Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Já vai tarde


Angeli

11 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Não é essa a realidade que se vê nos shoppings brasileiros.

prieb disse...

E por acaso os xópins brasileiros são a realidade brasileira?

Me poupe, salgadinho.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Não são, Prieb, a realidade brasileira, mas estão embutidos na realidade brasileira. E a população que frequenta e consome nesses locais padronizados e chatos está aumentando neste Brasilsão. Quando é que você vai tirar essa algema cerebral?

edu disse...

Como é superficial esse maia...

Ele tenta manter a lenda do "ganhar sem trabalhar" das bolsas...

ACABOU, a banca arrematou o fruto do trabalho de vcs maia, ACABOU, o jogo sò vai recomeçar daqui a decadas, quando os que viram o truque estiverem mortos e esquecidos.

O que esta acontecendo sera muito pior que a grande depressao.

Como se encontram maias hj em dia, ficaram pelados no cassino e estao loucos para poderem receber mais um emprestimos para poder recomeçar a jogar e tentar recuperar a vida que perderam...

Sò que a banca mostrou as cartas...e esse jogo nao interessa mais à ela...vamos começar outro...quando os maias estiverem barbudos, bebados e morando no banco da praça...

jukão disse...

O Maia vai ser flanelinha nas torres do Pontal do Estaleiro.
- Aí tio, tá bem cuidado, tio, deixa uma caixinha aí tio. Pode deixá, doutor, estamos na área, conosco ninguém podemos...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Eu, defendendo o ganho sem trabalho ou sem serviço? Da onde, cara pálida?

edu disse...

Me de a tua prataria...eu faço ela render...vc fica em casa na sombra e apenas conta o $$$ que tuas açoes rendem...

Anônimo disse...

Edu:

O Cara passa o dia aqui "pentelhando", se não é esse o trabalho dele...

Claudio Dode

Anônimo disse...

Afinal, só eu não sei qual é o trabalho do da maia? E quantos anos ele tem? Pensei em pedir ao papai noel que o presenteie com uma cópia emoldurada daquele discurso onde o Lula recomenda que os brasileiros consumam mais.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Thanks, achei o discurso do Lula o fim da picada.

Anônimo disse...

E o cara ainda é pago com dinheiro público. Deve ser o sub sub sub do Dantas.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo