Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 29 de abril de 2008


Turismo para a terceira idade

Leio que a governadora tucana Yedinha Crusius vai passar o próximo final de semana em Nova York. Vai a um evento de governadores, onde espera encontrar o seu colega da Califórnia, Arnie Schwarzenegger. Segundo Rosane de Oliveira, jornalista e abelhinha, la Crusius é admiradora de Arnie, embora não fique claro a qual Arnie ela é tiete.

Mike Davis, professor de Teoria Urbana no Instituto de Arquitetura do Sul da Califórnia, no seu livro recentemente lançado Apologia dos Bárbaros (Ed. Boitempo, com ilustrações de Latuff), assegura que Arnold Schwarzenegger mudou da água para o vinho, depois de novembro de 2005. Eleito pelos republicanos neoconservadores em 2004, Arnie enfrentou e perdeu um referendo público, onde sua popularidade caiu a níveis intoleráveis. Ele reagiu à maneira keynesiana, trocando os assessores neocons, de republicanos para democratas, e lançou títulos públicos para financiar 68 bilhões de dólares em escolas (viu, dona Yeda!), rodovias, canais de irrigação e energia alternativa, e ainda teve o topete de desafiar Bush com um mega programa de combate ao aquecimento global.

Mas por que eu estou falando nisso? Bobagem! Dona Yeda quer mesmo ir à NY ver o velho Schwarzenegger, aquele protagonista de O Exterminador do Futuro. E como está fazendo turismo mesmo, e o Estado que governa está quebrado, ela certamente não está queimando recursos públicos neste recreio particular, vai usar o programa Viaja Mais Melhor Idade, do governo Lula.

Boas fotos com Arnie, dona Yeda!


5 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Uma coisa é a Califórnia, o Estado mais rico americano que tem condições de lançar títulos públicos para financiar 68 bilhões de dólares e outra coisa é o Rio Grande do Sul, péssimamente administrado por diversos governadores (inclusive do PT) e que não tem nenhuma condição de lançar títulos públicos no mercado para financiamento. Não se pode comparar alhos com bugalhos.

Anônimo disse...

Mas quem comparou, Maia. A única comparação que tem no texto é o Arnie keynesiano e o Arnie Exterminador do Futuro. Quem tem que escolher é a tia.

Juarez

Anônimo disse...

Juarez:

A tia já escolheu: Lair Ferst o Exterminador do Detran.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Yeda Cruzes, a "Exterminadora do Futuro" do RS, vai ensinar como destruir o futuro, mais rapidamente, ao Schwarnegger.

Kadu

el barto disse...

tenho pena do terminator, ter que aguentar essa véia loca pulando em volta dele bem deslumbrada... bah!!!

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo