “menores”, como ceder passagens aéreas para familiares, vão logo parar nas manchetes – o último desses casos envolve o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE).

Por Luiz Antonio Magalhães, no Observatório da Imprensa
Se alguém perguntar aos leitores o que está acontecendo no Rio Grande do Sul, porém, é provável que a resposta seja evasiva. De fato, a gestão Yeda Crusius (PSDB) à frente do governo gaúcho é uma tragédia de graves proporções e não está merecendo dos grandes jornais uma cobertura à altura do desastre – político e gerencial – em curso nos pampas...

A falta de contextualização vai além dos aspectos político-partidários. O Rio Grande do Sul vive uma crise estrutural há muito tempo, com problemas especialmente nas finanças do estado e na sua economia ...

Com a cobertura fragmentada e direcionada para os momentos mais espetaculares — as denúncias, o anúncio do processo, os rompimentos com os aliados —, a imprensa do eixo Rio-São Paulo acaba prestando um desserviço aos seus leitores, que ficam com a impressão de que Yeda Crusius é apenas uma vítima do radicalismo do Psol ou da fúria do Ministério Público.

Há uma ótima história para ser contada por trás de um governo ruinoso, mas a mídia parece não querer contar. Por preguiça ou por motivos obscuros. Em ambos os casos, perde o leitor.

(*) Programa Unificado da Mídia

Anônimo disse...

E o onus da prova de quem está acusando a Yeda que não aparece, hein????????????????/

gaspar disse...

Anônimo, vc quer provas?

Leia as 1.200 páginas da denúncia do MPF, depois espere para ler/ver/ouvir os anexos, vídeos, áudios, provas documentais e provas testemunhais.

Aquelas 1.200 páginas têm mais de 30 mil provas, meu caro.

Vc ficará uma semana, 8 horas por dia se divertindo com as provas contra a quadrilha da véia.

Anônimo disse...

EM SAMPA NÃO RESPEITAM NEM BOMBEIRO!


DEPUTADO ROMPE COM O PV E ALERTA MARINA

No Conversa Afiada - 12/agosto/2009 18:01

Em entrevista ao Brasília Confidencial, o deputado estadual Major Olimpio, de São Paulo, acaba de romper com o PV. Em entrevista ao Brasília Confidencial, ele afirma que o PV abre mão até de seus projetos ambientais em nome de um “apoio cego” à aliança PSDB-DEM. Rebelado desde o início do mandato, em 2006, Major Olímpio aponta o fisiologismo do partido e a censura que o PV impôs a suas denúncias contra o Governo José Serra (PSDB). Para a senadora Marina Silva (PT), que pode fazer o caminho contrário, aderindo ao PV para concorrer à Presidência da República, ele manda um recado: “Você não merece esse engodo”.


Policial militar por 29 anos, eleito em 2006 pelo PV com 52.386 votos para a Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado fez um acordo com o partido e ficou com o mandato, depois de alegar justa causa para deixar a legenda. PT, PDT, PSOL e PTB estão sondando o deputado, que adianta: “Não vou simplesmente trocar de cela”.


O senhor deixou o PV ou foi o PV que o deixou?

Eu deixei o PV. Entrei com uma ação na Justiça, inclusive, alegando justa causa. Depois, recentemente, eles me procuraram para um acordo. Fiquei com o mandato e retirei a ação



O senhor propôs uma CPI para investigar o Governo Serra?


Sim, em 2007. Vou falar disso porque tenho informações fidedignas. As tropas me informam de tudo e eu documento. Mas não consegui assinaturas suficientes para uma CPI. O fato é que os helicópteros da Polícia Militar viraram táxi-aéreo de “aspones” e secretários do governador. Para você ter uma idéia, houve um sábado (em 2007) que o Goldman (Alberto Goldman, vice-governador de São Paulo) pegou seus chinelinhos e seu cachorro e chamou um “táxi-aéreo do governo”, que era, na realidade, um helicóptero de resgates da PM, para ir passear em Campos do Jordão. E isso ainda acontece nesse governo. As madames, mulheres dos usuários desse “serviço”, reclamaram então que nos helicópteros havia fuzis e elas não gostavam dos fuzis no seu táxi-aéro. Mandaram tirar; e a PM teve que retirar. Olha, isso é o fim do mundo. Fico revoltado, porque esses helicópteros devem servir para as ações policiais, não para transportar madames nem gente que quer passear com o cachorrinho em Campos do Jordão, nos sábados ensolarados. Mas o PV me mandou calar a boca.

E o senhor não denunciou de outra forma?


Sim, pedi a CPI e também denunciei o caso à Procuradoria da Justiça do Estado de São Paulo. Sabe qual foi o resultado? O parecer foi de que esse uso dos helicópteros pelo governo é legítimo. Mesmo com as aeronaves de socorro. Então, o governador pode tudo.


Houve alguma outra situação em que o senhor ficou indignado?


Muitas. Quando houve a inundação no Maranhão, São Paulo mandou 30 bombeiros para lá. Eles foram enviados em um avião da FAB. Ajudaram e tal. Na volta, não tinha mais como eles voltarem no avião da FAB. Sabe o que o governo paulista fez? Nada. Os 30 bombeiros passaram três dias molhados, feridos, cansados, no aeroporto do Maranhão. O governo paulista não queria pagar passagens para os 30 bombeiros voltarem para suas casas, depois dessa missão autorizada. No último dia 3 eu fiz essa denúncia no Plenário. Sabe como eles voltaram? Nós, policiais, pagamos as passagens para os colegas com um fundo nosso mesmo, que mantemos para garantir café e bolachinhas nos quartéis. Nós, policiais, pegamos desse dinheiro e pagamos as passagens para os colegas. Na volta, eles nos contaram que não receberam sequer as diárias pelos dias que passaram lá, ajudando a salvar vidas. Como é que eu, um policial por 29 anos, posso apoiar esse governador?

Entrevista Completa: http://www.paulohenriqueamorim.com.br/?p=16047

Nelson disse...

"O Britto vendeu parte da CEEE à iniciativa privada e com o dinheiro fez grandes investimentos em infra-estrutura no Estado"
Ô,Feil. É para fazer comentários ou para fazer piada (sem graça)?
Quanto ao companheiro Olívio, ele fez o melhor governo deste Estado nos últimos 45 anos. Possivelmente, nesses anos todos tenha sido o único governo que pode ser qualificado como tal.

Anônimo disse...

Olívio.....melhor governo........

Huáhuáhuáhuáhhhhhh!


Como mente este Nelson.

Anônimo disse...

Esses dois da foto acima são os responsáveis pelo Lula ficar dois mandatos viajando. E viajando nos dois sentidos: visitando o mundo jugando fora dois terços do seu tempo de governo e viajando nos índices econômicos da política que os dois padrinhos aí de cima o patrocinaram.
Ou então me digam o que o Lula fez para ter dinheiro para distribuir aos pobres?

Anônimo disse...

ô Nelson.
Só vale piada atual. Piada de 45 anos não vale.

Mas até que é boa. Olivio o melhor Governo dos últimos 45 anos???
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha.
Pára que estou me mijando de rir.
hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahaha.
O cara é bom mesmo....

Anônimo disse...

O Gaspar sabe o que é uma prova?
Vai estudar analfabeto.
Escuta telefônica e/ou gravações montadas pelos que conversam é montagem.
Se vídeo valesse o Olivio não teria escapado do Clube da Cidadania.

Anônimo disse...

O Anônimo das 08:48, além de Veado Enrustido, é metido a esperto. Mas não gosta nem de ler.

Leia primeiro no dicionário o que é prova. Depois soletra a denuncia do MPF, que eles são estudiosos. Por isso encalacraram a Yeda e sua quadrilha.

Anônimo disse...

CADÊ AS PROVAS?????????????????

Alice Mann disse...

Também pode ser:"O Queijo e os Vermes", estes podem ser os anônimos do Diario Gauche!!!!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo