Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 29 de abril de 2008


O dedo podre

Um amigo memorioso me contou sobre o início da carreira política de dona Yedinha Rorato Crusius, a mesma carreira que por ora parece estar chegando aos capítulos finais.

Vou abreviar bastante, para não enfastiar ninguém com tanta gente chata.

Em 1993, logo depois de ter assumido a presidência, Itamar Franco (1992-1995), queixa-se ao senador Pedro Simon (PMDB-RS) de que precisava escolher uma mulher para o seu ministério, em especial para a pasta do Planejamento, Orçamento e Coordenação. Simon, que gaba-se de não ter o dedo podre (bem ao contrário do que se sabe dele), saltou e disse numa torrente de perdigotos:

- Presidente, eu conheço uma moça do Rio Grande, uma comentadora de TV que fala sobre economia para as donas de casa, economista, professora da Federal e bonita. Acho que pode lhe servir. Que tal?

Itamar pensou um pouco, ajeitou as idéias sob os cabelos rebeldes, e respondeu satisfeito:

- Me parece perfeito, senador Simon. Mande chamá-la.

A professora Yeda durou setenta dias no ministério do Planejamento. O presidente Itamar sequer lhe comunicou a sua exoneração. Ela ficou sabendo que já não era mais ministra através do Diário Oficial da União.

39 comentários:

Jean Scharlau disse...

O fariseu, presidente do Simonédrio, é um dos maiores responsáveis pela crusius que o Rio Grande carrega.

Anônimo disse...

História mentirosa de petralha.

Anônimo disse...

Xô, tucanalha!

Anônimo disse...

Este Simon é o dedo podre que venceu as eleições sobre o dente podre do PT para o Senado.

Maria do Rosário

Anônimo disse...

ao anônimo das 12:48.
se tens uma história mais digna prá essa coisa, que recebe o nosso dinheiro prá iludir o povo, por favor, apresente, pois o que se conhece dela é isso mesmo.
Inclusive o presente justifica o passado.
Maria Iolanda

Mario rangel disse...

Ô Maria do Rosário (a falsa), o "Simão" o vestla da ética(?) venceu graças a campanha da mídia gaudéria. Pega o cuspidor prá ti... O responsável direto pela robalheira no RS.

Andre Passos disse...

Uma pena que o povo não possa exonerar seus maus governadores (as) pelo Diário Oficial...

Abraço

Carlos Eduardo da Maia disse...

Vou contar para vocês a história de um carinha que entrou no Banrisul como escriturário e anos anos depois saiu do Banrisul aposentado, na mesma função, como escriturário. Nesse meio tempo foi prefeito e governador e fez tão boa administração, mas tão boa administração que foi rechaçado pelo próprio partido (fato inusitado e extraordinário) para concorrer a reeleição. Seu partido depois de seu governo não conseguiu vencer nenhuma eleição importante no Estado. E depois de todas essas catástrofes eleitorais, o carinha foi chamado por seu companheiro amigo para ser ministro. E foi tão competente, mas tão competente mesmo que ficou no ministério alguns poucos meses até ser demitido pelo seu próprio amigo e companheiro. E esse carinha não desistiu, tentou concorrer a governador e quase ficou fora do segundo turno ( o detalhe o salvou) e perdeu por uma diferença de 6 pontos ( a maior diferença dos últimos tempos) para uma professorinha de economia caseira.

Sueli-Porto Alegre disse...

Esse carinha( o Maia que disse) aí do Maia,ainda mora no mesmo apartamento de quando era escriturário e anda de ônibus!!!
Graças à esse carinha,que gente que votou na Professorinha( o Maia é que disse) pode ver o quanto se enganou!

Anônimo disse...

Seu maia, isso graças a muita GRANA roubada do Detran, não é? se não fosse o Detran ela não teria nem comprado a casinha dela que tu tá pagando com teus impostos e la tá rindo por que tem um bobo da corte defendendo ela.
Maria Eduarda

Anônimo disse...

E aí Maia, explica a casa de 1,5 milhão que foi escriturada por 750 mil.

Sueli-Porto Alegre disse...

Maia,sinceramente pensei que tu fosse um burrinho educado e respeitoso.Mas,como ninguém pode disfarçar o tempo todo,tu te entregou!O texto fala de "uma professora da Federal" e não de uma professorinha(escritos teus),imputando ao texto uma expressão pejorativa.Isso sim é falta educação com uma pessoa,apesar dos pesares,Governadora do nosso estado.

Anônimo disse...

Mas é muita ousadia e coragem querer comparar uma adventícia, uma neófita em política com o Olívio que viveu a vida toda na luta política, sem rasura na ética e sem mudar de linha política.
Yeda nasceu em 1944, chegou ao ministério em 1993, com 49 anos, sem nunca ter feito política antes, só sala de aula e empreguinho na RBS. E o pior é que nem de economia ela entende. Foi uma péssima professora, quem foi seu aluno não me deixa mentir.
Maia, escolha outro paradigma para medir o Olívio Dutra. Essa sua régua é podre.

Juarez Prieb

Anônimo disse...

Copanheros,

Quem foi aluna da Yeda foi a tal de Dilma. A mãe.

E por falar em Olivio Truta, quem foi que pagou a sede da Farrapos?

Sinceramente, nesse história é o sujo falando do sugismundo.

Lulalelé

Carlos Eduardo da Maia disse...

Maria Eduarda, te informe melhor, o Tubino (aquele mesmo que gravou a voz do amigo oculto Diógenes de Oliveira pedindo para a polícia não reprimir o crime organizado) disse que a grana da casa da Yeda não foi do Detran, mas de sobra de campanha. E o Lula quando pediu desculpa ao povo brasileiro por causa do mensalão ( e tem gente que acredita que isso não existiu) disse para o povo brasileiro, em rede de TV, que dinheiro de sobra de campanha seria uma espécie de "crime menor".... Sueli, professorinha é um termo carinhoso.

Anônimo disse...

Só que a grana da campanha da Tia foi Detran, lembra que houve a briga com o publicitário, que tinha cheques sem fundo, e misteriosamente a dinherama apareceu. Veio da onde?

Mario Rangel disse...

Acho que o Maia tem algum problema sexual com o Olívio, pois ele não larga do pé. E como não tem argumentos para defender a "gata" da tia Yeda, responde com ataques ao Olívio. Coisa que a psicanálise explica. Vai lavar essa boca suja prá falar mal do Olívio. E mais: acho que tu está metido no roubo do Detran...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Fundo de campanha e talvez Caixa 2 comandado pelo mafioso Lair Ferst. Falcatruas tucanas.

Anônimo disse...

Vou contar uma história também. Era uma vez um babaca que não tem mais o que fazer além de criar polêmica em blogs. Quando não tem argumentos para, por exemplo, defender o Pedro Simon, que é o objeto desta postagem, ele faz uma provocação tola, caluniando o Olívio e pronto: desvia o foco da discussão. De uma hora para outra, ninguém mais comenta a postagem, só o comentário do trolzinho babaca.

Sueli-Porto Alegre disse...

Anônimo das 18:54 : tens razão...
Nunca mais vou responder as idiotices do Sr. Maia.

Anônimo disse...

Disseste tudo, anônimo. É por isso que La Vieja já lhe deu vários corridões. Vez por outra ele volta, estrategicamente com o rabinho no meio das pernas, mas é aí que La Vieja bate mais forte, pois não suporta quem se faz de vítima momentaneamente para, depois, destilar o mesmo velho veneno.

Sueli-Porto Alegre disse...

Então Marcelo,ignora ele de vez !
Eu sempre pensei que as pessoas,todas ,poderiam melhorar,mas me enganei.Existem muitos que jamais melhorarão!
E pior,é ,que nem dizia a minha avó,"ele é Disfalçado".

Carlos Eduardo da Maia disse...

Vou contar outra história, nas locadoras tem um filme em DVD chamado "A Vida dos Outros" que em alemão significa "Das Leben der Anderen". O filme é muito recomendável a certas patrulhas ideológicas que andam pela blogosfera. Ele mostra como funciona uma verdadeira e patrulha ideológica, como era a famosa STASI (Ministerium Für Staatsicherheit) da antiga DDR da época que havia no mundo europeu o tal do socialismo real. Recomendo para aqueles que querem "melhorar".

Anônimo disse...

e qual é a diferença Maia, Detran ou sobra de campanha, é um compra fraudulenta, que tu ainda defende,é muito maucaratismo, credo.
Vai deitar vira lata!!!!
Maria Eduarda

Anônimo disse...

Pedro Simon.
Depois de Getúlio Vargas, é o político mais querido do nosso Rio Grande do Sul!

Laerte

Anônimo disse...

1. O governo da Yeda é o mais corrupto dos últimos 20 anos.

2. O governo do Olívio foi uma merda, não dá pra negar. Esperava-se muito mais. Chances perdidas.

3. Diário Gauche é muito melhor que La Vieja.

sisqueci disse...

Continuo aguardando a fala deste monstro da ética gaúcha sobre as falcatruas do Detran e, principalmente, sobre aquele caso do seu afilhado no Banrisul. A demora deve ser porque o Senador deve estar caprichando no discurso, sua especialidade.

Anônimo disse...

Vocês tão discutindo semântica e personalizando questões que deveriam ser republicanas. Prova de que estão preocupados em colocar seu partido no poder, seja qual for, e não ter um estado mais forete e justo, com corruptos na cadeia e oportunidades para quem quer trabalhar e produzir.
Discussão inócua!
Vitor

el barto disse...

o que esse maia gosta mesmo é de um "homem de bem", tipo cabritto, vaz netto, ze germano, lair, fernandes, dorneu e toda a corja imunda que tomou de assalto o rs.
nao nega que é um tucanalha.

el barto disse...

ah, e antes que eu me esqueça: vai a merda, sujeito fdp, vai te agarrar com a pantalhuda destrambelhada!!!!

Anônimo disse...

Nestas histórinhas tem também aquele filme " O Blog dos Outros" que o fascista PZH encena com seus cumplices (provávelmente até alguns com soldos) ivadindo o blog dos outros implantando ficções e as mentiras com que estão habituados.

O que ele não não contam é que depois de várias décadas de militancia que contraria a velha oligarquia branca, racista, preconceituosa, criminosa, usurpadora ( e o que quiser mais não é exagero) o Velho Galo Missioneiro recebe todas estas maledicências no mesmo endereço, e a correligionária do Lair Ferst e do Culau, antes mesmo de enfiar o nariz no Palácio Piratini, já mudou de enderêço, isto segue tentando ser escondido, mas já é público provavelmente com o dinheiro roubado pelos correligionários do Detran.

Claudio Dode

Anônimo disse...

"ivadindo"

É Dode de novo, com a força do povo.

Anônimo disse...

É Anônimo, o Covarde, nem a ZH nem a Yeda me pagam para estar fazendo correção. Esta não é a minha profissão. Só me manifesto para não deixar que os Lacaios do PIG fiquem defendendo os ladrões do Detran, etc.

Claudio Dode

Anônimo disse...

"sempre pensei que as pessoas,todas ,poderiam melhorar,mas me enganei.Existem muitos que jamais melhorarão!"

Companêra, acho que devemos mandar estas pessoas para dashas na sibéria. Daí voltarão "melhoradas" (ou seja, concordando conosco).

Anônimo disse...

As pessoas quase todas melhorarão,
menos as covardes, que isto não tem cura.

Claudio Dode

Anônimo disse...

E o Senador Simon disse que seu dedo não é podre. Vai enfiá-lo no c. dos petístas!

Anônimo disse...

Então, se não apodrecer, vai ficar muito fedido.
E, quem sabe não ache dinheiro escondido?

Elles são muito criativos.

Futz

miguel grazziotin disse...

Maia, nao sei como ainda lhe deixam latir por aqui...O Olivio Dutra ainda vive no mesmo apartamento...me cite um outro governador, de qialquer partido que nao vive como um fariseu ( O rigotto,por acso voltou a ser dentista?) para a laia a qual voce pertence, nao "aproveitar!" o cargo e enriquecer é coisa de burro, para nos, socialista Olivio mostra a honestidade, palavra que voce certamente nao conhece...

Anônimo disse...

Olívio sempre será adorado!
Pelos cachaceiros, e por alguns maconheiros.

Chumbogrosso

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo