Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Manuela "Atitude" D’Ávila foi uma piada pronta


Só o PPS brittista riu e gozou

O arranjo eleitoral direitista PC do B mais o PPS do ex-governador Antonio Britto, com o PSB de contrapeso foi uma armadilha para Manuela Atitude D’Ávila.

O inexpressivo brittismo conseguiu colocar três vereadores na Câmara de Porto Alegre, o PSB, um vereador, e o PC do B zero vereador.

Como fazer 842 votos na legenda (o PPS) e conquistar três vereadores na Capital – eis a fórmula do sucesso do brittismo de resultados.

O golpe eleitoral no PC do B foi perfeito. O brittismo manteve os ovos de sua serpente em duas cestas, no fogacismo da preguiça e no manuelismo da vaidade.

Alguém aí viu, escutou ou assistiu um só militante do brittismo ser exonerado do governo Fogaça? Busatto apoiou quem? A mulher de Busatto, militante do PPS, secretária do prefeito Fogaça, apoiou quem? Alguém a viu ser admoestada por desobedecer a diretiva do PPS em apoiar Manu Atitude?

O PPS usou a legenda do PC do B, passou mel na vaidade pessoal de Manu, e arrancou com vitória as eleições 2008: Fogaça, seu candidato do coração, chegou em primeiro, e conseguiu emplacar três vereadores na Câmara. Com míseros 842 votinhos na legenda. O PC do B fez 14.796 votos na legenda e não colocou nenhum representante na Câmara. Desastre total.

Ao fracasso político-eleitoral do PC do B se junta àquilo que chamamos na semana passada neste blog de “queima de navios” por parte da candidata Manuela Atitude (foto). Ilhada numa aliança direitista, ela (e, de resto, o próprio partido pós-comunista) queimaram pontes e navios que pudessem reconduzí-los novamente ao seio da esquerda.

Agora é tarde, e Inês – Manu – é morta. De vaidade, cupidez, despolitização e oportunismo exagerados.


34 comentários:

el barto disse...

depois dessa paulada, talvez essa moça repense um pouco sua vida, e reflita melhor antes de se juntar novamente ao que tem de pior na política guasca (os nauseabundos brittistas, filhotes da múmia vitalícia senatorial, e carreiristas baratos como o tal de beto albuquerque, um conhecido oportunista de carteirinha).

maria alice custódio disse...

essa jovem chafurdou no lixo.
temo que não consiga voltar.

Callado sp disse...

Lima Barreto diria que Manuela "respirou dos miasmas fétidos do pântano" político-eleitoral de nossos dias.

Anônimo disse...

Pc do B acabou em Porto Alegre, já vivia anos se encostando no PT, achou que poderia fazer isso com o PPS mas não contou que as raposas iam comendo eles belas beiradas, se é que me entendem.
Eu acho muito bem feito. A Manuela não cabe nela mesma, de tanta vaidade e presunção e o partido espertamente queria lucrar com isso, e acabou nisso.
Quero ver como vão tratar das alianças, se depender do discurso imaturo e raivoso de Manuela na coletiva de ontem, é bem capaz de apoiarem o próprio Fogaça.

sil

panoramix disse...

É o novo (PPS é neo-socialista) ocupando o espaço do velho Partidão! Manu o que "ôces" fizeram?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Fogaça fez quase 44%, contrariando as pesquisas que indicavam que ele tinha 33%. Ele poderia ter ganho no primeiro turno. Chama a atenção que o PT de Maria fez apenas 22% dos votos, a metade do Fogaça. A Manu fez 15%.
Na eleição passada, de 2004 , Raul Pont candidato a prefeito pelo PT, ganhou no primeiro turno com com 37,62% dos votos validos (Rosário agora fez 22%) Pont foi derrotado no segundo turno por José Fogaça por 53,32% a 46,68%. Diminuiu o eleitorado petista em Porto Alegre. Indiscutivelmente.

Alvaro disse...

O Maia, tá gozando já???

Estamos discutindo as raposas em pele de cordeiro! Se o PT diminuiu isso nos vamos ver agora! Te prepara pq a maré vermelha vem ai!

Anônimo disse...

Não tinha indecisos nas pesquisas?
O PCdoB não apoiava o Raul Pont?

A análise do tal de Maia é de uma pobreza tão pobre que nem vale a pena comentar muito...

Indiscutivelmente...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Minha análise foi com base nos votos. Tudo bem o PC do B apoiava o Raul, mas o PC do B, por si só, não é responsável por 15% dos votos da Manu. Muita gente do PPS votou com a Manu e a maioria do pessoal do PPS vai optar pelo Fogaça, evidentemente. As pesquisas também erram a favor do PT, como mostrou a derrota da Marta em SP. E o Gabeira vai ser prefeito do Riiio. Muito legal.

Anônimo disse...

Desde o o início afirmei: "a Manuela é a tábua de salvação do PPS". eSSA ALIANÇA NÃO PASSOU DE UMA ARMADILHA ANTI-ESQUERDA, para tingir o Partido dos Trabalhadores."Só carolina... na janela não viu".
Cândida

Anônimo disse...

Maia, todas as tuas análises (sic) são baseadas no viés ideológico preconceituoso que tens e no que te pagam para fazer. E só. Nenhuma profundidade ou consistência.
Indiscutivelmente...

panoramix disse...

PPS-Berfram-Britto: Este foi o motivo pelo qual não votei em Manuela! Causa espécie como os políticos mais experientes do PCdoB e do PSB não se deram conta de que poderia acontecer o que aconteceu! Lamentável!

Anônimo disse...

Fora os deslizes de uma ideologização exasperada do Maia, que se deseja "análise", ´fazia tempo que não via um texto tão autorizado, como este do Feil, pra dar a pá de cal nessa estrateginha muquirana e lotada de mesquinharia do PCdoB com a britalhada semvergonha. Nada como um dia depois do outro. A direita ainda sabe como mexer com vaidades pra dividir a esquerda.
Marcos

Anônimo disse...

Para "análise" do Maia é bom ele ler na Carta Capital os Trambiques do Gilmar Carvalho. Que por ser tão "competente" jurista" teve que correr para o "expedienete" político para ascender na carreira de magistrado. E na via política para se deu bem na vida. O pessoal do Dantas tinha razão...

Anônimo disse...

Para "análise" do Maia é bom ele ler na Carta Capital os Trambiques do Gilmar Carvalho. Que por ser tão "competente" jurista" teve que correr para o "expedienete" político para ascender na carreira de magistrado. E na via política para se deu bem na vida. O pessoal do Dantas tinha razão...

Anônimo disse...

A menina deslumbrada foi usada e abusada pelo PPS do brito, busatto e caterva. É de se perguntar: como políticos experientes e de longo histórico nas lutas populares como o Carrion e a Cony, deixaram a garotinha fazer isto com o PCdoB. Cegueira política ou oportunismo?

Anônimo disse...

A possibilidade de eles ganharem era concreta e o olho cresceu, com a estrutura da prefeitura, secretarias, CCS, etc, e depois, quem sabe uma candidatura a governadora, já que a menina não é dada a terminar mandatos.
Já pensaram? Manu presidente!!!
Mas a aposta furou e a possibilidade não se concretizou...

Luís disse...

Dá para discustir com quem sabe diferenciar votos totais de votos válidos, senão é perda de tempo.
Os grandes derrotados (de novo) são os que acreditaram nas velhas artimanhas de indução de voto, que dessa vez foi a tentativa de tirar a Rosário do segundo-turno.

Mas indo ao que interessa: fora o tom um tanto sectário do blog, agora concordo integralmente com a análise feita: um "mico" político produto do oportunismo, filho da disputa de mercado eleitoral. Infelizmente a Manu não é a única, mas agora a hora é outra.

Apesar do "novo decreto" da imprensa de que "a eleição já tem vencedor" (hehehe), Porto Alegre NÃO MERECE continuar como está por mais 4 anos,
e AGORA É ROSÁRIO!!!

panoramix disse...

Desculpe desviar do assunto Cristovão, mas enquanto estamos discutindo aqui "uma cagada feita", está em andamento neste momento um cagadão ainda por piorar, pois o pacotão do tio bush, como já era previsto, infelizmente não surtiu efeito,
"Mercados mundiais desabam nesta segunda-feira com a previsão da europa entrar de cabeça na crise":
http://br.invertia.com/mercados/indices/

Gilmar da Rosa disse...

Parabens Feil. Brilhante análise, perfeito.

mariorangelgeografo.blogspot.com disse...

Só a Barbie não sabia disso...

Bastou um afago da raposas, e Ela se entregou, no amor...

Fico imaginando a cara de tacho dela, da Jussara Cony e do Raul Carrion.

É uma pena...

Mas a luta continua companheiro...

Mas no quadro geral, o PT fez a maior bancada na câmara, ganhou mais prefeituras (63) e consegiu importantes prefeituras da RMPA.

Alvaro Andrade disse...

Quero ver se ela vai resistir as cantadas do tio Fogaça e não vai cair no canto da sereia...jogo que ela capitula. Ai 'frente popular' vai virar história pra contar pros netos.

Guga Türck disse...

Feil, discordo um pouco de ti.
Conheço bem a Manu, é uma grande amiga minha e votaria nela sem piscar se ela não decidisse se fazer de "biombo da direita". Mas o PCdoB é bem isso aí mesmo que se apresentou nessa eleição. Lembra que a Jussara Cony já foi candidata a vice do Schirmer - se não me engano...
Este é um partido aparelhado em alguns ministérios e em uma série de entidades de classe. A principal? A UNE.
Forjado atualmente na política do toma-lá-da-cá, são especialistas em fazer essas alianças esdrúxulas, mas nunca saem perdendo. E, na minha singela opinião - ainda não falei com a Manu desde que ela anunciou a maldita aliança -, esse conluio saiu mesmo com a visão da eleição proporcional, com o propósito de ter mais espaço (e recursos para o partido) na Câmara. Acredito mesmo que eles já imaginavam que não iriam nem para o segundo turno, mas não deixariam de tentar até o último segundo em caso de que uma oportunidade surgisse.
Agora, ao contrário do que tu escreveste, acho que eles estão, sim, contando com vereadores, afinal, o PPS foi, é e sempre vai ser base de sustentação do Fumaça e é bem provável que ele chame estes eleitos pra compor governo e, assim, abra espaço aos "comunistas" no plenário municipal. Se duvidar, o bananão é capaz até de chamar os três vereadores "socialistas" e daí o PCdoB ficaria com bancada de 3.
O que eu acho que não deu muito certo é que eles, creio, pensavam que elegeriam a Maristela Maffei, já que era a única com densidade eleitoral nesse pleito. Em 2004, por força própria e pela coligação com a Frente Popular, entraram Carrion e a Manu - algo inédito para o partido.
O que quero dizer é que esses caras são cobrões mesmo e sabem fazer a falcatrua eleitoral como ninguém. Conseguiram segurar o Lula pra não vir fazer campanha pra Rosário e vão continuar segurando, porque podem perfeitamente anunciar apoio ao PMDB com a justificativa de que é um partido da base do Governo Federal.
Não sei não, mas acho que o panorama é um pouco diferente do que colocas aí, no teu texto. Tudo me soa muito como uma armadilha perfeita e ainda em andamento.
Eles saem vitoriosos dessa, mesmo que indiretamente - essa é minha leitura.
Pessoalmente, continuarei amigo da Manu (claro!), mas meu voto ela nunca mais vai levar e vou falar isso na cara, até porque devo isso a ela. E é aí que está a grande derrota de uma pessoa que poderia ser o grande ícone de uma "nova esquerda".
O fato é que PCdoB/UJS não dão "ponto sem nó", meu amigo. Eles nunca saem perdendo, e eu vi isso com meus próprios olhos no movimento estudantil, em congresso da UNE que fui delegado, nos corredores da faculdade, e por aí vai...
Há que se desmoronar essa estrutura de poder na base, infelizmente. As eleições majoritárias, os pleitos pra governos e prefeituras somente são o reflexo de um trabalho tático nesse aparelhamento todo.
Complicada a coisa.

Nelson Malandro disse...

Isso mesmo...Hahahahahá. Nós enganamos esses comunistas trouxinhas!

Nelson Malandro disse...

Isso mesmo...Hahahahahá. Nós enganamos esses comunistas trouxinhas!

Anônimo disse...

É bom ver que, concordando ou não, as pessoas sabem fazer análises sérias, pertinentes, honestas, e não essas malas que aparecem todos os dias aqui, com a profundidade de reportagem de revista de avião...

Anônimo disse...

Feil: tu viu que este teu artigo está ripado integralmente na blog do Políbio Braga????????????????

Lauro

panoramix disse...

Colocado lá como todas as letras e virgulas sem nenhum crédito ao diário gauche como "opinião dos leitores:
http://polibiobraga.blogspot.com/2008/10/o-golpe-de-mestre-do-pps-de-porto.html

edu disse...

Puxa vida...14 mil votos e nada...

As coisas estao "financeiras" na politica, explico:

os malandros da bolsa inventaram uma forma de nao perder nunca, independente do resultado, se perderem o governo paga (veja-se USA);

na politica tb ficou assim, em campo bom o PSB coligou com o PSDB e o PMDB coligou com o PT!!! Ou seja misturou a oposiçao com a situaçao, qualquer um dos dois que vencesse as eleiçoes premiaria o mesmo estilo de governar, e todos os acordos e maracutaias estariam mantidos...

Anônimo disse...

As eleições parece deixarem-nos cegos e surdos. A terra gira, os dias passam e a história vai se construindo ao longo de nossa tragetória. Acredito que ainda não chegamos ao ponto de ruptura do tecido social. Momento em que as pessoas não tem mais a quem recorrer. Tudo é hipocrisia e sujeira, mentiras e safadezas. Foi assim quando o PT surgiu e logo a chama da esperança de dias melhores se cristalizou com a eleição de Olívio. Eu como assíduo frequentador do transporte coletivo de nossa cidade, lembro que os onibus eram um caos, sujos, inseguros e caros. O valor da passagem do Menino Deus era bem baixinho enquanto o Belem Novo era super caro. A linha Petrópolis era limpinha e tinha abundancia de veículos enquanto na Restinga as pessoas tinham que brigar para conseguir se pendurar na porta do onibus, lembram? Pois é, eu me lembro. Pois bem, ainda não chegamos no fundo do poço. Quando estivermos lá é que vamos ver onde estará a tal da Manuela, Fogaça e outros. O povo não é burro, só sabe quando o sapato está ou não apertando. E creio que ainda não está. Mas que vai ficar, isso vai.

Anônimo disse...

Anonimo das 18:45
A situação já está assim, os ônibus estão sujos e lotados, algumas linhas em estado de calamidade pública, principalmente os que vão para a periferia. O exemplo de degradação é o Carvalho/Salso. É triste ver principalmente as trabalhadoras mulheres e negras ao retornarem a noite para suas casa, e sem lugar para sentar, chegam a dormir em pé no ônibus. É desumano!
Elisa

Anônimo disse...

----- Original Message -----
From: Dialógico
To: polibio.braga@uol.com.br
Sent: Monday, October 06, 2008 8:22 PM
Subject: ocultação de fonte


Mas os teus leitores são cara-de-pau, hein Políbio?
Apropriam-se de um texto, que é um editorial do blog do Cristóvão Feil, o Diário Gauche, não citam a fonte e ainda colocam isso como se fosse "opinião de leitor"?
Leitor de quem, teu? Porque o leitor do teu blog é induzido a achar que esse texto foi enviado para ti por quem o escreveu, quando não é verdade.
Então, que história é essa?
Políbio, a Internet é uma aldeia. E não adianta teus leitores quererem usar esse tipo de esperteza, porque a gente desmascara na hora! Recomenda, a eles, que, ao te enviarem um texto, anexem o endereço eletrônico da origem.
Além de não citar a fonte, o tal leitor ainda alterou o título da postagem que é: Manuela Atitude D’Ávila foi uma piada pronta. O que foi usado como título é apenas o subtítulo. A postagem original está aqui: http://diariogauche.blogspot.com/2008/10/manuela-atitude-dvila-foi-uma-piada.html
Nós temos, como prática, o salutar hábito de citar a fonte, quando reproduzimos textos que não são nossos, tarefa básica de qualquer um que se pretende editor de qualquer coisa.

Dialógico.
www.dialogico.blosgpot.com

Remindo disse...

O erro não foi só da jovem Manuela, mas de todas as esquerdas que desunidas entregaram a cidade mais uma vez ao Flgaça. Adoraria ver a massa vermelha nas ruas, mas acho que o fogo virou chaminha. As esquerdas que se unam, pois a direita está sempre unida. Até agora, o mehor desta eleição foi a derrota do DEM.

Oscar disse...

PC do B, em que te transformaste? Manu, deu a lógica, foste usada, mastigada e, breve, serás cuspida.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo