Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Marta Suplicy aloprou novamente


Ignorante e reacionária, petista paulistana faz o debate errado

Adotando uma estratégia asinina, a ex-prefeita de São Paulo, Marta Suplicy (PT-SP), resolveu entrar num debate que desconhece, usando argumentos equivocados. Pior: se meteu a discorrer sobre um tema para o qual não está autorizada - nem pela história, nem pela direção do PT. Durante a ditadura, lembre-se, a ex-prefeita apenas gozava as benesses sociais de ter nascido Smith de Vasconcelos e ter casado com um Matarazzo Suplicy.

Com uma aliada da qualidade de Marta Suplicy, em São Paulo, a pré-candidata Dilma Rousseff está mal arranjada.

Marta atacou Gabeira pelos motivos errados, na hora errada. Ao fazê-lo, admitiu tacitamente que as ações políticas da esquerda durante a ditadura civil-militar foram reprováveis (mesmo argumento da direita), supondo que Gabeira iria "matar" (palavra dela, Marta) o embaixador estadunidense Charles Elbrick, em 1969, durante sequestro para forçar negociação com os militares no sentido de libertar presos políticos.

Mais uma vez, o PT de São Paulo precisa segurar os seus aloprados, caso contrário, estes podem causar sérios danos políticos na presente corrida eleitoral, tanto regional, quanto nacionalmente.

15 comentários:

Marcelo J. disse...

Sinceramente, acho a Marta uma perua, sou muito mais a Luiza Erundina.

udo disse...

Marcelo Jota como vc tem posições politizadas, meu rapaz!

lgonzales disse...

"Magda" Matarazzo Suplicy

cazé disse...

Perua, não. Jegue.

Jegue louro.

rafael disse...

o PT paulista e do DF apodrecem o partido!

Marcelo J. disse...

Desculpe Udo, talvez eu tenha exagerado na opinião sobre ela (a Marta). Não sei quanto ao "como" em relação à minha politização, ela não é racional, mas sim intuitiva. Acho que Luiza Erundina foi muito mais governadora do que Marta. Mas talvez ela seja uma das melhores da atualidade para opinar sobre a nossa "suruba" política, mas como sexóloga não como personagem político. O que implicaria em análise racional não em agressão irracional. Abraços

Anônimo disse...

A Marta é a síntese do pensamento do PT. Acusar o adversário de fazer tudo o que por rotina fez ou fará o acusador, é a lógica.

BRETTAS disse...

Cristóvão, não sou fã da Marta, apesar de Petista. Prefiro seu ex marido, que considero como pessoa de caráter. Acredito, porém, que houve equívoco na interpretação de sua fala. Ela falou, em evento interno do PT, atacando a mídia e não o Gabeira. Ela usou como exemplo de dois pesos e duas medidas o fato do PIG e direira tratarem a Dilma como terrorista e se calarem em relação ao Gabeira, que se aliou aos conservadores. Só pra concluir, ela não nasceu Matarazzo, e sim o Eduardo Matarazzo Suplicy.
Saudações fraternas.

Nelson disse...

Dizem que paulista não sabe sambar. E não é a primeira que a dona Marta "atravessa o samba".
Lembra quando ela, uma sexóloga de mente aberta - pelo menos se supunha que assim fosse - colocou à baila a questão da sexualidade do prefeito Kassab?

Maria Lúcia disse...

É duro... Ela não aprendeu com a última bobagem que a tirou instantaneamente do páreo na corrida à prefeitura e agora nos vem com esta... Nossa!

Cristóvão Feil disse...

Brettas, obrigado.


CF

Anônimo disse...

O pior de tudo é ver que tem alguém que se preocupa com o Gabeira ( o da eterna sunguinha de crochê), o cara que defende o Surf para as filhas dele e o Surfu para as filhas dos pobres propondo a legalização da prostituição. Quer dizer as filhas dele vão para o Havai com o dinheiro da Cãmara dos Deputados (vadios que nem ele), e as filhas dos pobres vão para a zona com o dinheiro da previdência.

E dá-lhe maconha para a "velhinha de Ipanema"

Claudio Dode

Anônimo disse...

Nasceu Smith, também família da elite predadora.

armando do prado.

Anônimo disse...

Desculpe seu Gauche, mas você caiu na lábia da grande mídia tucana. Foi uma frase tirada de todo um contexto.
A Marta realmente fala umas bobagens de vez em quando (naõ neste caso), mas foi, assim com a tia Erundina, uma ótima prefeita. Apanhou diariamente da mídia tucana que a chamava de pu** para baixo.
Frank

Cristóvão Feil disse...

OK, sr. Franck, diga qual foi o contexto, então.
Aqui você tem espaço para fazê-lo. Diga-nos. Explique as posições reacionárias e equivocadas de Marta.
Estou aguardando.

CF

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo