Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 28 de outubro de 2008

O estalo do coronel Mendes


Um apedeuta falando sobre Lawrence Kohlberg?

Duvido que o coronel Mendes conheça o piagetiano Lawrence Kohlberg, mas fala com desenvoltura sobre o professor do pensamento pós-convencional, em artigo publicado hoje em ZH. É certo também que o militar não teve o estalo do padre Vieira, para subitamente intelectualizar-se do nada.

Convenhamos, o coronel Mendes tem visíveis dificuldades para alinhar sujeito/verbo/predicado e mesmo para conjugar verbos corretamente. Portanto, é certo que o apedeuta coronel da Brigada Militar valeu-se de um ghost writer para expressar-se por ele.

Pois, esse escritor fantasma – saibam – está com um livro a ser publicado. A obra, que trata sobre segurança pública e movimentos sociais no RS, será lançada na Feira do Livro de Porto Alegre, no dia 15 de novembro, um sábado.

Neste dia saberemos quem é o ghost writer do tosco coronel Mendes.

43 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Quem é o ghost writer do Lula que também tem dificuldade enorme de "alinhar sujeito/verbo/predicado e mesmo para conjugar verbos corretamente"?

Anônimo disse...

Opa, agora o Maia aparece. Tantos posts interessantes.
Vai chupar cocô!

Anônimo disse...

O texto do Coronel é um prato cheio para o sumido (doente ou falecido) Prof. Neumann.

Anônimo disse...

Professor Neumann foi a Berlim comprar uns livros e já volta.

el barto disse...

rosenfeld? puggina? luminares da "curtura" guasca...
ps: é público e notório que o poodlezinho boçal e fanfarrão tem dificuldades para juntar o "a" c/ o "b", qto. mais escrever um artigo... o que ele sabe fazer é juntar brigadiano pra bater em bancário e professor. e claro, como bom covarde que é, se esconder atrás de 6 brigadiano.

Anônimo disse...

Maia, quem é o teu ghost writer?
Pagas bem?
Quem te inventou, afinal?

gustavo disse...

Cada qual com o referencial de intectu que lhe cabe não é Maia!
bem menos, não queira comparar a inteligência do presidente ao teu ídolo nazi-fascista!

Anônimo disse...

O Maia é uma invenção do Prof. Monteiro.

Simão Bacamarte disse...

Em que estágio de desenvolvimento moral estaria o Cel. Mendes?
(em tempo: meu Ghost Writer é o Groucho Marx!!!)

juca bala disse...

Mendes estaria no estágio de desenvolvimento moral troglodita, Baca.

Fabrício Nunes disse...

Interessante que o artigo do Coronel, ao invés de fazer o que pretendeu, ou seja, refutar Marcos Rolim (ZH dominical), acabou por legitimar a denúncia sobre estar a Brigada Militar gaúcha impregnada por uma carga cultural repressivo-voluntarista.
Mendes (ou seu "fantasma"), de certa forma, prega a aplicação indevida do "sexto estágio" do pesquisador americano. Quer dizer, sustenta uma violência indevida contra movimentos sociais a partir da "desobediência civil" racionalizada pelo estado, revelando a indisfarçável moralidade autoritária ainda insepulta, que teima em negar o direito de manifestação constitucionalmente assegurado aos cidadãos.
Na suma, o texto do "comandante" confirmou a indesejável vocação despótica que vai imputada á tropa.

Ary da Silva Martini disse...

Cristof: O coronel MendeSS me lembra o Garrinha, para quem qualquer marcador era um "João". Para o MendeSS, qualquer educador é um "João", uma vítima de sua máxima: "pau que bate em Piaget bate em João".

Pmarkes disse...

A utilização da teoria de Lawrence Kolhberg para justifificar ações fascistas das forças de segurança do Estado, que o proto-fascita Mendes não consegue nem pronunciar o nome, é uma demostração de que a direita guasca, que não é ingênua, sabe que é importante a disputa ideológica de quem lê o jornaleco da Azenha. Por isso coloca a disposição os seus "teóricos" para o constructo ideológico de suas ações via Estado. Assim consegue conquistar a chamada classe-média que naturalmente vota em Fogaça, Yeda et caterva...

Anônimo disse...

O coronel Mendes vai anunciar que descobriu e atingiu o quarto nível da moral de Kohlberg, chamdo de "porradal", segundo o qual toda moral pode ser ultrapassada se tivermos um jornal para justificar as invectidas contra os teus desafetos ideológicos além do número adequado de brigadianos.

O cel. Mendes vai mostrar que dispondo dos dois recursos, a opinião manipulada e o posto de comando, conseguiu impedir a revolução cripto-socio-bolivo-trotskista do sindicalismo gaúcho ao mesmo tempo desfrutar do reconhecimento equivalente dos demais níveis morais.

SBENTENAR disse...

- APOSTO UM VINTÉM FURADO QUE O GHOST-WRITER É O BARRIONUEVO GOEBELS, GURU DO MAIA!! PUTZ!!!

Anônimo disse...

Bem, mas pelo menos, pelo espaço e simpatia que está dedicando ao fascinora do Mendes, a RBS vai se expondo sua conduta Nazista.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Eu aposto no Fernandinho Schüler, aprendiz de ovo de serpente que começou sua jornada política incubado no PT para depois vender ser serviços de boy scout à Antônio Brito.

panoramix disse...

Luis Inácio Lula da Silva, nordestino retirante, torneiro mecânico, semi alfabetizado, um homem com "complexo de inferioridade", dai a razão de seu excesso de cautela, que muitas vezes confundimos com medo. Sim é tudo isto e nunca tentou passar idéia contrária. Seus discursos improvisados são feitos usando a linguagem do povo do qual ele faz parte, portanto cheio de erros e repetições - não é um douto! O mundo olha para o Brasil é enxerga algo diferente, algo que só a casta sacripanta ainda não consegue e não quer enxergar, um lider único vindo da classe operária e pronto para se tornar o maior na história deste magnifico país. Olhai com atenção caterva pois homens como este não dão em toceira, voces estão tendo o privilégio de privar com este cidadão. É histórico, assim como é histórico o fim do capitalismo que estamos presenciando em tempo real. Lula entregará o país ao próximo presidente pronto para alçar um patamar que, se não for desviado, o colocará no topo! Tentar desconstituir o homem Lula é tipico do calhorda tacanho.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Druida, Lula segue exatamente a mesma política de FHC com algumas variações. Não houve ruptura, não houve revolução, houve continuidade. Lula realmente é um gênio e é um cara que eu admiro muito. O que eu critico são as pessoas que não querem enxergar que Lula é a continuidade de uma política que FHC iniciou.Isso eu chamo de demagogia das grossas.

panoramix disse...

Que politica de FHC o que! O plano real começou com Itamar e terminou em Janeiro de 1999 quando o "farol" perdeu o controle do país, inclusive Itamar não queria FHC como candidato. Até a posse de Lula em 2003 o país vinha ladeira abaixo, não fala abobrinha!

Ary da Silva Martini disse...

"Matou a pau", Panoramix! Maia, me deculpe, mas você repete coisas que não entende. Apenas ouviu falar.

Simão Bacamarte disse...

Eu sou um calhorda tacanho, da casta sacripanta. Não consigo apreciar a grandeza do maior líder deste magnífico país. Nem valorizar o privilégio de assistir o próximo presidente levar o país ao topo. Mas quando estou maníaco ligo para minha psiquiatra regular a dose.

Luiz Felipe disse...

Falar errado???
O que é isso gente?!?!
Não estou defendendo nem um, nem outro; mas em se tratando de um blog de visão política de esquerda, através desse conceito do "falar errado", vcs incorrem em preconceito linguístico, que nada mais é que uma ideologia de discriminação social. Não existem falas superiores ou inferiores.
Sugiro a leitura de Marcos Bagno, Mário A. Perini, Labov, Foucault( A ordem do discurso), Cahuí( O que é ideologia), entre outros autores!

Anônimo disse...

O Fernandinho Xiler é aquele magrão oleoso?
O mesmo da produtora?

Getúlio

Anônimo disse...

Pois o gozado, é que por caminhos inexplicáveis parece que a coisa vai se encaminhando bem.
De todos políticos brasileiros para se ter no posto de presidente numa hora dessas, ainda bem que é o Lula e não o Serra ou o Alckmin.
Fosse um dos dois, a essa hora a Aracruz já estava acudida com o dinheiro da venda da Petrobrax. E o FMI entraria em seguida para acudir o Brasil.

Ary da Silva Martini disse...

A falta de tempo justifica que alguém, um assessor, escreva um texto para ser publicado em nome de outra pessoa. Isso é bastante comum. Ocorre que o texto tem que guardar boa similaridade com o perfil do "autor". O "autor" tem que ter acúmulo teórico e conhecimento suficiente para modificar o texto, propor algo mais, suprimir algum parágrafo, etc. Alguém imagina MendeSS fazendo alguma alteração no famoso texto? A única alteração que MendeSS teria condição de fazer seria utilizar o texto impresso, como se papel higiênico fosse, após algum discurso na cantina dos oficiais (limpando a boca).

Antonio Cavalcanti disse...

O elitismo, a presunção, a arrogância e tantos outros defeitos expostos por aqui, desde o blogueiro, o grande Deus da sabedoria, passando por esses pseudo-intelectuais dessa esquerda festiva, revolucionários da internet. BAH!

panoramix disse...

As opções eram Serra e Alckmin Bacamarte - encarou?! Se estavas esperando o que estou pensando, ninguém, nem Lula, vai conseguir fazer no Brasil sem começar roendo pelas bordas e sei o quanto isto é frustrante!

panoramix disse...

como vai teu blog cavalcanti, muito movimento?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Druida, remember please: o pais vinha ladeira abaixo porque o mercado não confiava - e com certa razão - no PT, favorito para a sucessão de FHC. A situação começou a melhorar quando Lula lançou, na véspera da eleição, a famosa carta ao povo brasileiro onde ele se comprometeu a fazer uma política de consenso. A política economica e social de Lula é praticamente a mesma de FHC. É essa é a grande crítica que certa esquerda faz do governo Lula que é chamado de pragmático. tatul

Ary da Silva Martini disse...

Então tá, Maia! Tudo se resume numa cartinha assinada pelo Lula. Pelamordedeus!

panoramix disse...

Maia te lembra da Islândia, um modelo do perfeito liberalismo, vai até o RS Urgente. Tens uns posts muito legais do Instituto Liberal que eu vinha procurando há horas. Felizmente o Marco achou! ACORDA!

Gilmar da Rosa disse...

Prezado Feil! Suspeito que o autor do "artigo" estej além mares...creio ser obra daquele sujeito sumido que foi observar o pleito norte-americano. Vá saber...Quiçá seja fruto de algum diálogo "gravado"

Anônimo disse...

Ninguém fala mais no mercado depois do desvendar das falcatruas que ele gesta e propicia gestações, só o Maia.

Ninguém fala mais no FHC, só o Maia.

Mas o que me incomoda agora é saber se aquele timezinho facista que manobrava lá pelo MP já foi indiciado ou qualquer coisa que o valha.

Claudio Dode

Anônimo disse...

A esquerda jamais vai admitir que não tinha projeto para o Brasil (aliás, tinha, fazer tudo ao contrário do que faz hoje: calote da divida externa, juros baixos, estatização, etc).
E não entendo qual é essa dificuldade. Votei no Lula em todas as eleições até ele se eleger. E hoje admito que eu estava errado, que o partido mentia pra idiotas como eu para chegar ao poder. Não me envergonho de reconhecer que estava errado. Me envergonharia de insistir no erro como um cego.

carlos disse...

Pois é, anônimo das 15:05. Existem milhões de eleitores brasileiros que ainda acreditam que a esquerda irá fazer tais mudanças.

Anônimo disse...

Isso! Vamos todos votar na direita nas próximas eleições!!!
U-huuuu!!!
Yeda! Yeda!
Seeeeeeerra! Seeeeeeerra!
Záchia! Záchia!
Dá-le, dá-le Zambiaaaaasii, com muito orgulho, com muuuuito amooooooo-o-o-or!

heliopaz disse...

A única coisa que "estala" no Mendes são as catracas de suas algemas.

[]'s,
Hélio

Leandro Rodrigues disse...

Caro Maia:
É simplória a avaliação que tu fazes das políticas de FHC e Lula. Apesar de, em muitos aspectos, serem parecidas, são diferentes em pontos fundamentais. FHC praticava relações comerciais quase exclusivas com EUA, mas Lula optou pela diversificação, incluindo América Latina e outros continentes no rol de parceiros comerciais, pra te lembrar uma única dentre muitas diferenças.

Oscar disse...

Ridículo! Logo o cel. Mendes. Ele podia ter ido c/ mais calma nas citações!

Murilo disse...

Acho lamentavel que alguem defenda este Nazista do Cel. mendes...este infeliz do maia é um....deveria ser bandio daqui, e nao me venha com democracia....o PMDB persegue TODO funcionario que venham a saber que é do PT, difamam qualquer um que se levante contyra o governo PSDB/PMDB, é só ver o que acontce na midia aqui, em Minas e em Sao Paulo...
Maia, vá lamber as botas dos teus donos,,que é teu lugar, nenhum democrata deveria defender a violencia, tua carapaça caiu de vez seu facista!

Carlos Heitor Conte disse...

Tenho que ler um covarde, que se escionde atras do anonimato dizer que estava errado em votar no LULA...o pais está inserido finalmente na comunidade internacional, sem precisar entregar tudo como FHC, PAGOU a chamada divida externa impagavel, o pais embora a crise externa, que em outros tempos já teria ruido o pais, esta se equilibrando, e um facista disfarçado vem dizer que se enganou. Bom é o Fogaça privatizador e netreguista, bom é o Serra, pelego da burguesia, a Yeda a ladra protegida pela RBS...

José Carlos Kayser disse...

Se fosse por questões políticas, colocaria todos na mesma cesta. O fato preocupante é que o coronel, sem curso superior, agora é juiz do Tribunal Militar do Estado. Seus menos de 500 processos seriam absorvidos por qualquer Vara Criminal da Justiça Comum. Mas é preciso manter os privilégios em qualquer governo...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo