Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 7 de maio de 2008


Governador tucano diz que índios cometem ato terrorista

O governador de Roraima, José de Anchieta Júnior (PSDB), classificou ontem (6) de ato “terrorista” por parte dos índios a construção de tendas na área da Fazenda Depósito, na Terra Indígena Raposa/Serra do Sol. Na ocasião, dez indígenas foram baleados por pistoleiros de arrozeiros. “A ação de ontem foi uma ação terrorista e o terrorismo é difícil você conter”, afirmou. A informação é da Agência Brasil.

Ao ser questionado por jornalistas se terrorista não seria um termo forte, o governador preferiu dizer que o ideal seria classificar como um ato de “insanidade”. E explicou: “Se estamos discutindo uma questão polêmica onde existe um conflito e as partes com pensamentos antagônicos, temos a promessa do Supremo [Tribunal Federal] de definir isso com celeridade. Qualquer pessoa de bom senso não entende como uma situação normal essa invasão de ontem”.

Em entrevista ontem, o governador (foto) definiu como “invasão” a entrada dos índios na fazenda de arrozeiros, situada no meio de uma reserva indígena. Depois, ele voltou a negar que esteja tomando partido dos produtores de arroz. “Não estou aqui defendendo o interesse de meia dúzia de empresários arrozeiros, estou defendendo os interesses do meu Estado, dos quais 47% já são demarcações indígenas. Tenho o apoio hoje de 80% das comunidades indígenas de Roraima.”

O governador não informou como contabiliza de forma tão precisa os seus apoiadores.


13 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

É necessário que 19.000 índios ocupe uma área que parece ser 10 vezes maior do que a cidade de São Paulo? E uma área de fronteira complicada, onde atuam ong´s de todos os gostos, inclusive aquelas interessadas em tirar do Brasil aquele território? Falta bom senso ao governo brasileiro nesse episódio.

Anônimo disse...

Maia,

Bom senso não é entregar terra a ciminosos como o Quartieiro.
Se pensares que bom senso pode ser devolver a terra a quem de direito pode ser que alguem com bom senso te acompanhe.

Aliás para voces que são sempre avidos de defender multi nacionais, e atacarem o MST poderiam ter um pouco de bom senso como tem os parlamentares de Basel, na Suiça, que pediram esclarecimentos a Syngenta pelo assassinato de Valmir Mota de Oliveira, o Keno.

Lá Os parlamentares querem saber quais as providências que a Syngenta para reparar os danos sofridos pelas vitimas do ataque. E por aqui é só loas aos gananciosos estrageiros.

Os acionistas minotarios, em assembléia, cobram providências dos diretores para que respeite as leis do Brasil.

E por aqui os "arroubos" fora da lei da Stensora e Aracruz, são saudadas pelos neocolonialistas e picaretas em geral.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Nem Himmler falaria tamanha besteira. Canalhinha.

armando

Anônimo disse...

E entregar tudo a 6 sulistas plantadores de arroz é necessário e justo?

armando

Blogoleone disse...

Olha só que engraçado: os mesmos que espumam de ódio quando os sem terra invadem fazendas no sul incentivam e apoiam alegremente a invasão dos arrozeiros nas terras dos índios de Roraima.

Anônimo disse...

na Roraima dos outros é refresco!

MEDEIROS disse...

O MALA É PATRIOTA??? ÊSSE CARA DE PAU, APOIA INVASÃO DOS ARROZEIROS???

Carlos Eduardo da Maia disse...

Não estou defendendo invasão de latifundiários e arrozeiros na Terra Indígena Raposa Terra do Sol, estou apenas defendendo, como faz o Aldo Rabello o guru do Scharlau, que não é razoável que 19.000 índios e suas obscuras ONG´s ocupem -de forma exclusiva - uma imensa área fronteiriça -- 10 vezes maior do que a cidade de S. Paulo. Não é razoável, não é proporcional, não é sensato.

Anônimo disse...

no Canadá e na Austrália tem reservas de autóctones muito maiores que a Raposa do Sol, e sem problema algum com arrozeiro marginal e pistoleiro bandido.

Anônimo disse...

"...bendito seja o MST, que continua a suscitar um salutar desassossego no coração de nossos grandes proprietários agrícolas!"

Prof. Fábio K. Comparato, na Folha de hoje.

armando

Carlos Eduardo da Maia disse...

Interessante, Armando, é que vc utiliza as fontes do "PIG" quando te convém....

Anônimo disse...

Enviado por Míriam Leitão - 7.5.2008| 8h54m
Caso Dorothy Stang
Absolvição fortalece a bandidagem na Amazônia

O caso da missionária Dorothy Stang e o da reserva indígena Raposa Serra do Sol, onde dez índios foram baleados, são fruto do mesmo drama brasileiro: a ocupação ilegal da terra.

Até que enfim o Bom Senso!!!

Claudio Dode

sisqueci disse...

O "produtor rural" foi preso esta tarde pela polícia federal por FORMAÇÃO DE MILÍCIA e FABRICAÇÃO DE EXPLOSIVOS.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo