Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Sobre a legitimidade dos cansadinhos

Vocês viram que este blog não fez muita (nem pouca) consideração pelo movimento (“cívico-patriótico”) “Cansei”. Aquilo é uma piada. Viram quantos eles são? Uma meia dúzia de tolinhos perfumadinhos fazendo protestinho em aeroporto, com narizinho vermelhinho e trajados de pretinho básico.

Essa gente – parasitários todos – é herdeira direta da oligarquia escravagista do Brasil colonial. Hoje, eles apenas mudaram a matriz ideológica, da Inglaterra para os Estados Unidos. No mole, no mole mesmo, essa parasitolândia queria é viver em Miami. Enquanto não podem, ficam por aqui queimando índio, espancando as suas próprias serviçais domésticas (preferentemente, negras), brincando de jogar ovo podre de cima dos prédios luxuosos onde moram, e se entupindo de pó e álcool para preencher o vácuo de existências desertas.

De qualquer forma, quero reconhecer que o movimento “Cansei” é legítimo. Falo sério e de forma convicta. Os parasitas precisam ter expressão política, precisam manifestar publicamente as suas bandeiras e consignas de luta. Nem que seja só para expor a sua própria estafa existencial e fadiga de classe.

Se não o fizerem, como mecanismo de descompressão psíquica, logo adiante o suicídio coletivo será um dever.

3 comentários:

ligia coelho disse...

que se matem todos, essa pragas sociais

Deposito do Maia disse...

Esse movimento Cansei da OAB-SP é muito mais um movimento de classe média alta do que da elite. Quem está cansado mesmo neste país não é a classe média e muito menos a elite. É o povo que está cansado do péssimo atendimento do serviço público que os sucessivos governos (inclusive o do PT) não conseguem melhorar. A educação é péssima e a saúde sofrível. E assim continua. Infelizmente, os pobres e os excluídos do Brasil não gritam, não dizem que estão cansados. Deveriam gritar e exigir dos governantes (de todos os partidos) um serviço público decente.

Anônimo disse...

Trata-se de patologia da delinqüência dessa classe média, inútil, desocupada e canalha.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo