Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 13 de junho de 2008


As estranhas ações da polícia do coronel Mendes

Deu no RS Urgente:

Um dia depois da pancadaria protagonizada pela Brigada Militar para reprimir uma manifestação contra a corrupção no governo Yeda Crusius (PSDB), seguem os relatos de arbitrariedades e infrações a lei cometidos pela tropa do coronel Paulo Mendes, novo comandante da corporação. O fotógrafo Ronaldo Franco de Oliveira flagrou o momento onde um homem da Brigada Militar esvazia os pneus do carro do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa), minutos antes de o coronel Mendes ordenar que os cacetetes, bombas de gás e balas de borracha entrassem em ação. Após o confronto, o carro foi destruído a bala e chutes pelos policiais, segundo relato de integrantes do sindicato. No programa Conversas Cruzadas (TVCOM), quarta à noite, o coronel Mendes negou que seus homens tivessem cometido qualquer tipo de irregularidade.

A foto mostra o contrário. Agachado, o PM esvazia tranqüilamente o pneu do carro do sindicato. Ao seu lado, acompanhando e protegendo o brigadiano estão outros brigadianos a paisana, provavelmente homens da famosa PM2, a “polícia secreta” da Brigada Militar. O coronel Mendes vem usando os homens da PM2 para acompanhar os movimentos sociais e até mesmo fazer investigações ilegais. Cabe lembrar que o trabalho de investigação é de atribuição da Polícia Civil. Há policiais civis insatisfeitos com o procedimento da “polícia secreta” da Brigada que está realizando investigações à revelia da lei e às vezes até mesmo atrapalhando investigações da Polícia Civil, resultando, inclusive, em prisões ilegais. Os homens da PM2 estão acompanhando as manifestações e outras atividades dos movimentos sociais. O coronel Mendes conta com esse serviço de inteligência para antecipar movimentos e facilitar a repressão.

........

Na Alemanha, antes da ascensão de Adolf Hitler, em 1932 e 1933, brigadas paramilitares de militantes do partido nazista faziam ações de sabotagem, de espancamento de judeus, de brigas sangrentas com a esquerda em locais públicos e inúmeras ações de provocação e demonstração de força bruta, culminando com o incêndio do Parlamento alemão, em fevereiro de 1933.

Qualquer semelhança – talvez – não seja mera coincidência.


5 comentários:

zozé disse...

Brigada Nazi-fascista.

Yeda Nazi!

Carlos Eduardo da Maia disse...

E o nosso capitão nascimento guasca está dando grandes goleadas. Agora, agorinha no programa Polêmica do Lauro Quadros, 4.037 pessoas ligaram para a enquete, 91% aprovam a linha dura do Coronel Mendes. Mas tem gente que vai questionar, vai dizer que estão manipulando etc., que é o PIG da vida que eles têm que ser combatidos...

Anônimo disse...

Como declaram os meliantes do Detran tinham que fazer um "trabalhinho" com a imprensa, sabe lá se esta enquete não faz parte do esquema tucanalha.

O Maia, por onde as moscas passam, esta delirante com as manifestações nazistas do fascinora que comanda a Brigada Militar.

Se facilita paga o Malbec...

Claudio Dode

panoramix disse...

A Brigada Militar não é isto que o Sr. Coronel quer transformar. É instituição séria e não merece ser colocada como apêndice armado de Yeda. A BM pode mais e tenho certeza que está havendo oposição lá dentro!

gustavo disse...

Temos de ter até piedade, pois o ja mais que execrado sr. Maia, parece estar atras de um emprego na ZH ou no diário gaucho. Não consigo ver outro motivo além de oportunismo para uma pessoa que se considera bem instruída tomar as posições preconceituosas de que este sujeito se vale!sua truculência facista ganhou potencialidade depois que o Feil escreveu que "certa grande mídia". estava monitorando o blog.Só pode estar atras de emprego e quer utilizar o espaço como forma de se propagandiar. Mande um currículo pra RBS!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo