Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007


Escolinha do Professor Barrionuevo

Deu hoje no RS Urgente.

Quando deixou a coluna Página 10, do jornal Zero Hora, José Barrionuevo passou a dedicar-se ao marketing político e começou a prestar serviços como consultor político e gestor de imagem. “Gestão de imagem” é o conceito central no site de Barrionuevo que, se por um lado, não tem quase nada de conteúdo, por outro, é pródigo em elogios ao jornalista. A carreira de Barrionuevo como gestor de imagem, porém, sofreu pelo menos dois duros golpes em 2007. Dois parceiros e/ou clientes importantes foram alvo de pesadas denúncias. Primeiro foi José Fernandes, diretor da empresa Pensant, preso pela Polícia Federal na Operação Rodin e indiciado como membro da quadrilha que operava um esquema de fraudes no Detran. Em parceria com Cezar Busatto, Barrionuevo assinou um livro sobre o tão badalado quanto inócuo Pacto Pelo Rio Grande, que teve a participação da Pensant como consultora.

Agora, é a vez do prefeito de Canoas, Marcos Ronchetti (PSDB), denunciado pelo Ministério Público Federal no esquema da fraude da merenda escolar. O MP quer cassar o mandato e os direitos políticos de Ronchetti, um dos principais clientes de Barrionuevo em sua carreira como gestor de imagem. O jornalista trabalhou como consultor da campanha que levou Ronchetti à prefeitura de Canoas.

Em novembro deste ano, o nome de Barrionuevo circulou como cotado para assumir secretariado de Comunicação do governo Yeda. Indagado sobre o assunto pela jornalista Rosane de Oliveira, de ZH, garantiu que não havia nenhuma chance: “Não nasci para ser franciscano”, resumiu. Diante do destino de alguns de seus clientes e parceiros, o jornalista poderá ter que rever seus conceitos religiosos e existenciais.

.......

Vale a pena vocês visitarem o saite do professor Barrionuevo. Lá, o cara é simplesmente o "másquimo" - uma fusão de Alberto Roberto (foto) com professor Raymundo, aqueles personagens hilários do Chico Anísio. Aliás, este deveria cobrar direitos autorais.

E os fiadores das excelências profissionais do professor Barrionuevo, então? Nada menos que dois ex-porta-vozes de ex-presidentes, o ditador Figueiredo e o defenestrado Collor, e a louraça de José Agá, dueña Amélia Lemos, expert em papeleiras, transgenia, agrobusiness, carne maturada for export e jornalista nas horas vagas.

6 comentários:

Anônimo disse...

caro Gauche,
vc diz aos seus 17 leitores que vale a pena visitar o saite do professor barrionuevo...
visitei, amigo e não vale.
Perdi meu tempo e um pouco da minha paciência...
A louraça, entretanto, não vi por lá...
abraço
zeca

sueli halfen ( POA) disse...

Não vou dar acesso à ele...publica as partes mais "deslegais" ....

Melhor dar acesso prá ti !

abraço

Armando disse...

Alexandre Garcia? Cláudio Humberto? Os apresentadores, dispensam apresentações...

Barri... o quê mesmo?

Feil Dois disse...

Barri... quem?

Paula Beiro disse...

Não entendi o site deste homem....

el barto disse...

sitezinho feio. mas o mió é a louraça dizendo que o cara é uma grife. bem, como tudo de grife, o sujeito deve se vender por muito.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo