Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 13 de maio de 2008


Este blog já tinha apontado a inconstitucionalidade

O texto abaixo foi publicado neste blog DG em 10 de abril último, um dia depois de o Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema) aprovar, por unanimidade (19 votos), o Zoneamento para a Silvicultura, tornando o RS o primeiro Estado a ter diretrizes para o investimento em florestas extensivas que se destinam à fabricação de celulose e papel. Tivemos uma polêmica no blog, na ocasião, com 72 comentários de leitores.

.....

O fato é que o RS a partir de agora é território livre para o desequilíbrio ambiental generalizado. As normas ontem aprovadas significam uma não-regulamentação, um não-zoneamento, assim como a monocultura extensiva de eucaliptos significam uma não-silvicultura.

A presidente da Fepam, Ana Pellini, amiga pessoal da governadora Yeda, usou de uma franqueza constrangedora para um agente público: “Quando as empresas adquirirem uma área já saberão como usar”. Isso prova que prevaleceu o estrito interesse dos grandes investidores em papel e celulose – as chamadas papeleiras – , e que o Estado e seus atuais dirigentes estão capturados pelo interesse privado em prejuízo do interesse público.

Mas a sociedade e seus movimentos sociais precisam reagir com firmeza. Isso não pode ficar assim. Está em jogo o presente e o futuro do bioma Pampa. O poder público estadual está sendo negligente e precisa ser chamado às suas responsabilidades constitucionais.

As novas diretrizes ontem aprovadas significam uma tácita declaração de que o Estado abre mão de suas responsabilidades na preservação e conservação ambiental. Isso se constitui em grave violação da Constituição do Estado e um gravíssimo desrespeito à Constituição Federal.

A sociedade e a União precisam reagir.

.....

Como podem constatar, depois de lerem o post abaixo, a União, através do procurador-geral da República, reagiu prontamente na defesa do bioma Pampa e contra a farra das papeleiras no Rio Grande do Sul em combinação com a leniência do governo Yeda Rorato Crusius.

Confira o post de 10 de abril na íntegra aqui

4 comentários:

mário casado disse...

Muito bom, os blogs estão de parabéns!
Essas notícias jamais veremos no PIG.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Qual dos Pigs, do partido da imprensa golpista ou do partido da imprensa governista?

Anônimo disse...

no PIG do Y

partido da imprensa governista da Yeda

Anônimo disse...

Por que o blogueiro não entra na Justiça, já que acha estar correta sua avaliação neste caso?

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo