Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 6 de março de 2009

O fim está próximo


Aleluia, irmãos!

Comenta-se que há um sensível (e crescente) mal-estar nas imediações da Praça da Matriz, nos últimos dias. A sucursal do inferno é o Palácio Piratini. Todos e todas estão à beira de um ataque de nervos. Não menos tensa está a situação na Assembléia.

Ao se eleger, o governo contava com o apoio de 42 parlamentares, sempre teve enorme dificuldade de fazê-los votar nos projetos de seu interesse, tanto que perdeu paradas consideradas equivocadamente pule de dez. Hoje, a cada dia que passa, esses votos vão definhando, com o agravante de que o PMDB está arrumando brinquinhos, maquiagens e fantasias para partir. Agora, é definitivo.

Aos escaleres, marujos!

18 comentários:

Cazé disse...

O fim está próximo... e Jesus não voltará.

maria alice disse...

Quero meu dinheiro de volta. Não gostei do que vi até aqui.

miguel disse...

Só acredito vendo...............

Noiram disse...

Tá definhando o governo truculento da véia!!!

Gustavo Schirmer disse...

Tenho a impressão que até a RBS já pegou de vez o colete salva-vidas. Até mesmo o blog da abelhinha diminuiu o tom na defesa, e dizem que os "comentaristas esportivos" da casa (que são o ponto de contato com o povão) já não falam mais tão bem da governatriz.
.
O furo da metáfora é que esses aí não vão abandonar o barco, vão é passar para o próximo. Não tenho visto mais críticas fortes ao atual vice...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Acho que a Yeda se reelege. A oposição -- que perdeu a eleição de goleada -- resolveu em 2009 jogar pesado contra o governo Yeda, que faz sim seus erros políticos. Mas o povo do RS está se dando conta dessa jogada nitidamente político partidária. Yeda não foi indiciada em nenhum processo judicial ou administrativo. A oposição ao Olívio -- que pode ter sido sim impiedosa, mas por conta das burrices do companheiro governador -- é fichinha, é titiquinha em comparação à oposição truculenta que a Yeda recebe. E eu não votei nela, no primeiro turno.

Anônimo disse...

Cuma Maia? Que oposição truculenta.
Sabe o que é crime ?
Sabe o que é formação de quadrilha?
Estas defendendo criminosos que se atraiçoam, só isso.
Não é mais política. Política foi a votação dos pedágios ou do ICMS.
A oposição ao Olívio tinha centenas de horas gravadas, todas clandestinas e inaproveitáveis para usar em CPI ou fazer escandalo.
Esse governo se gravou (entre eles) negociando e tratando negócios criminosos.
A oposição não tem nada que ver, não fez nada, só ficamos nos divertindo vendo a veia se ferrá.
A oposição no governo Yeda só funcionou para que não passasse besteira na assembléia.
Quem andou tendo e gravando conversas é gente aí do teu lado.

Luís disse...

Depois que a maioria da direita gaudéria e da Assembléia resolveu prevarycar junto, na CPI do DETRAN, tudo se encaminhava para o grande plano das duas candidaturas - della e do PMDB - para barrar o PT do segundo-turno, em 2010.
Depois que soube da morte do Cavalcante, enquanto viajava, passei a acreditar que tudo pode acontecer, incluindo ella avisar logo que não disputará a re-eleição para não correr o risco de cair antes. Afinal, é coisa demais para esconder... sem noção...

Solano disse...

"O pai e o irmão de Marcelo Cavalcante, o ex-representante do governo gaúcho em Brasília, passaram atestado de que o caso foi mesmo de suicídio. A TV Record avisou o evento em rede nacional. A mídia local, que apostou em crime político, replicando as suspeitas traiçoeiras de Luciana Genro e Pedro Ruas, nem se tocou diante do desfecho do caso.

- Isto quer dizer que não foi Yeda Crusius quem matou Odete Roithman."

Anônimo disse...

"Roithman" ? Mas qué baita analfabeto! Barbaridade!

Luís disse...

Curioso é que nunca li ou ouvi o óbvio, partindo da direita ou da sua imprensa: o infeliz pode até ter cometido suicídio, mas a sua morte tem tudo a ver com o governo e as pessoas que defendia.

Anônimo disse...

A Yeda pode até reeleger, pois esta é a regra. Embora eu não acredite. Mesmo com todo o trabalho da RBS de vitimizar a "Rainha Louca".

Eu acho que oposição no Rio Grande do Sul está até devagar, talvez para não bater de frente com o PRBS. Mas depois de dezenas de secretários saindo ou "saidos", vários deles com o "rabo" em chamas. Pelo menos 40 indiciados criminalmente. E a ZH e o Maia acham que é exagero.

Este governo parece jogo de tenis, toda hora tem um saque.

Os próprios assessores da governadora comentam, inclusive a própria RBS, que quando anoitece se não tem uma crise, ela cria.

Tudo isto fruto da truculência, prepotência e autoritarismo da dona Yeda, que a Zero Hora em editorial singelamente travesti de "falta de vocação para o dialogo".

A saude publica do estado deixou a "ambulancia terapia" para carregar em onibus e vans("as pencas") os doentes para consultarem na capital, porque não existe atendimento local ou regional. Na sanha do "Deficit Zero " acabou com a saude pública no estado. E Zero Hora só reporta os ACIDENTES, saber porque os doentes andam "passeando" nem pensar.

O que é mais truculento que o fechamento de milhares de salas de aula?

O que é mais truculento do que as crianças queimando o cerebro dentro de conteineres?

E do outro lado no Detran, no Daer, no Banrisul a bandalheira corre solta. E não foi a oposição foi o vice governador que falou, foi o secretário Busatto que "se confessou" para o Feijó.

Está cada vez mais difícil esconder, tanto para Yeda, como para o Maia, como para o PRBS.


Claudio Dode

Oscar torres disse...

Oposição perdeu de goleada onde, Maia?
Deu o esperado: ratos ao mar quando o barco afunda!

Anônimo disse...

Esse, Maia é um fanfarrão!!!
hahahahahhahaha

sil

Anônimo disse...

Esperem... O PMDB em reunião decidiu para que seus deputados acatassem o veto da rainha-louca nas questões do magistério. Vão abandonar o barco? Até que ficam tirando "lasquinhas($)" dos nossos impostos estarão lá, juntinhos.

Anônimo disse...

Estou, pacientemente, esperando as provas anunciadas pelos grilo-falantes do PSOL!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

Pedala tucanalha, pedala.
Caindo o Piratini, a bola da vez fica ente o Liberdade e o Bandeirantes.

Inté,
Murilo

Fudêncio disse...

E as noticias "bombásticas" que provam as acusações do PSOL contra o governo Yeda?

Foi muito peido! E por enquanto nada de bosta.
Foi muita trovoada! E nada de chuva.

Esta é a esquerda que quer tomar o mandato da governadora?

Tem que ser no voto. PT no RS nunca mais!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo