Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

RBS começa a esculpir o próximo governador





José Fogaça é o novo darling da direita guasca

O arranjo maragato para 2010 está sendo montado agora. Não vê, quem não quer. A coisa é escancarada, despudorada. O jornal Zero Hora de hoje mostra sobradas razões para que o senso comum sulino assimile com naturalidade e entusiasmo a nova liderança a ser investida como governador do Estado. Eles chegam ao requinte de estampar uma declaração (inédita) da governadora Yeda Rorato Crusius de que não disputará a reeleição.

Depois de se ler o diário da Azenha, hoje, a conclusão é quase um imperativo categórico: o substituto de Yeda Rorato Crusius é José Alberto Fogaça de Medeiros, do PMDB. Não tem outro. Este é o homem.

A carga publicitária da RBS não tem um traço sequer de censura ao fato de que Fogaça acabou de se eleger prefeito municipal para um mandato de quatro anos, portanto, que terminariam somente em 2012. Em abril de 2002, quando o então prefeito de Porto Alegre, Tarso Genro, renunciou ao cargo para disputar as eleições ao Piratini, recebeu da mesma RBS as maiores reprovações morais por não cumprir com a integralidade do mandato conferido pelos seus eleitores.

As eleições estaduais de 2010 começaram nesta semana, nos veículos da RBS. A construção de uma candidatura forte e invencível começa cedo, e reveste-se de cuidados para bem além da objetividade fria da política, porque trata de projetar um pequeno mito no imaginário do senso comum, buscando a montagem de uma “persona” que seja dotada de todas as subjetividades positivas com acréscimos de carisma, bonomia, firmeza, e capacidade de liderança.

José Fogaça não é nada disso, mas os escultores de candidaturas amigas da RBS tratarão de entregar o “produto” imagético pronto e acabado até março de 2010.

Mãos à obra.

Todas as imagens (fac-símiles) acima foram extraídas da edição de hoje de ZH.

51 comentários:

ciro disse...

Se o candidato for o Rigotto, não tem para ninguém!

zozé disse...

Ciro, o Rigotto que vc fala é aquele que tirou o terceiro lugar nas últimas eleições?

Carlos Eduardo da Maia disse...

É lindo esse discurso de certa esquerda que aponta -- com dedo bem em riste -- que qualquer pessoa que não tenha fé na religião do materialismo histórico, como sendo de direita. O Serra, que sempre foi um cara de esquerda, virou um totalitário de direita. O Fogaça, que também nunca foi de direita, se transformou num fascista de extrema direita. Os editores da mídia alternativa deveriam ter um pouquinho mais de cuidado antes de distribuirem suas merendas e suas óstias aos seus fieis.

el barto disse...

depois que elegeram a destrambelhada, naum duvido de mais nada...
ki oror!!!

ju disse...

Maia, hóstia é com H.
Viu, sua hanta?

Milton Ribeiro disse...

Por favor, leia os últimos comentários deste post. Mônica Leal foi vaiada ontem!

http://miltonribeiro.opensadorselvagem.org/a-sumidade-vai-falar-eu-mal-posso-esperar/

Podes deletar este comentário nada a ver com o post, OK? Nada a ver? Será?

Anônimo disse...

A RBS parece, mesmo, estar asfaltando a estrada sucessória de 2010 e, pouco a pouco, retirando do páreo carros destrambelhados e outros que chegam sempre atrás...(rs)
Vamos ver se a aposta se conserva nos próximos meses.
Quando estourar os tais Portais da Cidade,o Camelódromo e algumas terceirizações em órgãos públicos que ele não conseguiu fazer na 1.ª gestão, vamos ver como fica a popularidade do Vento Negro.
Pode ser trocado por um modelo do ano, com motor mais potente...

Ricardo M.

ciro disse...

Sim zozé, este mesmo.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Ricardo, se o Fogaça fizer os Portais da Cidade, terminar o Camelódromo e conseguir fazer parcerias para melhorar as condições da orla do lago e do porto da cidade sua popularidade vai ser muito maior do que a atual. Por isso eu votei- consciente - no menos pior. E hóstia é com H. Sorry, sou agnóstico!

Anônimo disse...

Se a s parcerias para melhorar as condições da orla do lago e do porto da cidade vai melhorar a popularidade de alguém não sei não.

Mas que financeiramente muita gente vai melhorar, ah isto vai.

Anônimo disse...

Este negócio de hóstia é com o Alckmin, e o da merenda trata com o Ronchetti e Fraga, Maia.

Fica tudo em casa, com ou sem laranjal.

Já que naquele blog ninguém vai mesmo.


Claudio Dode

Anônimo disse...

Descaminhos....

Nos escaninhos da PIG...

Vejo um post reluzente e oco....

apontando um candidato que não vale nada....

ou muito pouco....

e os deslumbrados ficam felizes....

pois olham no espelho seu candidato...tão mediocre tão simplório....mas é a cara deles....

o desespero deles é perder....não a derrota ideológica......mas a eleitoral.....

porque no fundo não tem ideologia....ou pelo menos não podem ter....

assim lá se vão eles convencidos de seu gigantesco auto-engano....embalados acriticamente por uma canção...

vão indo com seu candidato que não vale nada ou se vale, vale muito pouco....

hi hiiiiiiiiii......

daqui a dois anos muita coisa sói acontecer....inclusive a mudança da perspectiva de alguns e a frustração da expectativa de outros.....

tens candidato?

tens projeto?

tens partido?

não importa dirá....

qualquer coisa vale para mim....

desde que não seja isto em vermelho....ou algo radical....

acho que pode haver uma tendência a riscos maiores daqui a dois anos...

e o povo num vai votar nessas coisas mornas que andam por aí....

haverá um efeito Brizola retardado...

Anônimo disse...

Esse estado é uma vergonha. Depois de elegeram Rigotto, a véia louca e reeleito o lesma, eu começo a pensar que qualquer um tem chance.
Na próxima eleição vou votar no DEMO só para poder me divertir com o que vão fazer com o estado.


sil

Ary da Silva Martini disse...

O que é que hóstia tem a ver com gnose? Olha, Cristof, o gado já está embretado e tomando vacina. Logo começará a fase de engorda e marcação a ferro. Depois as aspas serão serradas. A última é a fase da gineteada. Parece que o gaúcho, ginete de outros tempos, resolveu-se deixar montar, esporear e abater. Seria isso humildade? E o ZH/RBS prega abertamente a interrupção do mandato. É o fim!

Suzie disse...

Este Estado-governo que bate e arrebenta oponentes... o quê esperar?
E tem mais... com o aval de parte da população.
Já sabíamos!
O "velho MDB" ... velho mesmo,não sabe administrar.
Ele(MDB) e a "guru" do neoliberalismo Yeda, só sabem acabar com os serviços públicos.
Que Estado!
Vamos comer pelas bordas...

Suzie disse...

Pergunta que não quer calar:
Onde colocarão todos(as) do velho MDB, do tucanato, do PTB que sobrarão em Novo Hamburgo, Canoas, Sapucaia ...

Mais um "problemão" para Fogaça e Yeda!
Vão querer desembarcar no governo Lula?
Aí tem...
Nesta pressãozinha da mídia, do velho MDB, estão as boquinhas destes falcatruas.
Só cobram do PT, não é mesmo?
Mas eles vivem muito mais dos cargos que o PT.
Tenho certeza!
Não por acaso fizeram aquelas barbaridades no governo Olívio.
Estou de OLHO!

Anônimo disse...

Caro Maia, agnóstico e, parece, com problema de localização. Serra de esquerda? Onde, quando? Nem quando foi dirigente da UNE era de esquerda, pois ligado à AP, tendência com vínculos com a igreja. Digamos, nessa época era progressista. Hoje, é um fantasma de si mesmo, assim como o Fogaça, aquele que no passado longínquo recebeu citação do Kleiton e Kledir,isso no século (bem)passado.

armando

suzana disse...

Lasier das uvas chocantes martins disse hoje no Jornal do Almoço que a velha está sem vontade continuar no governo.
Acho que o psi dela vai ter de aumentar a dose...

Anônimo disse...

Ficou claro que é o Fogaça, que deixaria livre pro Fortunatti ser prefeito e depois a reeleiçao. E o Olívio (CP de hoje) ainda sonha em atrair o PDT em 2010. Acorda, galo missioneiro, que eles estão em outro campo!!
Quem sabe as esquerdas não se unem em torno de um projeto comum? Tá, sei que é sonho...

SBENTENAR disse...

- MAIA!!! O SERRA AFIRMOU EM CERTA FEITA NA FLA DE S PAULO QUE O NE0-LIBERALISMO NÃO EXISTE. A REALIDADE ESTÁ NOS MOSTRAR PORQUE , HOJE, KEYNES, ESTÁ MUITO EM EVIDÊNCIA.

Anônimo disse...

Bem, só para esclarecer:

O Fogaça sempre foi de direita, já nasceu na asa da galinha velha de Caxias.

O Serra, como toda prostituta, já foi "virgem" uma vez(o que não significa esquerda, como demonstrou o Armando).

A diferença entre o Serra e o Busatto é que o Busatto já "confessou".

Agora a Yeda, o Mendes e o Maia são FACISTAS mesmo.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Ué, a Yeda Laranjal já não tinha falado em reeleição?

Anônimo disse...

Tudo o que esse que se assina Maia diz é falsificado, tem exatamente a ferrugem ideológica que ele diz criticar. São lugares-comuns infantilóides, texto pobríssimo e em mal português, obviedades cavoucadas no Google e simples falsificações, como dizer que a crítica ao Portal do Estaleiro é que o dono vai ganhar dinheiro fácil (ontem). Ele mesmo sabe que não é. Mas deixem o cara, ele está trabalhando, ele é pago para isso. Às vezes quer dar uma de liberal à antiga, mas se revelou falando do apartamento do Olívio. Quer dizer que uma pessoa cujo objetivo na vida não é ter a maior casa que seu dinheiro pode comprar é burra. Claro, bonito é comprar uma casona, mesmo tendo cargo público e não podendo explicar o negócio. Ou comprar um velho estaleiro por um preço que está relacionado à situação legal do lugar e depois usar o poder econômico para pressionar os políticos e mudar a lei. E enriquecer. Não sei como chamar isso, mas burrice certamente não é.
Burro é o Olívio.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, que diferença ideológica existe, por exemplo, entre Serra e Dilma? Os dois nadam na mesma raia da social-democracia. Não foi o Serra que bateu de frente com as grandes indústrias farmacêuticas e criou os genéricos? Isso, por acaso, é uma praxis liberal?
Na piscina da humanidade, certa esquerda se acha a dona dos troféus e apenas entrega suas medalhas para aqueles que se enquadram nos seus preconceitos. Nada mais falso do que a intempestiva assertiva de que a raia onde só a esquerda pode nadar é somente aquela onde as marolas se direcionam para a fé do materialismo histórico. Se, por acaso, o atleta resolve invadir outra raia onde o mercado gosta de circular ele é visto como um nadador neoliberal. Essa é uma tese que já naufragou. Avisem a orquestra. Luc Ferry é que está certo, uma das coisas mais inócua e impertinente dos nossos tempos é a discussão ideologica e religiosa.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Para o anônimo das 14:07. É impressionante como a ideologia da igreja católica que atrasou o Brasil durante séculos e séculos continua a ter um grande efeito no pensamento reacionarismo de certa esquerda. Para esses, enriquecer é mesmo uma burrice. Espírito empreendedor? é pecado. POr isso vocês adoram a dinastia Castro em Cuba, onde o empreendorismo é sufocado com armas e prisões. Não importa se o empreendedor vai fazer benfeitorias para o povo, melhorar as condições de vida, gerar lazer, cultura (até mesmo o Museu Iberê foi criticado aqui), o que efetivamente importa aqui é o lado irrelevante e fransiscano da questão: ele não pode ter lucro ou como a religião de vocês diz: mais valia. Depois vocês não entendem porque motivos os candidatos de certa esquerda perdem as eleições nas capitais brasileiras do centro sul.

Anônimo disse...

Ah, certo, a Yeda deve ser protestante e o Olívio, católico. Tá explicado...
Yeda e a ética do trabalho, hahahaha

repito, sociólogo de Google, pago com dinheiro público: Inanição intelectual e má fé, a pior combinação que pode existir.

Ary da Silva Martini disse...

"Nós já governamos o Brasil. Elegemos quase todos os governadores. Não fizemos nada! Está na hora do MDB se reunir. Fazer um grande chamamento às suas bases. Se trancar num hotel durante dois dias e debater o futuro dele e do país". Advinhem de quem são essas palavras? Exato! Pedro Simon, falando às 14:30 ao vivo, no Senado. É o velho senador sonhando com o "velho MDB de guerra" (que só era de guerra por que toda a esquerda estava nele abrigada).

el barto disse...

destrambelhada? ética (qq. uma)? são mutuamente exclusivas...

Anônimo disse...

Luc Ferry? Aquele que segue cegamente Nietzche o da "vontade da alegria" e adorador de Schopenhauer o pré-nazista? É ele que tem razão, Maia? Então, realmente, v. está com dificuldade de entender as posições de direita e de esquerda.

armando

Anônimo disse...

Quem dera existisse espírito empreendedor no Brasil.
A bolsa teria sido criada com D. João em 1808 ou mais tardar em 1922 com a independência. O Brasil teria fábricas de automóveis desde 1900 ! Telefonia por todo o lado desde 1930
Não teríamos passado pelo encilhamento de 1890, que mostra o vigor de outro tipo de espírito empreendedor, o de empreender trapaças.
Esse é o empresário brasileiro, salvo honrosas exceções que não entendem porque se esforçam tanto e não vão para frente: o brasileiro e o empresário não foge a regra, é antes de tudo um pequeno trapaceiro que quer faturar molinho ao invés de trabalhar.
E igreja católica é só metade da missa.

Simão Bacamarte disse...

"...o empreendedor vai fazer benfeitorias para o povo, melhorar as condições de vida, gerar lazer, cultura..."

Pô Maia, vc. não disse que não ia falar de religião? Isso aí tá parecendo o milagre dos peixes! Só falta agora dizer que o semi-analfabeto do Johanpetter é nosso guia espiritual.

Como o anônimo bem colocou, aqui no Brasil (e como estamos assistindo, em boa parte do mundo ocidental) o tales de "empreendedor" é o amigo Del Rey. Sem este beija mão, ninguém consegue "fazer benfeitorias para o povo, melhorar as condições de vida, gerar lazer, cultura" ...adoro.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, Ferry é um estóico com influência de Nietzsche (Amor Fati) e uns pitacos do Baruch, o Spinosa (beatitude). É um ácido crítico das doutrinas da salvação com ou sem deus. O mundo será melhor e possível sem religião e ideologia. Outro estoico muito bom é André Comte-Sponville.

Anônimo disse...

Ah, o Google... Pois o mundo seria melhor e possível sem chatos...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Bacamarte, prezado eremita conservador, não estou a defender livre mercado, mas parceria -- que ocorre em qualquer lugar do mundo socialmente desenvolvido -- entre Estado (que não tem condições de universalizar todos os serviços) e iniciativa privada. Esse tipo de parceria tem que começar a funcionar no Brasil, mas com muita transparência e fiscalização do Estado. Vocês estão trazendo de volta aqui os velhos ideais simplórios do anarquismo de considerar que a propriedade é um roubo ou que a atividade empresarial é sempre danosa (ou gananciosa). Até pode acontecer roubos e corrupções, mas o Estado - esse ente fundamental - e a sociedade civil organizada - têm que estar devidamente aparelhada para conter as falcatruas e picaretagens.

Anônimo disse...

chato, muito chato...

Anônimo disse...

Maia, preste atenção: o sujeito de direita ou à direita, como queira, é uma espécie de psicopata narcisista, pois tem como único objetivo explorar os demais para benefícios individuais. Era assim na Assembléia francesa, pós Revolução de 1.789, e é hoje, seja no Palácio Piratini ou aqui no Bandeirantes, ou na Fiesp daí e daqui. Noves fora, Fogaça, Serra, Ermirio, et caterva são de direita, queiram ou não. Não é a sua vontade ou a minha que determinam, se são ou não de direita.
Por que será que ninguém sai do armário e se assume como de direita? Conheces alguém que votou no Collor ou no Pitta?

armando

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, uma pessoa que quer explorar os demais para benefício individual é um egoísta e quiçá um criminoso. Acho que o Serra e o Fogaça não tem nenhuma intenção de explorar os atos para ter benefícios próprios. Essa sua divisão sobre direita e esquerda confunde ideologia com moral. É o velho maniqueísmo que a fórceps divide: os morais são de esquerda, os amorais, os egoistas são de direita.O Obama é de direita ou de esquerda? Os partidos da social democracia européia são de direita ou de esquerda? Não interessa a ninguém - nem aos ricos e nem aos pobres, nem à direita, nem ao centro e nem à esquerda - o aumento da exclusão social. Qualquer governo de direita ou de esquerda deve ter na sua agenda o compromisso para fazer a inclusão social. A questão não é mais ideológica, mas de necessidade moral. E entre essa confusão que vc faz entre ideologia e moral existe uma infinita diferença.

marcelo disse...

Detalhe para a foto com os dizeres acima "direto de Brasília" !!! onde ele aparece sendo reconhecido por uma jovem ao fundo. Até que ponto isso é uma sutileza???

Anônimo disse...

É sempre mais do mesmo. A direita reacionária usa a categoria esquerda para enquadrar todos os que criticam o neoliberalismo irresponsável e os políticos ligados aos privilegiados. É só olhar os comentários (98% -relei-os) do Maia, todos se referindo à esquerda, esquematicamente, para identificar quem não coonesta com desgovernos e exploração. Agora, quando o reverso acontece, aí chove teorias a la google e sociologismos de botequim. Essas categorias continuam tão importantes, quanto o velho Marx que vocês de direita matam diariamente, mas que ao contrário permanece como referência.

O problema é que nós não temos problemas de nos considerarmos de esquerda, mas v. têm uma enorme dificuldade de sair do armário e vestir a veste dos kassabs, fogaças, borhausens, yedas, et caterva.

armando

Luís disse...

O Blog acertou em cheio!
Se mais esse esquema de poder der certo, o prefeito terá aprendido pouco sobre a cidade, só com 5 anos de estágio...

Anônimo disse...

O Mala serviçal mercenário pago pelo dinheirinho da merendinha escolar do PSDB+Padilha/PMDB precisa mostrar serviço e que está de plantão no monitoramento de blogs, caso contrário fica sem receber as taxas complementares. Que triste, em pleno século do neo-liberalismo decadente, ter que viver de uma relação ainda entre Servo e os Senhores Feudais.
Clarice da Luz

Anônimo disse...

Aqui os eleitos pelo PRBS espamcam e ironizam os jornalistas "que vem de fora", isto é, que mostram o que elles colocam em baixo dos tapetes.
Aqui não temos imprensa livre e democráticas.
Aqui temos apenas pamfletos dos partidos que mais uma vez esquartejam a prefeitura e o Estado para acomodar os seus parasitas.
Clarice da Luz

Luís disse...

A consideração pelo estagiário-mor de POA, para 2010, é pela absoluta falta de qualquer alternativa mais viável, já que o Sr. Rigotto deve estar constrangido para explicar a péssima avaliação do seu governo nas eleições de 2006, e o que fez durante 4 anos de "corrupção industrializada" na sua administração (nada pessoal).

Portanto, o que salta aos olhos neste episódio, mais uma vez, é o completo escárnio dos grupos de poder da direita sobre os eleitores - incluindo os seus próprios.
Mas é assim, mesmo, que a direita joga para se adaptar ao jogo democrático: sem "máquina" para usar e sem a imprensa como seu panfleto, não ganha eleição... este é o "resumo da ópera".

Anônimo disse...

Acho que dão muita linha para este rascunho de facista do maia, é melhor que ele faça um blog seu e vá falar com seus donos da Direita Facista deste estado. Este cidadão deve apoiar a viloencia do Coronel Mendes, afinal "baderneiros devem apanhar" nao é?

Anônimo disse...

Como disse um anônimo sobre o Maia:

"repito, sociólogo de Google, pago com dinheiro público: Inanição intelectual e má fé, a pior combinação que pode existir"

Porque ele fala em inclusão social.

"Qualquer governo de direita ou de esquerda deve ter na sua agenda o compromisso para fazer a inclusão social".

A direita, fogaça incluso, só faz inclusão tipo "Pontal do estaleiro".

Já Os moradores de rua, ou em situação de risco, são levados no chão de ônibus para os quartéis do fascista do Mendes e 'fichados", com os PM com luvas assépticas.

Já a inclusão social da Yeda se dá através do laranja, do Detran, do Daer, do Banrisul, conforme o Busatto (este confesso!).


Claudio Dode

Anônimo disse...

Por falar em Busatto, é bom lembrar que aquele "brioso" Ministério Público que dava cobertura política e ideológica para o fascista do Mendes, mesmo com a confissão do delinquente não tomou atitude nenhuma.

Claudio Dode

Cel disse...

Dode, vá tomar na cloaca!

Anônimo disse...

cel,

Me conta: O que vão fazer com a confissão do Busatto?

Não tem investigação?

A Yeda não sabia?

E o PRBS não tem "jornalismo investigativo"?

E os procuradorzinhos tão "briosos" e "voluntaruiosos" não tomam conhecimento da cloaca tucano pefelista?

Claudio Dode

Anônimo disse...

Cel,

Ia me esquecendo, e o outro Cel o Cel. Mendes, tão pronto e violento no trato com os movimentos sociais, e na cloaca tucano pefelista, nada?

Claudio Dode

Ary da Silva Martini disse...

O certo é "MendeSS". Com dois "esses" em maiúsculo.

Cloaca News disse...

Alguém aí em cima mandou outro alguém ir "tomar na cloaca"? Aqui está o endereço:

http://cloacanews.blogspot.com/

Já está no ar, ainda em fase de ajustes, o CLOACA NEWS, com "as últimas do jornalismo de esgoto". Todos são bem-vindos, inclusive o Maia...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo