Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 24 de outubro de 2007



Documentário sobre o Haiti

Recomendo que vocês assistam aqui o documentário sobre Cité Soleil, uma das comunidades mais miseráveis do mais pobre país das Américas, o Haiti.

O filme chama-se Bon Bagay Haiti, tem cerca de sete minutos, e foi produzido há poucos dias atrás pela Agência Brasil, um dos núcleos de conteúdo do que deve ser a futura TV pública brasileira. Quero parabenizar os realizadores deste pequeno documentário. O texto é muito bom e as imagens são primorosas, ainda que mostrando uma realidade degradada e desumana. Logo com o Haiti, o país que primeiro conquistou a sua independência nas Américas, resultado da luta insurgente de escravos negros.

O governo Lula precisa retirar imediatamente as tropas militares do Haiti. Trocá-las por uma real e efetiva ajuda humanitária. Como se pode ver no filme, no Haiti a água potável é um bem escasso, as pessoas não tem saneamento básico, além do mínimo para sobreviver. A cobertura vegetal naquele país não chega a 2% do território. O governo brasileiro deve mandar pessoal técnico para ajudar a encontrar água potável, e para contribuir no reflorestamento nativo do país (entre tantas outras demandas), retirando os militares que já esgotaram o seu papel.

Os governos da Venezuela e de Cuba mandaram para o Haiti brigadas de profissionais de saúde, de energia e de educação, que realizam um trabalho inestimável de promoção de saúde pública e de promoção da cidadania, num país devastado pelo abandono e o descaso da chamada opinião pública mundial.

Desenho do Latuff


3 comentários:

armando disse...

Pois é, belo trabalho de Cuba e Venezuela. Enquanto isso, damos uma de rambo de 5ª categoria...

Anônimo disse...

Só tem que pedir pro Preval parar com a loucura privatista. Tinha que ser pre-condição para qualquer ajuda, inclusive para os acordos da ALBA, pois irão sustentar um governo que claramente optou por um lado, assim como seu guru aristide. Infelizmente o humanismo aqui não pode se sobrepor as visões sociais, sobre pena de patrocinar um modelo exclusor.

Aloisio Milani disse...

Caro Critóvão Feil. Obrigado pelo link feito em seu blog do web-documentário. Esse trabalho foi uma ótima experiência para lidar com a linguagem multimídia. Ao mesmo tempo, aprofundou minhas pesquisas sobre o tema Haiti. Estou escrevendo um livro sobre isso. Parabéns pelo blog também... Até, Aloisio Milani

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo