Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sábado, 4 de outubro de 2008

Lula critica duramente a papeleira Aracruz


ZH dominical silencia sobre a papeleira

Sem comentários. Só continuamos aguardando manifestação sobre o tema da governadora Yeda, que transformou o Piratini num comitê de gestão dos interesses das papeleiras no RS.

Clique na imagem para ampliá-la.

17 comentários:

Alvaro Andrade disse...

Será que eles vão rever os investimentos e tentar sugar mais alguma coisa da Yoda?

panoramix disse...

O ou estado fará um pacote de ajuda, afinal conseguimos U$ 1 bilhão há juros módicos!

panoramix disse...

leia-se "a juros módicos"

Anônimo disse...

Lula criticando a Aracruz?
Este molusco bebum não teria coragem de criticar uma empresa que gera impostos e empregos.
O blogueiro está sem assunto. Ou está em campanha para a Maria do Rosario.

Dá-lhe Manú!

Clairton disse...

Que papelão Aracruz!?
E agora prozac aracrusius?

Anônimo disse...

A teoria de Freud sobre a "projeção": só um molusco guasca não consegue visualizar um Homem de Primeira Grandeza, que se chama Luiz Inácio Lula da Silva, o Presidente mais completo que o Brasil já teve.
Cândida

Eduardo disse...

O anônimo das 21:08 é que tem coragem.
Só não entendeu é que se ensaia um pedido de auxílio para empresas brasileiras.
Quer que o tesouro vá auxiliar a Sadia e a Aracruz? Mais ainda? De novo?
Manda teu dinheiro para elas, coitadinhas. Seja coerente.

Anônimo disse...

Nosso Guia, este tal Homem de Primeira Grandeza, critica as empresas que apostavam no Real frente ao Dólar. Nosso Guia é sábio. Ele sabe o devido lugar do Real.

Jens disse...

Anônimo das 21h08:
Cojones, homem. Venha para a luz do sol.

Luciano Vargas disse...

Anônimos das 21:08 e das 22:59 (se é que não são os mesmos) expliquem-nos como estaria a situação do Brasil se o presidente fosse vosso ídolo FHC. Quantos empréstimos para o FMI já teríamos pedido? A propósito, o "molusco" é bêbado, mas quem tem uma afamada adega é o vosso ídolo.

heliopaz disse...

Tem que ser muito covarde pra se esconder sob a alcunha de "anônimo"...

Eu não tenho nada a perder, pois não tenho o costume de vergar a espinha nem de explorar os outros.

Muito pelo contrário: quem mostra quem é merece meu respeito mesmo que pense o contrário.

[]'s,
Hélio

Anônimo disse...

A Governadora Yeda recém dolarizou (U$ 1,1 bi) de dívidas do estado, que eram em Reais. Devia ao Governo Federal e pediu emprestado em U$ para saldar a tal dívida (algúem tem que ficar de olho nesta grana). Com o U$ pulando de R$ 1,60 para R$ 2,00, perdemos R$ 440 milhões. A destrambelhada fez pior do que dever a um parente próximo, de casa, e tomar dinheiro emprestado de um agiota para pagar (alguém viu o contrato?).
Quanto ao real valor do Real, anônimos, o FHC sustentou por muito tempo a paridade, lembram? Aí veio a reeleição (comprada), o U$ dobrou de valor, o Cacciola... etc.
PS.: Espero que o Lula não dê um centavo para a Aracruz. A Sadia, parece-me, é de um ex-ministro do próprio Lula, né?
Não sei...
"especularam de forma pouco recomendada" - O Lula é muito liso para o meu gosto.

Desde 1982 eu só votava no PT. Barba, cabelo e bigode (rsrs). Hoje, cedinho, votei na Vera Guasso. Estou leve...

Getúlio.

Anônimo disse...

O Cachaceiro "Rei do Brasil" é a favor dos investimentos das "papeleiras" porque elas geram empregos para os da "bolsa-família" que querem sair do esquema.
Dentro de pouco tempo vai ter bolsa para a classe média (blogueiros e eu) e tudo vai ser maravilhoso.

Anônimo disse...

Mente confusa a do anônimo das 13:28.
E é o Lula que bebe!
Queres bolsa?
A mesada está curta?
Estás com discurso de lumpem...

Getúlio

manolo disse...

A Sadia e a Aracruz não especularam contra o real, mas "a favor"dele. Apostaram na queda, e não na alta do dolar, e por isso se ferraram. E fizeram isso sinalizados pelo BC, que induziu a alta do real via taxas de juros. Agora, se volvió la cosa, a crise inverteu o fluxo contra a vontade do BC. Por enquanto, é mais desmontagem de posições "vendidas" em dolar, como as da Sadia e Aracruz. Só isso já levou as verdinhas pra 2 pilas. Imagina se virar tendência, com procura por dolar na economia real. Aí vai ser crise cambial, juros em mais de 20% e um cavalo de pau no titanic do Lula. A hegemonia mercadista no governo Lula não vai permitir soluções diferentes.
O lulismo dormiu com os cachorros. As pulgas começam a coçar.

Anônimo disse...

- MANOLO QUEM NÃO É O OTERO!! AS DUAS EMPRESAS APOSTARAM NO SUPRA SUMO DA GESTÃO DE BUSH. COMO O "BUSHISMO" SÓ ESTAVA VOLTADO À GUERRA , ESQUECERAM DA DESREGULAMENTAÇÃO. SO, SIFU!!! QUEM MANDOU APOSTAR NOS "SUCKERS". NADA A VER COM LULA!! A ARACRUZ DEMITIU O DIRETOR FINANCEIRO. QUEM MANDOU ESPECULAR.

Luis Nassif disse...

Duas incorreções:

1. As empresas estavam apostando a favor do real e contra o dólar. Apostaram que o real continuaria se valorizando.

2. Essa especulação foi estimulada pelo Banco Central e trouxe um custo incalculável para o país. Ao longo de anos, grandes empresas exportadoras driblaram a apreciação do real através de operações casadas de dólar futuro e DI (juros). O próprio BC estimulou essa prática através dos leilões do chamado "swap reverso". Foi um cala-boca que garantiu o lucro do mercado, o lucro das grandes companhias exportadoras, um custo bilionário para o Tesouro e o aumento da vulnerabilidade externa brasileira.

As empresas foram imprudentes até o limite. Mas o BC foi mais imprudente ainda, permitindo a ampliação desse jogo apenas para reduzir as pressões contra sua política cambial irresponsável.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo