Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 29 de agosto de 2007


FHC também é réu

Apenas um fato, entre vários, já justifica perante a justiça anular o processo de privatização [da Vale]:

O "sumiço" de 9,688 bilhões de toneladas em reservas de minério de ferro.

Em maio de 1995, a Vale informou oficialmente à Securities and Exchange Commission - SEC, órgão responsável pela fiscalização do mercado de ações norte-americano - que suas reservas de minério de ferro nas minas do Sistema Sul, todas localizadas em Minas Gerais, totalizavam 7,918 bilhões de toneladas.

No edital de venda da empresa (item 6.5.1), o Sistema Sul aparece com apenas 1,4 bilhão de toneladas, ou seja, 6,518 bilhões de toneladas a menos.

A Vale informou à SEC que as reservas minerais do complexo de Carajás, situado no Pará, eram de 4,970 bilhões de toneladas.

No edital, as reservas de Carajás foram estimadas em 1,8 bilhão de toneladas - 3,170 bilhões de toneladas a menos.

Se você quiser consultar a movimentação do processo acima no TRF1 clique no link abaixo:

http://www.trf1.gov.br/Processos/ProcessosTRF/ctrf1proc/ctrf1proc.asp?proc=199939000073039

Pescado inteiramente do blog do Azenha.

18 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Num país democrático qualquer pessoa pode entrar com ação contra qualquer pessoa. É só escolher, mas vai, evidentemente, arcar com a responsabilidade moral e material do litígio. Isso faz parte do estado democrático de direito (não confundir com direita). Essa ação foi proposta pela Dra. Clair da Flora Martins. http://www.dra.clair.nom.br/biografia/index.php.

Dra. Clair é contra a privatização, contra a desnacionalização e é contra a reforma da CLT. Esta ação é política e não jurídica e os argumentos de Dra. Clair são muito questionáveis. Mas o Diário Gauche ainda está devendo aos seus assíduos leitores desse importante e democrático espaço algum comentario sobre a denúncia (não de Dra Clair, mas do Ministério Público Federal) já aceita pelo republicano ( e não bolivariano) STF. Muito alarde se faz pela ação de Dra. Clair e nenhum alarde sobre a denúncia aprovada pelo STF.


advogada trabalhista, ao longo dos anos defendeu milhares de trabalhadores, alcançando importantes vitórias nas causas em que atuou, proporcionando-lhe grande prestígio junto à SOCIEDADE e à comunidade jurídica. Foi presidente da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas, é representante do Brasil junto à Associação Latino Americana de Jus Laboralistas. Foi conselheira da OAB-PR e Presidente do Sindicato dos Advogados do Paraná.

Anônimo disse...

Faz a denúncia no teu silencioso blog, não é para isso o teu esforço? Feita a denúncia, debate com teus inúmeros leitores.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu não tenho blog anônimo, eu tenho um pequeno depósito, um decadente armazém da esquina que vende a fiado e não tem nenhuma condição de competir com os grandes hiper mercados.

Anônimo disse...

Aos petistas e "ex-petistas" não existe o conceito de "transitar em julgado" ou, no mínimo, a dúvida. Feita a denúncia é culpado. Prende-os. Neste mundo tem cada advogado ...

Anônimo disse...

Pelo jeito o Diário Gauche é o Zaffari, enquanto o resto é pura inveja.

armando disse...

Maia, pau que bate em chico, bate em francisco, já dizia a sabedoria popular.
Quer dizer que a ação contra o "Farol" é política? E contra os petistas é o quê?

Outra coisa: por falar em quadrilheiros, está faltando não em Nuremberg, mas no banco dos réus, os que dilapidaram o patrimônio público de 1994 a 2002. Quando serão cobrados pelos crimes contra Pindorama?

armando disse...

O problema é que de 1994 a 2002 existia o famoso engavetador geral da união, que hoje da expediente como vestal no STF, recebendo denúncias. Ao contrário, um funcionário nomeado por Lula, o PGR, fez a denúncia e foi recebida, para surpresa de todas as crianças do país, pelo STF. Recebimento puramente político. O julgamento demonstrará, pois as provas rarearão, ou simplesmente não existirão.

Gozada a direita! Defende o Estado burguês baseado no Direito, mas apenas quando interessa. Quando a lei se aproxima da Daslu, ou do Pimenta, ou de desembargadore e juízes, etc, etc, aí não vale, aí "veja bem"? Caras de pau, safados!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Armando, será que não houve engavetamento em relação ao chefe da quadrilha, o chefe do Dirceu? Explica, Armando, por que o enigmático Valério tanto se empenhou para conseguir empréstimo para a ex mulher do Dirceu no BMG e porque ele também se empenhou para conseguir um emprego naquele banco para essa senhorinha?
Sempre fui a favor da PF do governo Lula. O pessoal da Daslu tem sim de ir para a cadeia. A picaretagem é a mesma. Dirceu, Daslu, Pimenta todos têm de ir para o xadrez.

armando disse...

Disse e repito: mensalão é uma ficção. O que houve o tempo todo é o que sempre houve em todos os governos: caixa 2.

Mais, a denúncia foi recebida por decisão política. Nada mais.

O objetivo da mídia em conluio com a classe dominante, derrotados em novembro de 2006, era atingir o presidente. Não conseguindo, serviu o capitão do timme, figura odiada pelos teus amigos Maia desde os idos dos anos 60. Dirceu, independente de concordarmos com ele ou não, é o ícone da luta contra os canalhas desde 1967. Isso é imperdoável para os que pensam como você: os vendilhões do país.

ET. antes que destiles veneno: não sou "dirceuzista" ou petista, mas não sou covarde e não renego meu passado, ao contrário de muitos "convertidos". Aliás, cadê a posição desse partido sobre esse massacre perpetrado sobre petistas históricos?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Se o mensalão fosse ficção o STF teria mandado arquivar a denúncia. E 5 dos 10 ministros foram indicados por Lula, inclusive Eros Grau que é ligado a Dirceu e votou a favor do indiciamento em corrupção e formação de quadrilha. Na verdade, o dinheiro do valerioduto não serviu apenas para pagar os partidos aliados ( a banda podre do congresso que o PT se aliou), mas também para as campanhas do PT a prefeito. O PT-RS recebeu mais de 1 milhão de reais do valerioduto. Esse dinheiro foi para a campanha do incorruptível Raul Pont e foi dinheiro ilícito posto fora, não serviu para nada, pois ele perdeu para o morno do Fogaça. Então Dirceu e Waldir Pires vão ser eternos heróis porque lutaram contra uma ditadura, contra a qual eu também lutei e fui contra. Isso é história para boi dormir. Esse aspecto histórico não elimina o fato de que Waldir foi péssimo gestor e Dirceu o arquiteto da grande picaretagem.

Anônimo disse...

Tadinho do Maia. Faltou uma gestão "para o decadente armazém de esquina dele", por que, para mim, mercado decadente é sinônimo de "quebrado". Tem qua mandar pra ele, também, um daqueles cartazes que se vê muito lá na fronteira, em que aparecem dois comerciantes, que diz: "eu vedi fiado e outro eu vendi a dinheiro". Façam o que eu falo, mas eu não faço o que digo".

Carlos Eduardo da Maia disse...

Anônimo, estou focado numa gestão eficiente e vendendo muita goiabada. O João da Ega está me auxiliando atendendo como balconista e, por favor - não espalha -, ele está trabalhando informalmente. Não tenho condições de pagar o que a CLT manda. Mas o mercadinho tá indo, devagarinho, tá indo. Quando chegar a eleição vou pedir um auxílio para algum político, talvez o Rosseto me ajude.

armando disse...

Eros ligado a Dirceu? Esse cara é louco ou se faz de burro para pastar?

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eros Roberto Grau já livrou Dirceu da cassação, sendo que essa decisão foi revista em plenário. E Dirceu acabou sendo cassado. Eros Grau é ligado ao PT, já advogou para sindicatos e associações ligadas ao PT e CUT e foi indicado por Lula a mando de Dirceu. Se Eros Grau -- que é sim um bom jurista e autor de bons livros jurídicos - votasse novamente a favor de Dirceu sua credibilidade no paíse estaria afetada. Ele não teve outra alternativa diante dos forte e conclusivos indícios, sobretudo o apartamento da ex mulher de Dirceu financiado pelo BMG a pedido de Valério.

Guimas disse...

Armando, uma sugestão: não dá papo pro Maia - é inútil. Ele só tem idéias prontas e normalmente ignora qualquer contraponto que se apresente. O melhor é ignorar mesmo.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Meu caro Guimas, não existem idéias prontas. O mundo é dialético e dinâmico e as pessoas mudam, são flexíveis e o pensamento não é engessado, conservador e reacionário.

Anônimo disse...

Não Maia, tu tem mesmo é que pedir ajuda econômica é para alguém do PTB. Se é que tu me entende ...

Anônimo disse...

Carlos Eduardo, em um país democrático qualquer pessoa NÃO pode entrar com ação contra qualquer pessoa. Em país democático, existe o ordenamento jurídico, até para evitar litigância de má fé. Resumindo. Para o ajuizamento de uma ação, há que ser preenchidos uma série de requisitos legais, podendo o Juiz, de plano, não aceitar uma petição, que não preecha esta série de requisitos.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo