Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 26 de março de 2009

Dilma Rousseff é competitiva eleitoralmente?


Recebo nota do economista Calino Pacheco Filho:

“A pesquisa Datafolha divulgada no dia 20 de março último pelo jornal Folha de S. Paulo investigou a popularidade do presidente Lula e a intenção de voto do eleitorado para as eleições presidenciais de 2010. O PIG usou e abusou dos dados, como sempre, em favor dos setores dominantes e contra os interesses da maioria da população brasileira.

A Folha abordou os dois pontos, popularidade do presidente e eleições 2010, de acordo com seus interesses.

Naturalmente, no primeiro ponto enfatizou a queda da popularidade do presidente, afirmando que se iniciou uma tendência de desaprovação ao governo Lula; no que foi acompanhada, com alarde, por toda a bancada do PIG (Rede Globo, Estadão, ZH, etc.).

Já, no segundo ponto, abordado pela Folha (“Aumenta a preferência por Dilma Rousseff”), na maioria dos jornalões e a Rede Globo fez-se um silêncio sepulcral.
O objetivo da Folha não era apontar o crescimento de Dilma. O seu alvo era outro: Aécio Neves, que está disputando no ninho tucano a indicação como candidato a presidência da República afrontando o candidato da família Frias, o já eleito (por eles) José Serra. A pesquisa estimulada, em um de seus cenários, mostra o favoritismo absoluto de Serra, com Aécio, bem mais abaixo, em segundo lugar e, ainda por cima, empatado tecnicamente com Ciro Gomes, Heloisa Helena e Dilma Rousseff, a única que cresceu, conforme constamos no quadro abaixo.
Ciro Gomes tem algum café no bule, mas Heloisa Helena, por enquanto, pelo menos, é um mero eco das eleições de 2002 e provavelmente, venha a perder espaço para a candidata do PT.

Os dados mais interessantes do levantamento do Datafolha está na resposta espontânea quanto à preferência nas eleições presidenciais de 2010. Neste caso, o mais citado é Lula com 25%, Serra com 6% e Aécio com 3%. Aí, o surpreendente é que Vanda, codinome de Dilma quando era dirigente da VAR-Palmares, aparece rigorosamente empatada com Aécio Neves (3%) e acima de Ciro Gomes e Heloisa Helena, ambos com 1%.

O perfil dos admiradores de Dilma Rousseff, na pesquisa espontânea, é composto por um eleitorado masculino, com mais de 45 anos, nível de escolaridade superior e com renda familiar de 5 a 10 salários mínimos.

Outra nota importante, na resposta espontânea, é quando a pesquisa é dividida por regiões. A “Vilma do Chefe” ou “Vilma do Lula”, como já é conhecida no Nordeste, tem os seus maiores percentuais nas regiões Norte/Centro-Oeste e Nordeste. Aqui, pode haver indícios da transferência de votos de Lula para Dilma. Porém, neste caso, não se pode falar em tendência; para tal, precisaríamos analisar uma série mais longa de pesquisas.

No Sudeste, Dilma tem o seu menor percentual e na região Sul, onde Lula tem o seu menor índice de popularidade, a candidata petista mantém a média de 3%, talvez (os dados da pesquisa não são abertos por Estados) amparada por uma maior preferência no Rio Grande do Sul.

A performance de Dilma Rousseff de março de 2008 quando tinha 3% até março 2009, quando alcançou 11/12% é notoriamente de ascenso. Com apoio do presidente Lula e do Partido dos Trabalhadores, que ainda não entrou em campo, é possível que a ministra-chefe da Casa Civil se aproxime até o final do ano da faixa dos 20%. Se chegar a este patamar estará no páreo. Para isso, porém, terá que acontecer uma metamorfose entre a Ministra Dilma Rousseff, a Vilma do Chefe e a militante Vanda”.

10 comentários:

miguel disse...

Teremos a campanha eleitoral mais suja da historia no proximo ano...as elites NAO ADMITIRÃO ficar mais tempo sem o total controle, pois parcial sempre têm. Os jornais, radios e TV's serão panfletos irados a derrubar o candidato da situação e um ode a Serra...Duvido muito que a Esquerda, sem dinheiro e midia ativa, possa fazer frente. E então mergulharemos em uma decada ao menos de ditadura de direita protegida pela midia. O que ocorre no RS é só uma pifia amostra do que o totalitarismo burgues fará com a eleiçao..
Rezemos

Suzie disse...

Miguel!

Concordo contigo!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Teremos a campanha eleitoral mais aberta e interessante de todos os tempos, apesar dos dois candidatos preferenciais, Dilma e Serra, fazerem parte do mesmo campo ideológico. Mas concordo, falta à Dilma uma certa empatia com o eleitorado. Dilma nunca conseguiu se eleger para nada. Ela tem uma postura para lá de arrogante, nesse ponto é parecida com a Yeda, e acho que seu discurso está longe de cativar os corações e as mentes da classe dominante brasileira que é a classe média do sul e do sudeste do Brasil que sempre teve mais simpatia com o Serra. A campanha eleitoral está nas ruas. 400 estudantes alinhados com as forças que perderam as eleições no RS estão nas ruas em Porto Alegre para minar, ainda mais, o complicado governo Yeda. Elas fazem o jogo da Dilma e o objetivo é tirar votos de Serra no RS.

jukáo disse...

"Dilma nunca conseguiu se eleger para nada".

Claro, anta ensopada, ela nunca concorreu mesmo.

É o mesmo que dizer que o Maia nunca conseguiu receber o Prêmio Juca Pato de literatura. Claro, nunca escreveu, não concorreu, nunca conseguiu ganhar.
Mas vejam a honestidade intelectual da gazela do Parcão.

Anônimo disse...

A gazela do parcão, é esta bicha revoltada com a esquerda.

Meias verdades e mentiras é o forte dele, o enganador de sempre e pago pela corrupta direita guasca, vejamos:

1- Dilma e Serra fazem parte do mesmo campo ideológico, só na cabeça de quem acha que o mercado é o ser supremo, e todas as coisas dependem dele, inlcusive esta "classificação ideológica";

2- Falta para Dilma uma certa empatia... a avaliação dele certamente não pelo "simpático" Serra;

3- O discurso está longe de cativar os corações e mentes da CLASSE DOMINANTE...que tem mais SIMPATIA PELO SERRA. Olha aí ô sabujo da RBS: esta é diferença!

O Pessoal está na rua não é para minar o governo da Yeda, nem tirar votos do Serra, está na rua para acabar com as MINAS do Detran, do Daer, do Banrisul como o Busatto confessou ao Feijó. E por isso não adianta querer despitar dizendo governo complicado, presta atenção: o governo da Yeda é CORRUPTO, é isso que eles estão dizendo e vocês do PIG querem ocultar.

Claudio Dode

gustavo kern disse...

Maia,

tua análise de conjuntura esta sempre se superando a cada dia,é um misto de incompreenção absoluta com cinismo maledicente invariavelmente suferficial e burro. não faz mais que reproduzir o que le na ZH todo com o que le da Veja uma vez por semana.

Sempre original, continue a nos divertir.

Anônimo disse...

"A gazela do parcão, é esta bicha revoltada...".

Não é possível colocar vírgula entre sujeito e predicado.

Anônimo disse...

Não entendi da onde q o Ciro tem "café no bule" e HH não...pouco tendeciosa essa "análise"...

Anônimo disse...

E eu que não tenho ninguém em quem votar? Minha esperança era o PT ter aprendido alguma coisa, se postar contra a corrupção. E apresentar candidato melhor que a Dilma - mas, concordo, não tem esse coelho na cartola. A Dilma me lembra mesmo muito a Yeda no seu comportamento, muito autoritária. E o pior defeito dela não é esse, é ela não conseguir captar que só um burro põe em liquidação o que esse país tem de mais precioso, a biodiversidade - se bem que nesse aspecto tamo mesmo ralado, porque nenhum dos babacas que é candidato se toca disso. De resto, acho que a Dilma deve ser boa pessoa e boa profissional. Mas daí a eu querer vê-la na presidência da República... Só mesmo se ela desse mostras de abrir um diálogo real com os brasileiros que querem outro modelo de desenvolvimento, sem empreiteiras tão espaçosas.

Anônimo disse...

Lula, que é inteligente e iluminado por uma lucidez especial, escolheu Dilma para ser a candidata ao cargo de Presidente do Brasil.

E todos que são éticos e desejam um Estado que faça Políticas Públicas votarão em Dilma para Presidente do Brasil.

Dilma tem todas as credenciais para ser a Presidente que o Brasil precisa na atual conjuntura.
Nelly

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo