Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 3 de março de 2009

Governo em crise, manchete positiva


As compensações da mídia amiga

Sugestão de pauta para os estudantes de Comunicação Social: investiguem as manchetes positivas do jornal Zero Hora com relação ao governo estadual (como de hoje) e vejam se não coincide com alguma crise – das tantas – pelo qual passa o Piratini sob o comando do yedismo trololó.

Empiricamente se observa que há uma perfeita sincronia entre os vales depressivos das crises tucanas e as manchetes ufanistas, estimulantes e compensatórias da mídia amiga. Manchetes essas, aliás, que nem sempre se revelam como a expressão da verdade - como a de hoje. O benefício da notícia é a própria notícia, como propaganda (enganosa) do Piratini, já que o servidor da segurança pública pouco tem a comemorar com esse reajuste miserável oferecido pelo Executivo.

15 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Notícia relevante e que revela que não existe apenas trevas no governo Yeda. É exatamente isso o que gera o déficit zero, possibilidade de investir no que efetivamente importa: educação, segurança e saúde.

Luís disse...

Infelizmente para a maioria dos gaúchos, não foi com a preocupação da segurança, da educação e da saúde dessa maioria que esse "deficit zero" foi gerado.
A preocupação maior é a organização das contas públicas para que o Capital possa enxergar as possibilidades reais de promoção/financiamento da economia, seja através de crédito direto, seja através de obras do seu interesse, seja através de renúncia fiscal, seja através de outros incentivos... óbvio para quem enxerga, mas sempre importante ser repetido.
Também é meio óbvio que, "sobrando algum", até algum investimento social ou em salários pode pintar, porque a defasagem é cada vez maior.

Mas a principal questão que atrapalha o atual (des)governo-neo-liberal-que-não-pode-se-declarar-neo-liberal é a bandalheira-geral: leia-se incapacidade política da corrupta-mor, unidade administrativa "esotérica" e corrupção generalizada para manter apoios... sem noção...
Palavra que até choraria de pena pela direita gaúcha, se não fosse trabalhador e gaúcho.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Luis, o déficit zero não tem nem um ano. Impossível saber hoje quem foram os prejudicados. Hoje o governo está anunciando aumento para os servidores da segurança. E isso é positivo. Não há como ser contra. E essa é a agenda. E isso só foi possível tendo em vista o déficit zero.

Quanto à corrupção no governo Yeda ela talvez exista, mas não acho que seja diferente da corrupção que tambem existe em outros governos, inclusive de esquerda. Quer acabar com a corrupção? Que se faça uma reforma política que o PT nunca se interessou em fazer.

Malacara disse...

Ontem no programa da TvCom "conversas torcidas" estava um deputado tucano um tal de Claudio Dias. Fez o tempo todo o papel de pitbull, espumando de raiva e criticando o governo Olívio "que mandou a Ford embora". Esse parece ser um "quadro qualificado" do Piratini. Vai longe a Yeda com esses assessores e advogados do seu governicho. Vai longe... pro beleléu.

Anônimo disse...

Cristóvão, já te ocorreu que não são as manchetes positivas que surgem em momentos de crise, mas sim o governo que anuncia medidas positivas durante crises? Aliás, usando a tática mais velha utilizada por qualquer governo em qualquer tempo.

Esse desespero da esquerda diante do governo da véia tá ficando engraçado hehehe

Anônimo disse...

O Governo da Yeda não é só trevas, não.
Além do fechamento de escolas, tem um enormidade de roubalheira que, depois da confissão do Busatto, para mim fica claro a governadora sabia. Resta saber se ela, foi simplesmente omissa.

Claudio Dode

Nelson Antônio Fazenda disse...

É a chamada imprensa livre, meu caro Feil.
O genial Millor Fernandes afirma, em uma de suas tantas assertivas: "Propaganda é o que voce usa quando não pode enganar o outro pessoalmente".
O tão propagandeado déficit zero é que é o resultado do corte, até o nervo, dos recursos sociais que deveriam ir para a saúde, educação, segurança, saneamento básico. Não o contrário, como afirma nosso colega de comentários, Maia.
Então, o governo Yeda corta recursos que são do povo, por direito, e depois vem fazer propaganda, via "livre imprensa", de que está usando esses mesmos recursos em benefício do povo.
Quem imaginava que a hipocrisia e o cinismo já haviam atingido seus limites, caiu do cavalo.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Quem paga as contas do Estado é o povo, através de impostos. Se o Estado é deficitário, não existe recurso para investimento em saúde, educação e segurança. A única forma de resolver esse problema é zerar o déficit. E esse governo foi o único que arregaçou as mangas e fez isso. E agora está colhendo os frutos, aumentando os salários dos servidores da segurança.

miguel disse...

fazia tempo que o maia nao latia.....
Reposição, sim, porque aumento é aquilo que o trabalhador recebe cima da inflação. Este oferecimento de 1,89 à 10,89 é um acinte!!
Se o PM recebe em média de soldo ( e o aumento, meus caros, incide SÓ NO SOLDO ) o nobre defensor da segurança terá uma REPOSIÇÂO INFERIOR A INFAÇAO OFICIAL, e esta reposiçao será de o,78 centavos até 7 reais!!!!!!!!Nossa que aumento não?
Porque será que a canalhada da RBS nao entrevista a Associaçao dos Cabos e Soldados da Brigada ou o Sindicato dos Policiais Civis?
É um governo SEM VERGONHA e com acobertamentocriminoso da midia Facista deste estado, e de quebra com alguns lacaios escalados para defendê-la...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Miguel, servidor público tem que ganhar bem, sobretudo o professor. Mas para ganhar bem o Estado tem que ter suas estruturas de gestão e finança completamente organizadas. Não é o caso do RS. O governo quer modificar o sistema da educação no RS e o CPERS defende com unhas e dentes um quadro de carreira da época do Amaralzinho... Ridículo. FAzer política nesse estado virou uma guerra civil. Se denuncia, se faz alarde, não se apresenta prova e tudo fica como está... Pelo menos, este governo, diferente de todos os outros, está fazendo algo positivo: zerando as contas públicas para depois investir (inclusive os outros governos que aqui passarão) no que efetivamente importa>: saúde, educação e segurança.

Anônimo disse...

Este governo está zerando as contas públicas tirando investimento e custeio da Educação, Saude, e Segurança; Arrasa tudo, depois vem dizer que fez isto para investir em Educação Saude e Segurança, deixem de cinismo.
Simplesmente vai partir do rebaixamento para nivelar por baixo, e fazer muita noticia pela RBS.
Não é atoa que o orçamento para a midia aumentou. E muito. E tanto que teve de fechar escolas; até as itinerantes.

Mas como para a escola esta tucanalhada pefelista não volta mais. Vamos é cuidar do Ministério Público que até agora não viu, não investigou, não se interessou.

No Rio Grande do Sul o Ministério Público serve para que mesmo?


Claudio Dode

SBENTENAR disse...

- MALA MAIA!!! O QUE E STE GOVERNO ESTÁ ZERANDO. É A PACIÊNCIA DO POVO. DEIXA DE SER IDIOTA. É UM GOVERNO QUE É UM BARRACO. DEIXA DE SER OTÁRIO. QUERER DEFENDER O INDEFENSÁVEL É ESTAR SE LOCUPLETANDO COM ESSA CATERVA QUE SE ADONOU DO GOVERNO.

miguel disse...

Maia,
Só para minha cidade, o governo Yeda teria a obrigação de repassar, desde o inicio do seu governo 5 milhoes para o Hospital Geral, que recebe, atraves de convenio verbas, federais (em dia) municipais(em dia) e estaduais, até agora em TODO governo Yeda, repassou algo proximo de 200 mil.
Este é o deficit zero de araque que a grande imprensa noticia , mas que nao tem base na realidade, veja bem, em caxias o PMDB é governo e repassa porque é o acordo firmado para manutençao , pois é um hospital ESTADUAl, e o PT federal, devido as residencias medicas repassa sua parte.
Os renais cronicos, e os colostomizados estao sem recebr seus remedios e bolsas há 15 meses!!
Repense suas afirmaçoes, se infomre melhor e nao acredite em tudo que lê.

Anônimo disse...

KHALI DIZ:

AOS CCS da Yeda que vem para os blogs fazer o papelão de defendê-la:

Vocês serão condenados a perambular pela assembleia e camaras municipais atras de emprego. Ninguem vai atendê-los. As pessoas vão fugir de vocês. As bocas-livres terminarão. Nunca mais as putas da tia Carmem farão a festa com o dinheiro da Corag (Tucaninhos malandrinhos. Que feio!). Terão de devolver os seus Corollas e casas na praia. Tirarão os seus filhos do Anchieta. Irão para o SERASA e as mulheres de vocês passarão a ser suas inimigas mortais. Suas miseráveis vidas se esgotarão em pensões alimentícias. No final, serão párias como o Lair: um dhalit. Bem feito.

Fudêncio disse...

Khali!
Parece que foi isso que aconteceu com a maioria da petezada, CCs dos governos de POA e do Olívio governador.
Conheço vários que estão nessa situação.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo