Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 27 de março de 2009

Deputados receberam doações de Daniel Dantas

Doações ilegais somam mais de 30 milhões de reais

A Polícia Federal investiga supostas doações do banqueiro Daniel Dantas às campanhas eleitorais dos deputados Raul Jungmann, do PPS de Pernambuco, e Marcelo Itagiba, do PMDB do Rio de Janeiro.

Oficial e legalmente, o Banco Opportunity de Dantas não realizou doações eleitorais desde 2002. As doações somam 30,4 milhões de reais. As doações ilegais, o chamado caixa dois dos candidatos, está sendo investigado pela Operação Satiagraha da Polícia Federal. A informação é da Agência Chasque.

......................

Esse deputado Itagiba foi delegado da PF, no Rio, hoje veste pijama, mas não usa touca, como se vê pelo montante de dinheiro que teria recebido ilegalmente. O tipo é presidente da desmoralizada CPI dos Grampos, e desafeto declarado do delegado Paulo Lacerda, uma pessoa decente, que foi para um exílio forçado em Portugal, tendo sido afastado pelo ministério da Justiça e por Lula (certamente por ordem do presidente Gilmar Mendes) porque ousou realizar diligências combinadas (e legais) entre a Polícia Federal e a Abin com o objetivo de apertar o cerco ao banqueiro Daniel Dantas.

Coisas do lulismo de resultados.

Aliás, esses esqueletos (Daniel Dantas, BrOi, etc.) estão migrando a passo para o armário da pré-candidata Dilma Rousseff. Se não forem defenestrados à luz do meio-dia, mais cedo ou mais tarde, os magrinhos vão apresentar a continha gorda.

4 comentários:

Anônimo disse...

Blog COnversa Afiada, do Paulo Henrique Amorim. Tá tudo lá, em centenas de posts sobre o Marcelo "Lunus" Itagiba. E mais milhares de posts sobre o banqueiro orelhudo. Se ele ainda não foi interpelado judicialmente pelo que escreve, é porque a coisa é feia.
Abs.

Fabrício Nunes disse...

Gostaria de saber o que pensam de tudo isso - notadamente sobre a escancarada participação do núcleo duro do lulismo nas maracutais de Dantas/FIESP/PSDB/similares - aqueles petistas que ainda guardam uma postura ideologicamente honesta (e são milhares).
Uns, sei, não têm coragem política de assumir a traição fundamentalista do "falecido" PT. Outros, ainda não a perceberam.
Cada um deles, contudo, possui o seu próprio "tempo de despertar". Tomara que seja o quanto antes, não é mesmo?

Fabrício Nunes disse...

Ah..., e isso não se trata mais - meu caro Feil - de "lulismo de resultados". Estamos assistindo um estágio superior, que podemos chamar de "lulismo de benefícios", por exemplo.

Cozzer disse...

A esperança é a dona Rousseff.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo