Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 25 de junho de 2008


Brasil é paraíso de novos milionários

O número de milionários no Brasil cresceu 19,1% no ano passado, o terceiro maior avanço no mundo, superado apenas por Índia e China. O país contava, em 2007, com 143 mil pessoas com ativos de pelo menos US$ 1 milhão (23 mil a mais do que em 2006), segundo estudo anual do Merrill Lynch e da Capgemini. O aumento superou ainda o do PIB (Produto Interno Bruto, soma de todas as riquezas produzidas no país), que cresceu 5,4% em 2007.


Foi o maior crescimento no número de milionários do país nos últimos cinco anos desse estudo (quando os dados dos países ficaram mais detalhados). Nesse período, a maior expansão tinha sido a de 2005, de 11,3%, quando o Brasil teve o décimo maior avanço mundial. A informação está nos principais jornais do País, hoje.


8 comentários:

Marcelo disse...

Alguém sabe dizer se casa é considerado ativo?

Jairo Machado Cavalheiro disse...

Em contabilidade o ativo são os bens e direitos que a empresa tem num determinado momento, resultante de suas transações ou eventos passados da qual futuros benefícios econômicos podem ser obtidos. Exemplos de ativos incluem caixa, estoques, equipamentos e prédios.

Cumpre ressaltar a evolução da Teoria Contábil na conceituação do Ativo: durante muito tempo se definiu os bens do Ativo como aqueles que a Entidade detivesse o chamado "Direito de Propriedade" (escola do Personalismo, por exemplo). Com o advento do Patrimonialismo, qualquer bem que seja utilizado econômicamente pela Entidade, passou a figurar no Ativo. Na Contabilidade Pública brasileira, há grande quantidade de contas de compensação, que figuram em Ativos para fins de controle e análise, ou seja, independem das relações diretas jurídicas e ecônomicas com um determinado bem.

Para fins de organização em um Ativo do Balanço Patrimonial, os bens podem ser classificados da seguinte forma:

* Bens tangíveis – São os bens que tem um corpo físico, tais como terrenos, obras civis, máquinas e utensílios, móveis, veículos, benfeitorias em propriedades arrendadas, direitos sobre recursos naturais etc.

* Bens intangíveis - Os ativos intangíveis não possuem característica física e são de difícil avaliação. Dentro deste grupo estão as patentes, direitos autorais, goodwill, marcas, etc.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Bem imóvel é ativo imobilizado. Casa é considerado ativo sim. Se a pessoa tem patrimônio com mais de US$ 1 milhão é considerada milionária. E esse aumento de número de "NOVOS MILIONÁRIOS" tem a ver também com o estudo do IPEA de que a renda da parcela mais pobre da população cresceu 22% nos últimos cinco anos, enquanto a renda dos mais ricos cresceu 4,9%. O fato de haver aumento de renda na população mais pobre não significa que os ricos estejam perdendo dinheiro. Um fato não está necessariamente ligado ao outro, como pensam as mentalidades antigas.

Anônimo disse...

O Maia acabou de destruir o equilíbrio paretiano, algo que nas ciências ninguém conseguiu, quanta sabedoria.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Como diria o Einstein, tudo é relativo.

Anônimo disse...

Para o Maia,

Tudo é relativo. Tanto que ele defende as papeleiras que tomaram teras criminosamente no RS, e acusa o MST por invadir latifundios improdutivos e que sobrevivem sugando o sangue do Estado.

Para ele rouar o Detran, o Daer, o Banrisul não merce castigo. Agora quem protesta contra a gatunagem, então aí o outro fascista, do da BM em que meter a porrada. No MST que denuncia esta canalha toda além da pancadaria tem de criminalizar.

É por isto que ninguem entra no teu blog, quando pensas fede, quando expressas é só merda.


Claudio Dode

Anônimo disse...

ô Maia,

quem pensa em um ativo imobilizado, não é mesmo de uma mentalidade antiga.

Claudio Dode

Anônimo disse...

O Maia acha que o Einstein era contador?... rs

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo