Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 15 de abril de 2008


O barnabé canoense que tem vida de milionário

Ontem à noite, eu fiquei algum tempo assistindo ao senhor Chico Fraga (PTB) depondo na CPI do Detran, ele que é e foi secretário da prefeitura de Canoas (um frentão de direita, liderado pelos tucanos), em vários governos de direita.

O sujeito é um artista do pragmatismo lingüístico, reflexo do seu ultrapragmatismo (para usar um eufemismo) no campo funcional, político e profissional. Mas o curioso é que ele se expressa muito mal. Embora tendo se formado em Direito, tropeça feio na fonética, na morfologia, na sintática, e na semântica das palavras. Sua vida, já se vê, é um conflito permanente com a língua, apesar de advogado, repito. No entanto, o homem é bem sucedido, materialmente.

Fala como um lúmpen, mas vive como milionário (apesar de ser barnabé canoense).

Hoje, o jornal de Canoas, O Timoneiro (OT), estampa na capa a foto da mansão de Fraga no Litoral (acima). A manchete interna diz que “Enriquecimento de Chico Fraga assombra canoenses”.

E o texto prossegue:

Os canoenses ficaram assombrados, mas não totalmente surpresos, com as fotos das mansões do secretário de Governo Francisco Fraga (PTB) em Tramandaí, às margens do rio Camarão. As imagens fizeram parte de matéria publicada por OT intitulada ‘O refúgio milionário de Chico Fraga’, fruto de longa investigação da reportagem junto a veranistas, moradores e pescadores vizinhos do secretário no Litoral. [...]

E continua a matéria de hoje de O Timoneiro, de Canoas.

O refúgio milionário de Chico Fraga

A reportagem de OT foi a Tramandaí, no Litoral Norte, e investigou a vida luxuosa que Fraga e sua família levam na mansão à beira do rio Camarão, dentro do condomínio Marina Park Residence, na RS-030.

Lá, OT constatou que o advogado Francisco José de Oliveira Fraga, cargo de confiança da administração canoense durante longos anos, teve o nível de sua vida elevada consideravelmente. Somente ali, são duas mansões avaliadas em R$ 1,3 milhão cada, uma casa, seis terrenos avaliados em cerca de R$ 200 mil cada e seis sítios na RS-030 onde Fraga pretendia construir um posto de gasolina.

O dia-a-dia de Fraga e sua família no local foi cercada de grandes festas e churrascos com políticos do alto escalão, com suas três camionetes Pajero pretas e seu automóvel Audi estacionados nos longos terrenos que possui.

O secretário de Governo levou a localidade também a desarmonia, conquistando rapidamente a antipatia dos novos vizinhos e de uma colônia de pescadores que vive na margem contrária a de sua mansão.

O novo rico

O advogado Francisco José de Oliveira Fraga é natural de Porto Alegre e, aos três anos de idade, veio para Canoas. Segundo o endereço eletrônico da Prefeitura na Internet, ele tem “larga experiência na administração municipal e na vida política domunicípio, foi assessor do vereador Valdir Dalagnol e dos ex-prefeitos Oswaldo Guindani, Francisco Biazus e Liberty Dick Conter.

Na administração de Marcos Ronchetti, desempenhou funções de secretário Especial de projetos e Planejamento Estratégico e de Governo.”

Cargo de confiança durante longos anos, Fraga sempre teve uma vida normal e dentro dos padrões financeiros de seus cargos. Porém, há cerca de cinco anos, o braço direito de Ronchetti se transformou, do dia para a noite, em proprietário de dezenas de terrenos, sítios, fazendas, casas, apartamentos e carros importados.

Leia mais no jornal O Timoneiro.


4 comentários:

Anônimo disse...

é um gordo debochado e insolente, os deputados deixaram ele falar ontem, ser mal educado e atrevido. o presidente da cpi deveria cortar a palavra desse lixo, uma vez que ele não queria falar sobre o perguntado, então que se limitasse ao silencio, mas não ele ficava provocando e fazendo juízo de valor sobre pessoas e fatos. esse tipo deveria ter saído preso ontem da cpi, por desacato e desrespeito às autoridades presentes.
o pres. fabiano foi mole com o abusado.

eli beck

Anônimo disse...

É um trabalhador brasileiro. Tudo que possui foi fruto de árduo trabalho, muito suor e até lágrimas. O pequeno sobrado na praia, no qual deve ter inclusive ajudado na construção é resultado de muito labor. Como este pessoal da esquerda é desconfiado!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Isso tudo cheira a muiiiiita picaretagem....

Cristiano disse...

Picaretagem coisa nehuma. ladrão mesmo. Até os ultimos minutos ele e aquela gente do GP, SMGAM, ORÇAMENTO... da prefeitura de canoas ficaram enchendo seus cofres, com apoio do alto escalão estadual e do Senador Sergio Zambiasi e Deputado Federal Busado que levaram tambem seus quinhões.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo