Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Angeli


20 comentários:

Deposito do Maia disse...

Mas o que ninguém fala é que o lucro da Petrobrás (que quer monopolizar o mercado brasileiro) é muiiiiiito maior do que a dos bancos. Triplicou nos últimos 4 anos. Foi de R$ 8 bilhões em 2002 para R$ 25,9 bilhões em 2006, fonte rádiobras (agência brasil). O lucro do Bradesco é 10% disso, 2,3 bi. O do Itau foi de 2,115 bi.

Gustavo Guglielmi disse...

Não compare capitais de naturezas diferentes. É desonestidade intelectual. A Petrobrás produz riqueza, cria valor. Os bancos não criam riqueza, só especulam com o valor abstrata (a riqueza de todos). O capital financeiro é uma deformação do capitalismo e ainda irá levá-lo para o buraco.

Deposito do Maia disse...

Gustavo, é apenas para se ter uma noção da escala. Ou seja, o lucro do Bradesco, o maior banco privado brasileiro, corresponde a 10% do da Petrobrás. O capital financeiro é um mal necessário. Quem cria riqueza necessita do banco para criar mais riquezas, para investir, para aplicar, para fazer renda. É preconceito concluir que os bancos não criam riqueza. Isso é chavão ou "desonestidade intelectual".

Jorge Vieira disse...

Acho que houve um problema no manete, ou grooving, do metro de sampa e surgiu mais um buraco, em plena Av, Paulista, que feio em Lula. O Serra convocou a mídia para acusar o Zé Dirceu por esse desleixo?

Anônimo disse...

Enfiem o manete, grooving e essa economia capitalista de exploração e o lucro daquela que o BR não vê (a da Petrobrás) na pqtp. bianca

Anônimo disse...

Eu quero saber se como funcionário vou receber a minha parte...

Armando disse...

Maia v. está comparando alhos com bugalhos: setor produtivo (está de parabéns a Petrobrás) e setor especulativo, ou seja o financeiro (pura agiotagem: sem gerar empregos e usando o cliente como funcionário). Questão de honestidade intelectual!
armando

Verinha/PoA/RS disse...

Feil, leia isso: - Pará: Ana Júlia recebe organizadores do Fórum Social Mundial 2009 -
A governadora Ana Júlia Carepa receberá, nesta quinta-feira (9) às 11h, no Centro Integrado de Governo (CIG), os organizadores do Fórum Sociail Mundial, que estão em Belém para discutir a programação do grande evento internacional em 2009, seu sugnificado político e estretégico para uma articulação solidária global.

O governo do Estado já está planejando as obras e serviços de infra-estrutura na região metropolitana, necessárias para recepção dos cerca de 100 mil participantes previstos para o evento na capital paraense. Para ler a íntegra, acesse:
http://www.pt.org.br/sitept/index_files/noticias_int.php?codigo=2475

Anônimo disse...

Meu caro Armando: honestidade intelectual é admitir que a democracia dada é anárquica. bianca

Verinha/PoA/RS disse...

Colegas, desculpem aqui a ignorãncia da macaca; no alto dos meus 38 anos, ainda tenho muitas dúvidas sobre esse 'capitalismo financeiro'. Os lucros bancários elevados pelo que tenho lido(pouco, mas tenho), não acontece somente no Brasil, acontece em muitos outros paises nesse mesmo momento. Esse capitalismo financeiro não é bom para o país?Ele também não é fruto do aumento da renda do brasileiro, renda essa que vem crescendo no governo Lula? É bom ou não? Vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?;o)

Anônimo disse...

ai verinha, desculpe, tá...mas não serve prá o meu planeta. pede prá o cristóvão te explicar. bianca

Anônimo disse...

O que cresce no governo lula é o lullismo, a lula e tubarões. bianca

Gustavo Guglielmi disse...

Maia, vc diz que o capital financeiro cria riqueza. Aponta onde. Veja a bolha imobiliária dos EUA. Porque está desabando? Ora, porque venderam papéis baseados no boom imobiliário, e agora não tem lastro para cobrir a realização dos capitais investidos na especulação pura. Capitalismo-cassino, como diz o Cristóvão. Vá ler Adam Smith, é ele o primeiro a dizer (e não Marx) que a riqueza só é gerada pelo Trabalho. O resto é exploração, especulação, farra de papéis e outras bandalheiras dos capitalistas rentistas. Outra coisa: achar que os bancos "brasileiros" são diferentes dos bancos em geral é de uma ingenuidade perigosa. E Lula não é ingênuo, é outra coisa.

Omar disse...

Alguém sabe o que REALMENTE aconteceu ontem em Pedro Osório?

Anônimo disse...

o novo buraco do neoliberalismo do "presidente" Serra, amigo do peito do "Patton" Jobin, fica na Rua Pinheiros.

De buraco em buraco, engolindo gente simples que não é formadora de opinião e, portanto, não sensibiliza a classe média raivosa e ignorante, o mundo da "gestão moderna" vai atropelando e faturando.
armando

Deposito do Maia disse...

Gustavo, qualquer empresário, inclusive o Zé do armazém ali da esquina necessita de banco para tocar seu negócio. O sistema financeiro é um aliado, um parceiro do setor produtivo. Um não vive sem o outro. Banco dá lucro em qualquer economia capitalista, em qualquer país em desenvolvimento. Aliás, Banco tem de dar lucro, é condição sine qua non. Quem vai investir, aplicar, poupar num banco deficitário? E ao mesmo tempo que o banco recebe capital para investimento, aplicação e poupança ele empresta capital para financiamento. É uma via de mão dupla. Certa esquerda insiste em comparar o incomparável, o mundo do século XIX com o mundo de hoje. Por isso, exatamente por isso, o materialismo histórico não existe mais, transformou-se em determinismo idealista.

Anônimo disse...

Tem gente falando do comportamento dos bancos do capitalismo central, na periferia do império é muito diferente. Aqui os bancos são gigolos da viúva, como diz o Gaspari, pois vivem dos juros da dívida do tesouro estatal. Quem manda no Banco Central são os bancos (por isso o Meirelles está lá) para manter a taxa de juro muito elevada e por isso remunerar os capitais que sustentam a dívida. Quem empresta recurso para investimento é o Estado, via o BNDES, com dinheiro da poupança forçada tipo o FAT. Não é por nada que o controle do BNDES interessa tanto a burguesia industrial. O Bradesco o Itaú, e outros, são mamadores dos juros fáceis e dos serviços desregulados (que representam 20% dos lucros)o resto é história para boi dormir.

Verinha/Poa/RS disse...

Senhor Armando, problema lá da rua Pinheiros, foi a falta de 'grooving'. Outra coisa: o senhor entra como 'anônimo' por opção?

armando disse...

Não Verinha, agora já ajustei o "manete". Olha aí em cima...
abraço, armando (sem senhor)

Verinha disse...

Ok, Bianca, eu pedi ajuda mesmo aos 'professô-dotô', achistas e chutistas já basta eu. - A propósito, em que planeta vc vive?

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo