Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 30 de outubro de 2007


Ninguém ouse contra o Brasil, diz o neomilitarista Jobim

O governo Lula duplicará, em 2008, o orçamento destinado ao equipamento militar. A informação é do jornal argentino Clarín, de hoje. Para Lula, é preciso que as Forças Armadas “recuperem o seu poder”.

O ministro da Defesa, Nélson Jobim, considera que essa “readequação militar” permitirá superar as desvantagens regionais. Contudo, no Brasil, todos se esmeram em assinalar que esse esforço não tem relação com a necessidade de se contrapor a outros países. Jobim negou que se trate, eventualmente, de conter a Venezuela. “Todos nossos vizinhos são sócios e amigos”, afirma.

A estratégia do Brasil não se define por “pretensões expansionistas mas pelo conceito de dissuasão”, assegurou Jobim, para quem “o conceito de defesa moderno que nos interessa é o de inibir. Isto é, que ninguém ouse em entrar tranqüilamente no espaço aéreo brasileiro, nem pense que possa concentrar forças no mar, em águas territoriais brasileiras”.

Com um Exército de 190 mil militares, uma Marinha com 48 mil homens e a Aeronáutica com 73.500 efetivos, o Brasil possui as Forças Armadas mais numerosas da América Latina.

.....

O presidente Hugo Chávez deve ter colocado as mãos tapando o rosto e exclamado:

- Ai, que meda!


Um comentário:

el barto disse...

hehehe... chavez véio não vai dormir hoje...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo