Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Governadora Yeda - quem diria? - virou simples lobista de jogadores quebrados


Enquanto isso, permanece o silêncio sobre o empréstimo do Banco Mundial

É inacreditável. A governadora tucana Yeda Rorato Crusius vai à Brasília hoje fazer lóbi em favor de empresas exportadoras que estavam arriscando na jogatina com derivativos cambiais no extra-limite da responsabilidade.

Paralelo a isso, o governo Yeda está metido em um compromisso de empréstimo de 1,1 bilhão de dólares junto ao Banco Mundial, firmado recentemente. A sociedade sulina desconhece por completo os termos e as obrigações que o Tesouro estadual assumiu, apenas se sabe vagamente que as amortizações do empréstimo são em dólar norte-americano, com opção por uma cesta de moedas outras. É tudo quanto se sabe.

Agora, a governadora desvia-se de funções constitucionais, abandona suas obrigações no Estado e vai à Brasília tentar dissolver resistências do governo federal, que – corretamente – nega-se a oferecer socorro às mais de duzentas empresas exportadoras que estavam brincando de game financeiro para engordar seus lucros não-operacionais. Entre estas, estão inúmeras empresas exportadoras do Vale do Sapateiro. Com a subida do dólar, esses praticantes da jogatina irresponsável correm sérios riscos de tornarem-se insolventes e depois quebrarem em definitivo.

Comenta-se (no mercado tudo se sabe!), que a governadora não iria quebrar lanças somente por pequenas empresas do Vale, mas empregaria todos os esforços pelas suas aliadas preferenciais, as papeleiras, em especial a Aracruz e a Votorantim, que juntas tiveram um rombo de 4,3 bilhões de reais na aposta temerária dos derivativos cambiais.

Enquanto a governadora excursiona exclusivamente em favor de socorro à empresas privadas, cujos executivos foram imprudentes, o Rio Grande do Sul aguarda explicações sobre o perigoso empréstimo caixa-preta de 1,1 bi de dólares.

16 comentários:

Anônimo disse...

Outro silêncio, ensurdecedor, este da ZH, é agressão do jornalista da Folha de SP no comitê do Fumaça. Imaginem se ocorresse no comitê do PT, caia a casa.

Anônimo disse...

. . . E CAPA DA "SUJISSIMA"VEJA, COM COMENTÁRIOS DE DIEGUITO MAINARDI E O "AL CAPONE' REINALDO AZEVEDO. QUE CORJA!!! LIVRE-ME DO MAL, Ó SENHOR!!!

panoramix disse...

Isto não surpreende nem um pouco, o governo do estado e a prefeitura de porto alegre nada mais são do que um grande balcão de negócios. A função da governadora e do prefeito passou a ser a intermediação e defesa do capital privado, principalmente aquele que os elegeu! Não me surpreende também se o presidente que tem medo mais uma vez não voltar atrás em função do bem comum!

Anônimo disse...

Ela esteve entre os que votaram a favor do empréstimo milionário do BNDES para chamar a FORD para a Bahia e o seu campo passou anos lucrando com o episódio.

Deram a bola nas costas dos gaúchos e lucraram culpando o PT ao invés de cerrar fileiras e endurecer para economizar nosso dinheirinho.

Essa é a grande chance desse governo medíocre criar o seu discurso justificador.

Quando o empréstimo não vier ou for insuficiente, ela e a PRBS vão poder gritar que o PT nacional deixou a Aracruz, a Votorantim e todo o Vale quebrarem e vão jogar isso na campanha de 2010.

O campo dela vai lucrar em qualquer hipótese, conseguindo ou não o auxílio, que é aliás o mesmo raciocínio do hedge cambial normal.

el barto disse...

bem, nisso a barbitúrica destrambelhada tá sendo coerente (raridade!!!!!), está protegendo seus patrocinadores.
ps: será que ela levou seu poodlezinho boçal e fanfarrão para "convencer" o governo federal?

Anônimo disse...

Em xadrez esse movimento da Yeda chama-se "garfo". O adversário (somos nós, os contribuintes) perde em qualquer hipótese.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Prefiro mil vezes um governo que tenha uma parceria saudável e transparente com um parceiro essencial que é iniciativa privada do que um governo que considera que uma empresa é apenas ganância.
O governo da arrogante Yeda tem um grande coringa que é o Aod Cunha que está fazendo um belo trabalho. Grande Aod.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Esse empréstimo em dólar se dilui no tempo. SE não houvesse correção pelo dólar seria pelo IGPM ou IPC que também sobem ou descem de acordo com a variação cambial. O importante é que com esse empréstimo - aprovado por unanimidade, inclusive com os votos do Raul Pont & Cia - o Estado consegue pagar uma parcela bem menor para a União e dá fôlego para colocar em dia a folha de pagamento e regularizar o pagamento aos fornecedores. SEgundo Aod Cunha hoje, ninguém participava de licitação do Estado, porque esse não pagava e hoje a situação é diferente, como o Estado começou a pagar os fornecedores, mais empresas participam das licitações, diminuindo, teóricamente, os custos do Estado. Temos no RS, enfim, um grande gestor das finanças públicas, apesar de toda a arrogância e salto alto da impopular governadora.

Juarez Prieb disse...

O PT não esqueçam aprovou o empréstimo da barbitúrica. Vários próceres petistas foram ao Piratini tirar fotografia com a velha e os diretores do World Bank. Essa foto eles mostrarão futuramente para usar como álibi da burrada do empréstimo em dólar.

Anônimo disse...

O pseudônimo, como brevemente fará o PMDB, está desembarcando do governo da Yeda. É o velho oportunismo de estar sempre por cima.

SBENTENAR disse...

- COMO SE DIZ : É O OBVIO OBVIADO QUE A "RAINHA DAS PANTALHAS" VAI COM O INTUITO MAIOR VISANDO OS INTERESSES DAS EMPRESAS ESPECULADORAS QUE APOSTARAM CONTRA A MOEDA NATIVA. SURGIRO BATALHAR JUNTO AO BIRD E AO AO BID AQUELE EMPRÉSTIMO QUE A TERRA "BAGUAL"BUSCOU E QUE É A SALVAÇÃO MAS QUE NADA SE SABE SOBRE SUA CLAUSULAS. QUEM SABE O MALA MAIA, ADEPTO DAS TEORIAS NEO-LIBERAIS, E "LIBERTADORAS", PUDESSEM NOS SUBSIDIAR PARA ENRIQUECERMOS NOSSA DISCUSSÃO NESTE BLOG TÃO DEMOCRÁTICO. "O ÚLTIMO ESTAGIO DO CAPITALISMO É O CAPITALISMO FINANCEIRO. GRANDE LÊNIN!!! NO MAUSOLÉO VISITANTES CONSEGUEM OBSERVAR UM SORRISO EMBORA MUMIFICADO!!!

juca disse...

Sorriso mumificado, mas as idéias não estão mumificadas, pelo menos de Lênin.

Carlos Eduardo da Maia disse...

sbetenar, um conselho, não precisa digitar gritando.. Dá uma olhada em tudo o que eu postei, no meu blog tem mais de 1000 postagens e vocÊ não vai ver nada de liberal lá. Eu não acredito no liberalismo, sobretudo num pais como o Brasil que precisa de um Estado que funcione e, sobretudo, para quem mais precisa.

Giovani Montanher Madruga disse...

eu tenho outra duvida também, como ele comprou a sua casa?

Anônimo disse...

A casa dela atualmente está muito visada, precisa de outra... e o Detran não está funcionando....e depois de da confissão do Busatto... foi procurar novas parcerias para o subprime gaudério.

Vai ter casinha para o Maia no Pátio

Claudio Dode

claudia cardoso disse...

É isso aí, Panoramix! Concordo contigo. A dita precisa pedir penico ao governo federal para salvaguardar os interesses dos seus patrões, os financiadores de sua campanha.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo