Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 18 de março de 2009

Governo de Serra edita e distribui livro com mapa incorreto da América Latina


Segundo os tucanos, existem dois Paraguais na AL

Um livro de geografia distribuído pelo governo de São Paulo como material de apoio para os alunos da 6ª série do ensino fundamental da rede pública estadual continha erros no mapa da América do Sul (ver acima). No mapa incorreto, Bolívia e Paraguai são um país só e existem dois Paraguais - inclusive um deles aparece embaixo do Rio Grande do Sul, onde deveria constar o Uruguai. As informações foram confirmadas ontem, terça-feira, pela Secretaria de Estado da Educação.

Em nota, a secretaria informou que determinou a troca dos livros aos responsáveis pela elaboração da obra didática.

No comunicado, a secretaria também explicou que as escolas foram alertadas sobre os erros na semana passada, com o objetivo de orientar professores e estudantes.

O governador de São Paulo chama-se José Serra e é filiado ao PSDB.

15 comentários:

Anônimo disse...

Talvez pelos mapas de SP terem 2 paraguais é que ontem naufragamos em água. Enquanto isso, o irresponsável do governador estava fazendo campanha em Recife. Ele e o garotão Aécio, cujo estado também afundou com as chuvas.
E Kassb? Até agora está igual Conceição: ninguém viu, ninguém sabe. E v. reclamam da yeda! Tem coisas piores...

armando

Carlos Eduardo da Maia disse...

O DG critica a ZH porque manipula e generaliza as informações, mas O DG faz muito pior. O título do Post é "Segundo os Tucanos existem dois Paraguais na AL." Houve um vacilo, um erro humano, na edição do livro e o DG despeja toda sua ira oposicionista. É o mesmo que culpar o capitão da equipe porque o zagueiro levou um cartão por causa de um lance ríspido. É esse o "controle social" da mídia que certa esquerda e seus interesses privados quer fazer?

Anônimo disse...

Imaginem se esse "erro" tivesse sido cometido na gestão do Bigode, caia o mundo, até cpi ocorreria.

maria alice disse...

Não, Maia, apenas mostra o grau de comprometimento que os tucanos tem com o ensino público e gratuito. É a linha de pensamento do tipo "café pra louco não precisa açúcar".
Filho de pobre não precisa saber certo sobre o mapa da AL. Pra quê, são todos trombadinhas, mesmo?

Nelson Antônio Fazenda disse...

Feil. Se o sonho dos tucanos era, e parece que ainda é, transformar o Brasil em apenas uma sucursal dos EUA, por que eles deveriam dar bola para questões menores relativas à Geografia? Os estadunidenses, de um modo geral, também não dão a mínima para a existência e outros países.
Em seu último filme, SICKO-SOS SAÚDE, Michael Moore nos dá uma pequena mostra desse total desinteresse dos estadunidenses pelos demais habitantes do nosso planeta Terra.

Anônimo disse...

O Serra é Tucano assim como a Yeda,
e a pedagogia do Conteiner, é fruto desta bicharada.

Erro humano, todos os são, ensinar burrice é coisa para burro. Quem não tem o que ensinar, a não ser "privatizar", e que terceiros ganhem um bom troco, devia deixar a educação para os profissionais fazerem isto.

Mau caráter é o Maia: a esquerda e e seus interesses privados, quem defende os interesses privados, corretos ou não, são os tucanos pefelistas, a RBS, e a sabujada como o Maia.

Claudio Dode

mariorangelgeografo.blogspot.com disse...

Parece que filho da puta e sem vergonha do Maia, não se toca (ou melhor, é um hipócrita). Um erro destes (nao é erro, é incompetência) é inaceitável em um Estado pujante como São Paulo.

Como disse o Dode, a tucanalha não tá nem aí para a educação. É só ver o que acontece por aqui no RS com a bruxa Yeda. Não tem merenda, enturmação, arrocho salarial, descaso, incompetência.

A propósito, ontem, "zapiando" na TV, passei pelo Converas Cruzadas, que era sobre a Educação. Não havia NINGUÉM do governo do RS ou da Sec, que foram convidados, mas justificaram que "não tinham nada para debater".

Inclusive o apresentador, o Brito, crticou duramente a atitude da tucanalha.

E mais, seu Maia, está acontecendo o Fórum Nacional da Educação, que discute propostas para melhorar a educação brasileira. E sabes qual é o ÚNICO estado sem representação no Fórum?

BINGOOOOO...

O Rio Grande do Sul, da tucanalha!

Pois é, e esta gente que destói o RS, e que o sabujo do Maia defende.

Tá levando uma boa grana o cara, pois de corrupção a tucanalha é expert..

Noiram disse...

Há erros em quase todos os cadernos, mas, geralmente, são de grafia, não de informação. Cingapura, por exemplo, foi grafado com 'S', o que pode ser considerado erro humano.
Errar a composição do mapa geográfico da América Latina da forma que foi feito é bizarrice.

Anônimo disse...

Mas alguem espera alguma Política Pública de quem sempre esteve na Privada?
Nelly

Anônimo disse...

Nossa senhora, faz tempo que eu não lia um troço tão distorcido na minha vida. Tá melhor que o PIG, hein? Parabéns!

Anônimo disse...

Mais distorcido que os livros da tucanalhada pefelista?

Aliás deve fazer muito temopo que não lêem nada além do PIG.

Nelson Antônio Fazenda disse...

Meu caro colega de comentários, Mário Rangel. Creio que a coisa é muito pior, muito mais séria do que só incompetência. Tem a ver com o que a colega Maria Alice observou. Tem a ver com o desprezo, com o desdém que os de cima, a elite, mantêm para com os direitos de milhões e milhões que não têm recursos para bancar uma escola privada, a gente pobre deste país.
A incompetência você consegue, de repente, com UMAS CINCO MIL HORAS DE CURSOS, eliminá-la ou reduzí-la ao mínimo.
Já para o desprezo, meu compadre, a cura é praticamente impossível; coisa que talvez se torne possível apenas em uma outra encarnação (para aqueles que acreditam na imortalidade do espírito).

Noiram disse...

Primeiro foi um livro de geografia utilizado na 6ª série pelas escolas estaduais conter um mapa com dois Paraguais, o Uruguai fora do lugar, e sem o Equador.

Agora, um mapa na página 9 no "Caderno do Aluno" de geografia da 7ª série mostra a rota de Cristóvão Colombo em sua primeira viagem à América. O ano de chegada ao continente americano está impresso 1942, em vez do correto 1492.

"Trata-se de um erro primário. Esse material deveria ter sido revisado", diz o professor de geografia Paulo Neves, ligado à Apeoesp (sindicato dos professores estaduais).

Anônimo disse...

O autor dos livros escolhido pelos tucanos estava no banheiro quando bateram na porta:

- Tem Gente?

Responderam...

- Não, é o cocô falando.

Anônimo disse...

Não vejo motivo para tanta crítica.
Todos nós sabemos que paraguai em geral é associado a cópia e equador é uma linha imaginária.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo