Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007


Petrobras censura atriz militante

A atriz Letícia Sabatella disse que tentaram cortar o som do seu microfone quando lia uma carta do bispo dom Luis Cappio, que faz greve de fome contra a transposição do rio São Francisco, em comemoração ao Dia Mundial dos Direitos Humanos em Salvador (BA), no domingo. O evento foi organizado pelo governo da Bahia - que é do PT e apóia a transposição - e patrocinado pela Petrobras. O ator Marcos Winter, que estava lá, contou que ouviu de um organizador: "Esse ator nunca mais sobe no palco". A Petrobras e o governo da Bahia negam que houve o problema.

Procurada por um repórter da Folha, Letícia (foto) comentou sobre o episódio, assim:

Eu tinha acabado de encontrar dom Cappio em Sobradinho. Eu não perguntei se poderia ler [a carta]. Não fui totalmente educada. Mas não imaginei que seria tão inconveniente em se tratando de uma questão relacionada a direitos humanos. O diretor do evento ficou chocado no primeiro momento. Ele falou: "Isso é uma sacanagem. Isso não foi combinado". Eu respondi: "Sacanagem é ele [dom Cappio] não poder ser ouvido". Aí ele falou: "Você foi autoritária". "Autoritário é impor um projeto de cima para baixo, sem debate", respondi. Fizemos um atentado cultural. Brinquei com Marcos: "Talvez a gente nunca mais receba apoio da Petrobras".

12 comentários:

Carlos Eduardo da Maia disse...

Don Cappio não poder ser ouvido???? O bispinho chantagista é capa de todos os jornais do Brasil todo o santo dia. Não há motivo razoável -- a não ser o preconceito ideológico contra o capital que vai fazer a obra e receber sua remuneração -- para impedir que milhões de pessoas tenham acesso, finalmente, a àgua no semi arido e sertão nordestino. E a burrice ideológica segue o trem do bispo chantagista.

sisqueci disse...

Apoio qualquer coisa que a Letícia Sabatella seja a favor e o Maia seja contra :o)

K disse...

Cara, pela Letícia eu até viro faquir e faço qualquer transposição, transfusão, transmissão, transliteração...

Anônimo disse...

a Leticia se achou engraçada????Receber dinheiro para suas peças de teatro esses atores globais se fazem de simpáticos.Direito à palavra todo mundo tem, mas no forum adequado.....não dá pra brincar com assunto tão sério, pq o bispo não explica técnicamente pq só os próximos dele geograficamente têm direito à agua do São Franciso? Chantagem chama mais atenção!!!

Zurdo disse...

O PT cadê o PT!

O partido dos trabahadores, entrou para a escola política da burguesia e gostou. Aprendeu a ser pragmático para ganhar eleições e para manipular interesses e furtar com destreza qualquer sonho de transformação social. Domesticado, dócil, dança conforme o tom dos ricos. E não faze cerimônia quando tem que reprimir, censurar. Atilio Boron estavacerto é o governo que nega os interesses da classe trabalhadora, é o dito; da estratégia do sim, mas não.
Abraço,
Runildo

sueli halfen ( POA) disse...

Esse bispo deveria fazer como os monjes budistas faziam quando queriam realmente " morrer de protestar ".
Pega gasolina ou álcool qui é mais barato e se imola !!!

Agora...imitar o Ramadan é que não vai dar crédito mesmo !

sueli halfen ( POA) disse...

"não fui totalmente educada"...

Essa moça nasceu prá ser atriz mesmo!

Isso é coisa de gente borderline.

E hoje "tô meia braba" com meio senado !

Opa!!! disse...

Acho que o "Zurdo" tb é cego.... caracterisca claro do PSOL que so vota com a direita para ser contra o PT, quem vive e trabalha com o povão sabe que para estes o Lula tem feito muita coisa, poderia ser melhor? sim poderia, mas dentro das limitações todas, é um baita governo para o povo pobre e sofrido.

Orson disse...

Dizem que em algum momento os extremos se encontram. Finalmente, concordei com o Maia.

Armando disse...

Esse delirante que deixou de comer (será que deixou mesmo?) só podia se juntar com empregada da Globo. Dá no que deu. Aliás, as empregadas da Globo estão em todas ultimamente: da cama do Renan a atos públicos do governo da Bahia...
Vão pro inferno!

Atento disse...

Não acho Letícia Sabatella exatamente uma pensadora. Parece-me integrar esse grupo de artistas que se acham com uma espécie de mandato para representar os oprimidos. Em suma, tá todo mundo mais ou menos errado.
O mundo desses comuno-fascistóides se divide entre os que estão com eles e os que não estão, sem matizes. A chamada “liberdade de expressão”, de que tanto falam, é a liberdade de concordar com o partido.

Anônimo disse...

Todo meu apoio a Leticia e meu repudio a transposição que vem sendo efusivamente saudada pelos coronés do agronegócio nordestino

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo