Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Simone de Beauvoir e Jean Paul Sartre, no Rio.

quinta-feira, 12 de março de 2009

General da ativa chama golpe de 64 de “revolução democrática”


Nostálgica excitação foi ouvida pelo comandante do Exército

Comandante substituído ontem do Comando Militar do Leste, o general Luiz Cesário da Silveira Filho (na foto, de pé) despediu-se do cargo com um discurso exaltando o golpe militar que depôs o presidente João Goulart, em 1964, ao qual classificou de "memorável acontecimento". A informação é da Folha, de hoje.

O general Rui Alves Catão assumiu ontem o CML, que abrange as tropas no Rio, Minas Gerais e Espírito Santo. Segundo o general Enzo Peri, Cesário apenas "manifestou a participação dele como cadete": "É o sentimento que tem. O movimento de 31 de março de 64 pertence à história".

Na presença do comandante do Exército, Enzo Peri, Cesário narrou sua participação na "histórica operação cívico-militar": "Participei ativamente da revolução democrática de 31 de março de 64, ocupando posição de combate no Vale do Paraíba". Então cadete do último ano da Academia Militar das Agulhas Negras, Cesário disse ter atuado sob "a incontestável liderança do general-de-brigada Emílio Garrastazu Médici, de patriótica atuação posteriormente na Presidência".

Segundo o general, nascido em Jaguarão (RS), a ação dos militares pode ser chamada de "revolução democrática de 31 de março de 1964, por ter evitado o golpe preparado pelo governo de então contra as instituições democráticas do país".

...............

O valente ministro da Defesa, Nelson Jobim, que ainda ontem dizia que iria meter bala se os guerrilheiros das Farc entrassem no Brasil, precisa se manifestar sobre essa nostálgica excitação de um subordinado seu, o general Luiz Cesário da Silveira Filho.

Vai criticar, aderir ou amarelar?

26 comentários:

Anônimo disse...

O Gen. Luiz Cesário fez a melhor definição dos últimos dias.

Cássio disse...

Muita lucidez deste general.

gustavo disse...

Nelson, como neto de Walter Jobim, vai aderir. Eles todos ajudaram no golpe de 64, porque haveriam de renegar o próprio passado?

Luciano Vargas disse...

Quer dizer, antes que o governo de então desse um golpe contra as instituições democráticas do país, eles deram! Para que a democracia não fosse atacada, eles atacaram... a democracia!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu sou contra o golpe de 64. Mas os fatos históricos devem sempre ser interpretados diante do contexto da época. O Brasil de 64 era muito diferente do Brasil de 2009. Era outro país. O Brasil em 64 não tinha uma democracia madura (aliás, não temos até hoje, mas estamos melhor). E era época de guerra fria, de revolução cubana, do fantasma do comunismo, de possibilidade geral de estatização etc. Isso assustou grande parte da classe média, das empresas, da grande mídia que foi para a rua. Mas os historiadores de uma certa esquerda gostam de embaralhar as coisas, de colocar todos os fatos que tiveram momentos distintos, dentro de um caldeirão para depois exercer, de forma autoritária, seu julgamento. É um assalto à história fazer ilações do tipo, quem apoiou o golpe de 64 também apoiou o AI 5 que foi instituído em 68. São fatos distintos, até mesmo porque diversas pessoas que apoiaram o golpe de 64 foram cassadas em 68. Parte imensa dos militares deste país apoiou o golpe. Isso não significa que tenham apoiado o AI 5. Certa esquerda adora escrever e maltratar a história ao interpretá-la com as lentes de hoje, ao omitir certos fatos ou fazer gororoba de tudo para se pinçar da grande panela apenas os fatos históricos que interessam.

Anônimo disse...

Que merda é esta de democracia madura?

O Golpe de 64 para se fortalecer editou o AI5. O Golpe e o AI5 são intrínsecos. Juntos & Misturados.

Tem uma certa direita que quer legitimar, aí começa a afinar para parecer que foi a "ditabranda" como diz o pessoal que patrocinou a OBAN

gustavo disse...

Só resta uma dúvida: de onde o Maia tira estas insanidades(pra dizer o mínimo!)?

Ainda bem que foi colocado no seu devido lugar,

Agora é só uma por vez!

mariorangelgeografo.blogspot.com disse...

Acho que o CF teria de reduzir para MEIO comentário as intervenções fascistas do Maia.

Um comentário é muito. Ele aproveita e escreve o conteúdo de dez, em um só...

Só bobagens...

É dose prá elefante

Maqui disse...

Para esses que adoram falar que "nos países mais desenvolvidos", "na Europa", etc, imagine-se, por exemplo, se um general espanhol fizesse um comentário desse tipo sobre o franquismo... Lá, nem os líderes do PP se arriscam a fazer.

Prestes disse...

Enquanto o Maia dá suas opiniões - 98% das quais não concordo - tem muita gente perdendo tempo para xingá-lo.

Sinceramente, prefiro comentar o teor dos posts, ou discutir algo importante.

Prestes disse...

Em todos os posts ele consegue o que quer: impedir discussões interessantes, para que fique uma coisa idiota e chavão, do tipo

fidel déspota x maia bobo, reacionário.

Aí o tema dos comentários em vários blogs de esquerda vira "O Maia".

Esqueçam o Maia um pouco.

Anônimo disse...

Todos de acordo em dar um gelo no cara levantem a mão.
Em votação!
Aliás, essa é frase que mais me agrada no PT: "em votação".

SBENTENAR disse...

- GORILAS SEMPRE GORILAS !! AGORA O MAIA É UM MACAQUITO DE AUDITÓRIO. CONCORDO, NÃO MERECE UM "CORNETO".AOS COSTUMES !!!

Fabrício Nunes disse...

Jobim, primeiro, amarelou (isso já na Constituinte). A adesão foi decorrência natural.
Penso que a questão - já disse mais de uma vez - não é Jobim e o que ele fará diante da retórica fascista de seu comandado. O que importa mesmo - ou deveria - é quem sustenta Jobim politicamente, conferindo-lhe um cargo de certa importância, estratégico, até!
Isso tem nome: Lulo-petismo. Ou não?

Fabrício Nunes disse...

Quanto ao Maia, penso que é correta a postura proposta: ignorá-lo, na mesma medida que um colorado ignoraria a um gremista que lhe pedisse para trocar de time - ou vice-versa.
É simples. Não se debate com "juízos consolidados". Ainda mais pela direita.

Anônimo disse...

Fabricio, "juizos consolidados" são o mal de qualquer pessoa ou sociedade. Quer dizer, se tu não cogita repensar algumas questões em nome de buscar a verdade, está mroto.

Foi comunista até os 19, quando comecei a trabalhar. Muda completamente a tua visão de mundo.

Anastácio disse...

Nos meus 50 anos de vida, com certeza, os melhores foram no tempo do "governo militar".
Crescemos e desenvolvemos este pais. Quantas rodovias foram abertas no RS?

Depois de 1985, quantas rodovias federais no RS?

Naquela época, quem queria trabalhar tinha sua oportunidade.

E hoje?

Armando disse...

Jobim está se saindo melhor que as vacas fardadas. Coisa assustadora! Mas, o velho Lula de guerra precisa de um testa de ferro que controle os sempre imprevisíveis olivas, esquecendo que tem votos e apoio do povo. Enfim...

armando

E.T. democracia apesar de ser excludente e outras coisas, é interessante e importante sem adjetivos. Democracia madura e quejandos embola o meio de campo.

Anônimo disse...

O general chefe de torturadores também deve achar que os seus melhores tempos foram os da ditadura. Ele queria trabalhar, e teve sua oportunidade.

Bíu disse...

O troll MAIA já foi banido sumariamente de alguns blogs. Parece que só restou a ele este Diário Gauche. Ignorem este imbecil, senhoras e senhores. Tudo o que ele deseja é exatamente o que alguns aqui estão fazendo.

mariorangelgeografo.blogspot.com disse...

Concordo que durante a Ditadura, e com o dito "milagre brasileiro" se constriu um certo nacionalismo ufânico e muitas estradas. Mas esta "construção" se deu com o endividamento do País, através dos programas tipo "Aliança Para o Progresso". Assim, muito da dívida externa do Brasil, vem desta época.

Também temos de lembrar que, durante aquele período, o regime militar distribuiu benesses a muitos em troca de apoio político à Ditadura, entre estas benesses, estão as concessões de rádio e TV, que hoje estão na mão de meia dúzia de figurões oligárquicos, entre estes, Sarney, ACM, Barbalho, Marinho, Collor, somente para citar os mais famosos.

Caro Anastácio, os problemas políticos (principalmente) e sociais, vem desta época. Temos uma mídia vendida, um sistema político atrazado e corrúpto, concentração de riquezas, graças ao Regime Militar, que fez desaparecer centenas de pessoas, torturou, matou, roubou. Enfim, não tenho a mínima saudade, pelo contrário, não existe um argumento sequer que possa justificar o que a elite brasileira (a mesma que está aí), fez com o Brasil.

Carlos disse...

caro feil,

infelizmente, ainda teremos de aturar por muito tempo esse tipo de comentário de altos oficiais da ativa das forças armadas.

a razão é óbvia: não acertamos nossas contas com o passado. seja do golpe de 64, da tentativa de golpe de 32, da proclamação da república, da escravatura e por aí vai.

abçs

Jurandir Paulo disse...

Anastácio, os militares sempre foram muito bons em estradas. Fizeram a Transamazônica, que liga o nada ao lugar algum, o mato e generais ali comeram. E são, acho que até melhores, em ferrovias. A ferrovia do aço, faraônica obra milica, rasgou as montanhas de Minas. Foi quase um PIB para uns gringos e os 10% para o bolso dos nacionalistas gorilas, Cadê?

pinguimsupremo disse...

Boa noticia! Um golpista a menos nas forças armadas.

Quanto tempo levará para ficarmos livres dessa corja golpista? Acho que só após a aposentadoria compulsória de todos os comandantes do pré-1980 poderemos sonhar em ser verdadeiramente uma democracia.

Anônimo disse...

Não... Não foi um "golpe" contra a Democracia... Foi, pelo contrário, para salvar a Democracia! Ou vcs preferiam que estivéssemos como em Cuba? Tentando fugir do "paredón" e correndo o risco de virar comida de tubarão??? Salve 64! salve o AI-5!!!

Anônimo disse...

SALVE A DEMOCRACIA;OS TRÊS PODERES DA REPÚBLICA ABALADOS, PELA CORRUPÇÃO; ALUNOS QUE NEM SEQUER TIRAM A NOTA MÍNIMA NO ENEM; O GOVERNO FINGE QUE PAGA, OS PROFESSORES, FINGEM QUE ENSINA; PROFESSORES QUE MORAM NAS FAVELAS; POLICIAIS QUE FAZEM BICOS PARA SOBREVIVER; HOSPITAIS QUE SÃO VERDADEIROS AMONTOADOS bRASILEIROS MORRENDO POR FALTA DE LEITOS; FAVELAS POR TODO CANTO DO PAÍS.O HOMEM DE BEM PRESO DENTRO DE CASA PARA SE PROTEGER (QUE SERIA DEVER DO ESTADO) E OS LADRÕES SOLTOS POR FALTA DE CONTINGENTES E LEIS DA DEMOCRACIA. VIVA A DEMOCRACIA, ESTAMOS EVOLUINDO.... UM DIA VAMOS CHEGAR A TECNOCRACIA; ONDE NENHUM ANALFABETO VAI ASSUMIR O PODER, COM A COMPRA DO VOTO.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo