Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

O olho da revolução


Clique na imagem do cartaz para ampliá-lo.

7 comentários:

Anônimo disse...

Comentário.

Anônimo disse...

Rádio Globo de Honduras anuncia no site tomada da embaixada do Brasil.
Urge expulsar o embaixador Hondurenho.

Anônimo disse...

Cobertura da radio Globo Honduras está impecável.

André de Oliveira disse...

Valeu pela divulgação, Cristovão. Coletivo Catarse agradece!
Apareçam por lá todos. Nosso jornalismo estará sempre de olha na revolução.

Ricardo disse...

Por que a foto da pessoa tribal não tem nenhum comentário capicioso? É algo como; nossa que incrível são as pessoas dos países subdesenvolvidos livres do capitalismo

Anônimo disse...

Rodrigo Lopes fala uma coisa na TVCom e a Radio Globo de Honduras diz outra.
Rodrigo Lopes realmente está lá? Porque nem parece.
Rodrigo Lopes fala de muitas manifestações contra Zelaia, a Radio Globo fala de uma parada de camisas brancas composta de funcionarios públicos minguada - levados por ônibus e com chamada - que ao passar diante da rádio mal deu tempo de descer o prédio e o grupo já tinha passado.
Rodrigo Lopez omite a passeata de 300 mil pessoas (fonte: El Pais) a favor de Zelaya.
Foram 300 mil pessoas em um país de 7 milhões. A rádio Globo comenta a diferença gritante de público em ambas e o tratamento privilegiado que a parada governistas recebeu.
Rodrigo Lopes diz que "muita gente" acha o Brasil não devia ter se metido em assuntos internos, a Radio Globo sequer menciona nada parecido.
Quem são esses "muita gente" de Rodrigo Lopes ? Ninguém dos vários comentaristas (inclusive terceirizados) da Radio Globo.
E porque lá em Honduras "muita gente" tem coincidentemente a mesmo opinião de Ali Kamel no Rio de Janeiro?
A Radio Globo transmitiu direto da ONU a Cristina Kirchner, o presidente do Uruguai, o Evo Morales e me parece que nenhum desses se parece com esse grupo "muita gente" que esse amante da precisão e acurácia nos traz.
Rodrigo Lopes pelo menos comunica que emissários já estão dialogando na embaixada com Zelaya.
Só perdeu a oportunidade de refletir sobre o fato à luz das manifestações que a resitência ondurenha promove e do unânime rechaço que o golpe recebeu.
Porque um governo legítimo e reconhecido precisaria negociar com Zelaya?
Por cautela, a RBS já não chama de interino o governo golpista.
Depois esses jornalistas ficam lamentando a decadência dos jornais, a perda de sua importância e a diminuição do salário, e se esquecem de quem não se dá o respeito acaba por não merecer o dos outros.

rodrigo disse...

olhem isso sobre zh e muito foda escancarado

http://cloacanews.blogspot.com/2009/09/os-escritos-secretos-achados-no-lixo-de.html

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo