Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 4 de abril de 2008


Yeda e Fogaça foram vaiados pela população

A governadora e turista Yeda Crusius (PSDB) e o prefeito e apático José Fogaça (PMDB) foram vaiados durante os anúncios das obras do Programa de Aceleração do Crescimento pelo presidente Lula ontem no Estado. A governadora recebeu vaias em duas ocasiões: na parte da manhã, em Rio Grande, e de tarde, no bairro Sarandi, em Porto Alegre.

Na Capital, a governadora dividiu as vaias com o prefeito Fogaça. Na ocasião, o presidente Lula pediu para que a população não fizesse essa manifestação hostil. Na sua fala de 32 minutos, ocupou 6 para pedir – em vão – que o prefeito e a governadora não fossem vaiados.

Fac-símile parcial da capa do jornal Zero Hora de hoje.

18 comentários:

Anônimo disse...

As vaias não vieram da população, mas sim de organizados grupelhos de esquerda. Alguém duvidava que isto fosse acontecer?

Paulo Correa

Agente 65 disse...

Yeda ficou tão perturbada que seu discurso foi curto e completamente insano. Perdeu o rebolado e falou como uma estudante, tremendo e dando voltas sem nenhum nexo. Ela fica perturbada com vaias.

Anônimo disse...

Kadu

Bem feito!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Pela população??????
Depois criticam o PIG....

Anônimo disse...

Imaginem se o vaiado fosse o Bigode o carnaval que a ZH faria. Por falar nele, foi o mais aplaudido no Sarandi. Como diz o blogueiro - coisas da vida.

Anônimo disse...

Tudo bem. Não foi a população que vaiou, e sim meia dúzia de agitadores trotskistas que nunca estão satisfeitos com nada. A população deve estar muito contente com Yeda e Fogaça, que são capazes de se reeleger até sem a forcinha do Lula.
Baiacurs

Carlos Eduardo da Maia disse...

Olívio foi o mais aplaudido exatamente por aqueles que vaiaram Yeda e perderam a eleição no RS, por uma diferença bem significativas de votos. Aliás, o próprio Lula perdeu a eleição aqui.

Anônimo disse...

Eram os mesmos de Rio Grande, desocupados, entediados, militantes, vieram (ou foram) só para vaiar os dois e aplaudir o Bigode.

A Tia, cada dia fica mais isolada, já está no último andar do Centro Administrativo para não ouvir as vaias da praça, em breve transfere o Gabinete para São José dos Ausentes, para ficar junto da natureza.

Anônimo disse...

por mim essa véia rastaquera ficava isolada em ny pra sempre, ela e a abelha rainha, bem longe daqui.

Anônimo disse...

E o Lula saiu em defesa do Serra de vocês. É muito para o meu humor.

armando

Anônimo disse...

A beleza natural de São José dos Ausentes ficaria poluida...

Anônimo disse...

Engraçado, quando Lula foi vaiado na abertura do Panamericano, muita gente até gostou.
É como dizem, no dos outros é refresco...
José Luís.

Anônimo disse...

E no Pan, aí sim foi o povo...

Anônimo disse...

A Tia poderia transferir o governo para o Farol da Solidão ficaria bem adequado, sem povo para encher o saco e baixo custo fiscal.

orson disse...

O Farol da Solidão vai entrar em pane.

Anônimo disse...

A vaia ao LULA no pan foi o povo insatisfeito (certamente os beneficiários do bolsa-família que compraram ingressos para o evento) agora em Porto Alegre, foi manifestante organizado que vaia o Folgaça e a Tia Véia, isso eu considero um desequilíbrio, dois pesos e várias medidadas....

joice disse...

Cristóvão, que foto!

eu sempre pensei que militantes de um modo geral fizessem parte do povo. não é não? povo organizado, sim. e daí?

Anônimo disse...

Quando o Lula com 2/3 de aprovação popular é vaiado, é pelo povo.
Agora a Yeda (mesmo dcom a intransigente defesa pela PRBS) que em dois gauchos um acha ela péssima, a vaia é de militantes....

Claudio Dode

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo