Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 19 de março de 2009

Presidente Gilmar Mendes adverte jornalista para tomar cuidado


“Aquele jornalista é muito perigoso!”

Fui desrespeitoso e cometi um erro hoje contra o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes (foto), que está em visita ao Acre para uma palestra sobre drogas para jovens da rede pública estadual.

Ao fazer a primeira pergunta de uma entrevista coletiva, indaguei:

- Ministro, o senhor tem se manifestado constantemente em defesa da propriedade, contra as invasões, mas em nenhum momento o senhor se manifestou contra dezenas, centenas de assassinatos de lideranças de trabalhadores rurais . [Até aqui, a pergunta é pertinente e correta do ponto de vista jornalístico, o exagero se deu na seqüência] Isso decorre do fato de o senhor ser ministro ou pecuarista?

A resposta do ministro veio à altura:

- Devo lhe dizer o seguinte: eu tenho me manifestado contra qualquer violação de direitos, qualquer violação de direitos. Eu não quero que haja assassinatos, independentemente de… Que não haja violência. Pode-se protestar, pode-se fazer qualquer consideração, mas tem que ser respeitado o direito de outrem. A pergunta de qualquer forma é desrespeitosa. O senhor tome cuidado ao fazer esse tipo de pergunta. Eu não sou pecuarista.

Ao formular de improviso a pergunta, tomei como base o manifesto distribuído no dia 6 de março pela Secretaria Nacional da Comissão Pastoral da Terra da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, onde está afirmado (e até hoje não contestado publicamente), que o ministro Gilmar Mendes “não esconde sua parcialidade e de que lado está” e que é “grande proprietário de terra no Mato Grosso”.

Exagero também veio da parte de quem tanto critica a existência de um Estado policialesco no país.

Orientado pelo ministro, um assessor dele telefonou para a Polícia Federal, logo após a entrevista, e pediu aos agentes:

- Fiquem de olho naquele moço, pois ele é muito perigoso.

Pescado integralmente do blog do jornalista Altino Machado, aqui.

..................

Esse fato, narrado pelo jornalista Altino Machado, aconteceu no último 13 de março. Até o presente momento não se leu, escutou ou viu nenhuma dessas entidades patronais do baronato midiático - os zeladores da proclamada "liberdade de imprensa" - se manifestarem sobre a grave ameaça do presidente do STF – o saliente Farol de Diamantino (MT).

Se fosse o presidente Lula o autor da frase “o senhor tome cuidado ao fazer esse tipo de pergunta”, as emissoras de rádio/tevê, e os jornalões fariam um carnaval que duraria semanas, meses, a exemplo da expressão “marolinha” dita meses atrás.

17 comentários:

joventino disse...

Ué, o FHC não disse que Gilmar é "corajoso"?

Será que o presidente Mendes é só "corajoso" com os pequenos, os jornalistas pobres, dos estados de periferia?

Lingua de Trapo disse...

Caro Cristóvão, quem não tem jornalão se vira com o blog, mas não será por falta de vontade que este espisódio será esquecido. Vou bolar um título bem chamativo e uma nova introdução para republicá-lo no Língua de Trapo, com sorte, talvez mais umas trezentas pessoas tome conhecimento disso.

Um abraço

Luiz Moura

panoramix disse...

Na "Redentora" usava-se muito " O senhor sabe com quem está falando?"! Na realidade são sujeitos encravados na coisa pública, alçados ao poder, direta ou indiretamente, pagos por nós contribuintes, que agem como se fossem "diferentes", as vezes acima da lei e com a prepotência peculiar da direita que desembarcou com Dom João VI! O cidadão em questão teve peito de dizer que ia chamar o presidente eleito que tem medo às falas! O resto desta história assistimos tristes, indignados e impotentes em função da reação pífia de Lula (não podemos ter crises institucionais)! Agora sabe-se porque Hugo Chavez fez o que fez na Venezuela!

Carlos Eduardo da Maia disse...

No Blog da Alma da GEral tem uma charge do Santiago sobre o POntal do Estaleiro. É uma charge mentirosa, porque ela dá a entender que o povo não vai poder circular e nem enxergar o por do sol, porque prédios serão erguidos. Tudo mentira, porque o projeto prevê a construção de rua pública, calçadão público, bares, restaurantes e marina bem em frente ao mar. O fato tem relação com o post, porque se a Pastoral da Terra -- ligada a Igreja Católica que excomunga -- disse que Gilmar Mendes é pecuarista. A afirmação se torna incontestável e também inquestionável. Infelizmente, é assim age a mídia alternativa de de certa esquerda. Se faz alegações sem provas, se faz denúncias sem provas, se faz charge mentirosa para cativar os corações e mentes das ovelhinhas ingênuas que circulam por ai. Inequivocamente, os interesses privados e particulares estão por trás disso tudo.

Anônimo disse...

Qual a ligação do Pontal do Estaleiro com o post sobre o Gilmar Mendes?

Suzie disse...

A mala do Maia está "carregada" de defesas.

jukão disse...

O Maia voltou bem caduco.
Acho que aquelas bombas que ele toma pra ficar sarado e correr no Parcão com tênis da hora estão deixando o cara na antessala do Alemão.
Isso ainda via te matar, rapeizi!

el barto disse...

o que esse gm precisa é levar uns laçaços no couro e na cara imunda.

Mandim disse...

Não te mete, Barto. Isso tem jagunçada brava na volta para proteger a bonecra...

clouseau disse...

O comentarista que se intitula Maia conseguiu exatamente o que queria nos 6 últimos comentários (incluindo este): desviar a atenção do assunto e focar nele!

el barto disse...

pior é que é. é o "coroné" togado.

Anônimo disse...

Bem de mentira o Maia entende. Não conheço ninguém mais mentiroso do que ele, a não ser a RBS, mas aí é disputa por equipe...

Se a CPT disse que o Gilmar Mendes é pecuarista deve ter se equivocada realmente, até porque remete a alguem que se dedica a pecuária o que não é o caso, claramente. O termo mais correto seria latifundiário, mas tenho visto alguns comentários que a familia dele é muito ligada a grilagem.

Mas defender o Pontal e o Gilmar Mendes...

Bem deve estar na pauta de trabalho do Maia.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Mas voltando ao post:

É tipico do "Mussolini do Cerrado"

Claudio Dode

Noiram disse...

Se defende o latifúndio por ser pecuarista, deve defender corruptos por ser...

Anônimo disse...

Conheço Altino Machado. É um jornalista do maior respeito.
Gilmar Mendes é uma ameaça às instituições.
E tamos esperando até hoje que nos apresente as provas do tal grampo de que se disse vítima.

Anônimo disse...

Sugestão para o fim de semana: tente chegar no Barra Shopping na tarde de sábado. É uma beleza aquele entrocamentozinho ordinário, por onde nem agora o tráfego consegue fluir. E aí façam uma projeção futurista, pensem como vai ser lindo com mais aquele monte de prédio na Ponta do Melo.
Ah, esqueci: esse problema do trânsito não é com os especuladores, esse depois se arruma com a minha, a sua, a nossa grana.

Anônimo disse...

Meu espanto é o jornalista ainda estar empregado...
Quantro ao Maia, bom depois que o Facista defendeu a ditadura, tudo mais é fichinha, deixa ele ganhar o dinheirinho dele dos seus donos...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo