Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

sexta-feira, 26 de outubro de 2007




A sabotagem silenciosa contra o PAC

Em setembro, o estoque da Dívida Pública Federal (DPF) atingiu R$ 1,315 trilhão, acusando um crescimento de R$ 78,97 bilhões nos nove primeiros meses do ano. Esse aumento não foi produzido pelo déficit nominal do Tesouro no período, mas, essencialmente, pela apropriação dos juros, da ordem de R$ 72,5 bilhões, respondendo, portanto, por 91,8% do crescimento do estoque da dívida. A informação é do Estadão, de ontem.

O valor dos juros pagos depende de vários fatores, como a taxa cambial e a evolução dos índices de preços, mas, principalmente, da taxa Selic fixada pelo Comitê de Política Monetária (Copom), que favorece as operações de arbitragem e é em parte responsável pela apreciação da moeda nacional em razão da entrada de capital especulativo

.........

Eu fiz questão de manter a linguagem hermética tal como está no Estadão.

E o quéco? – perguntará o alienado fundamental.

Ora, meu bom fundamental, isso significa que o Banco Central está arbitrando, decidindo, mandando e não pedindo, que os que investem em papéis da dívida pública federal estejam ganhando muito dinheiro – e à sombra.

A “apropriação dos juros” em linguagem terrena quer dizer que os com-Rolex amealharam 72,5 bilhões de reais, só nos nove primeiros meses do ano. O Pochmann afirma que não chegam a 80 mil brasileirinhos que esperam sorrindo esse carvão. A Máfia italiana ganha muito mais e em Euro, claro, mas para lograr êxito na profissão fora-da-lei tem que cumprir funções desagradáveis como executar comerciantes recalcitrantes, lidar com os escrotos que não entendem a função social do crime organizado no capitalismo, enfim, de alguma forma, trabalhar.

No Brasil, não tem disso, o branquinho portador de Rolex e polpuda conta bancária, dirige-se via telefônica ao seu gerente de banco e aplica seus caraminguás na dívida pública do seu País. Pronto. Serviço limpo e satisfação garantida pelo tio Meireles (calçado pelo tio Lula).

Os números acima são uma espécie de sabotagem silenciosa contra o PAC. Banco Central versus PAC.

Foto: Henrique Meireles, presidente do Banco Central do Brasil, xerife das chamadas "operações de arbitragem" eufemismo tecnocratês para dizer que "comigo os especuladores tem todo o privilégio do mundo".


5 comentários:

armando disse...

Canalha agiota, da família infinita do tipo canalha cara-de-pau.

Anônimo disse...

Canalha é o Lula que garante o agiota. Pagamos só de juros cerca de R$ 500.000.000,00 (milhões) por dia. Isso dá cerca de R$ 347.222,00 (mil) por minuto e R$ 5.787,00 por segundo, isso mesmo, segundo. Depois fala-se em bolsa família, que nojento.

Omar disse...

O Meireles só está lá pq o Lula quer...a culpa é de quem então??

armando disse...

Anônimo, desculpe, mas não é bem assim. O Lula, querendo conciliar e evitar um bombardeio dos "com-Rolex", se aliou ao demo. Noves fora, tem culpa, mas o agiota continua sendo o ex-presidente do Boston. Lula, apesar dos pesares, nunca será um "com-Rolex".

Quem escreve, não é lulista e nem petista, ainda que, salvo em 1.989, quando fui com o velho Brizola no 1º turno, tenho teimosamente votado no Lula. E mais, se tudo correr como parece, votarei na dona Dilma...pois, do contrário, teria que escolher entre o vampiro Serra e neoconquistador Aécio. Problemas da democracia burguesa.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Lula tinha que colocar uma pessoa do mercado financeiro internacional no Banco Central para dar credibilidade ao país. O que vcs queriam que colocasse o Guevara no Bacen, como fez Fidel? E essa história do PAC, com a realização da Copa de 2014 no Brasil vai arrebentar. O Brasil vai ser obrigado a investir em infraestrutura. E é isso que tem de ser feito. Em pequim, sede da olimpiada do ano que vem, 15 mil prédios estão sendo construído. O Brasil não pode perder essa oportunidade, porque vai receber recursos expressivos para investimento. O problema são os desvios, a corrupção e a violência. Chamem o capitão Nascimento.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo