Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 29 de outubro de 2007


A cocaína é um problema de vocês – diz Evo

“Eu não defendo o narcotráfico. Defendo uma planta que na nossa cultura é benéfica pois ela ajuda a suportar a fadiga e a vida a 400 metros de altura. Nós não consumimos cocaína. Este é um problema de vocês. Nós consumimos uma infusão de folhas. Ou seja, as mastigamos, as usamos na medicina de base e, inclusive, fazemos uma torta”, afirma Evo Morales, presidente da Bolívia, em entrevista ao jornal italiano Repubblica, falando da folha de coca.

Evo Morales, em visita à Itália, também afirma que “a Venezuela foi o primeiro país a demonstrar toda a sua amizade concreta quando pela primeira vez na Bolívia foi eleito um presidente indígena. Temos uma situação econômica semelhante, ou seja, temos grandes recursos naturais e partilhamos alguns programas sociais como o da assistência sanitária gratuita das missões dos médicos cubanos e a prospectiva do socialismo. Por outro lado, sem a solidariedade do presidente Chávez eu não teria podido nem viajar para a Itália, pois ele me emprestou o avião presidencial para vir até aqui.”

8 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Fantástico, o Chávez empresta avião presidencial venezuelano para o Morales, presidente da Bolívia ir para a Itália. Imagino a seguinte situação: se o FHC emprestasse o sucatão para o Fujimori viajar para a Itália, o que certa esquerda diria? Mas o Chávez pode, o Evo pode fazer esse tipo de ....... picaretagem. Eu gostaria de saber, com toda a franqueza, quem é que paga essa conta? 900 mil dólares cash foram apreendidos num avião locado pela PDVSA em Ezeiza, Bs.As., da onde saiu esse dinheiro? O assunto foi sumariamente encerrado, porque Chávez disse que aquilo é armação do império. São interrogações como essas que demonstram que a Venezuela vive um regime sem nenhuma transparência. O dinheiro circula ao redor da autoridade central que centraliza tudo e ele não presta nenhuma conta. E a família Chávez enriquece, seu irmão é ministro, todos estão empregados em cargos de governo e seus amigos e companheiros também. E o dinheiro público circula com desenvoltura, ajudando os companheiros de outros países. E a mídia que coloca em dúvida esse tipo de operação é qualificada de anti ética, oligopolista e amoral.

Claudio Dode disse...

Este Maia é divertido mesmo, até ele um cara "atrasado pra cacete" sabe que o Chavez emprestou o avião para o Evo, e ele acha isto falta de tranparência.
Ele chama uma ajuda da Venezuela para a Bolivia uma picaretagem, agora a ajuda do Bush e seus mercenários é um gesto de boa vontade para com os Iraquianos, coisas de um bom samaritano.
Fantástico, só os facistas da veja fariam melhor, se é possível.

Juarez Prieb disse...

O Bush sustenta toda a máfia cubana de Miami e nada dizem os Maias e Vejas da vida.

E a ajuda de Bush aos países neocapitalistas do Leste europeu, a Polônia, por exemplo, só para ficar no singular, que hoje é um país praticamente fascista? E o apoio explícito ao narcopresidente da Colômbia, um bandido?

Evo é uma liderança étnica, popular, e nunca foi bandido.

Não mistura bananas com cebolas, seu Maia, sugerindo que são flores!

Jorge Vieira disse...

Um comentário do post do Cristovão permitiu formular:

A SEGUNDA LEI DE MAIA OU A LEI DA CONFUSÃO.

É de 99,9999% a chance de um provocador impedir, barrar, terminar, ou desviar uma discussão no blog, adotando a seguinte estratégia: lançar uma informação nova, diferente do post, ou encaminhar uma acusação de que os debatedores são preconceituosos com capital, autoritários e portadores de ideologias baratas.

Analisem o que foi escrito pelo Cristovão e o conteúdo da primeira intervenção.

Crianças divirtam-se.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Jorge, no post há a referência de que Evo viu a Itália com o avião público venezuelano. Esse assunto também está em discussão e é realmente inusitado. É normal, por acaso, um presidente de um país viajar para a Itália com avião público de outro país?
Claro, claro, o simples fato de Chávez e Evo serem de esquerda são relevantes e devem passar por cima desse tipo de preocupação pequeno-burguesa, né? Quando a esquerda faz picaretagem é sempre assim...
E mais, o Bush não é exemplo e nem referência para nada. Ele é um baita de um picareta e um troglodita.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Juarez, o povo da Polônia e da Colombia elegeram, pelo voto universal, candidatos que não são alinhados com a esquerda. O povo da França e da Alemanha (que são países com pessoas muito conscientes e cultas) também. Qual o problema? Democracia (que não é ideal burguês coisa nenhuma) é também a possibilidade de alternãncia no poder. Por que esse medo de alternância?

flics disse...

E o fhc que ajudou a Venezuela, mandando petróleo para a Venezuela quando da greve da PDVSA?

Esse fernandinho então era mesmo um salafrário. Ajudando às nossas custas o ditador anarco-comuna-fidelista-corruptista-... Presidente Hugo Chavez.

eduardo stein disse...

O Jorge Vieira matou a charada. O Maia é um diversionista que costuma atacar em blogs de esquerda, pois o próprio blog dele e de outros facistas possuem uma nano-audiência. Então, para este espécime é melhor se infiltrar em blogs como este, instaurando a polêmica infantil.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo