Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 8 de setembro de 2009

MST ocupa Incra em Porto Alegre


Governo federal desistiu da desapropriação de fazenda de 7 mil hectares

Cerca de 450 sem-terra de todo o Rio Grande do Sul ocupam neste momento (11h05) o prédio do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Porto Alegre. Eles exigem a retomada das negociações para a desapropriação das Fazendas Antoniazzi, em São Gabriel (RS), onde podem ser assentadas cerca de 400 famílias sem terra.

As famílias também exigem que o governo federal assine a portaria que altera os índices de produtividade e que assente imediatamente as duas mil famílias que estão acampadas em beiras de estrada no RS. Os sem-terra somente deixarão o prédio do Incra quando as reivindicações forem atendidas.

A área das fazendas Antoniazzi tem cerca de 7 mil hectares. O processo de desapropriação foi suspenso pelo juiz federal de Santana do Livramento, Belmiro Krieger. O juiz voltou atrás de sua decisão e iria conceder a imissão de posse das fazendas, semanas atrás. No entanto, na ocasião, o Incra e o governo federal resolveram desistir das áreas.

As famílias do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) exigem que o governo federal e o Incra retomem as negociações para desapropriar as fazendas. A reforma agrária somente irá acontecer quando for prioridade para os governos e para as instituições do Estado, especialmente para o Poder Judiciário.

11 comentários:

Omar disse...

Meu amigo AM deve estar preparando um carreteiro para o pessoal...

Anônimo disse...

Gente!!!
Vendo esses sem-terras passando o que estão passando e o nosso Lula comprando 8 bilhões de euros em aviões, me pergunto: que mundo é esse em que vivemos?
Por que tanta incoerência?
Quantos pobres sairiam da miséria com toda essa grana?
Será que só eu vejo desse jeito?
Norminha (não sou a sirigaita da novela)

Miguel Grazziotin disse...

Bom.....
Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa
1. Não há qualquer relaçao entre comprara avioes e reforma agraria.
Os dois podem e devem ser feitos
2. Ou entao vamos aceitar o argumento do PSDB/DEM que devemos deixar a exploraçao do petroleo para os estrangeiros e gastyar o dinheiro em escolas e hospitais..
Sinceramentre este tipo de raciocinio é4 simplório..para dizer o mínimo
Reforma agraria Já
Petroleo é Nosso!
Sim a modernizaçao da Aeronautica! ainda mais com 20 bases dos EUA na colombia!
www.miguelgrazziotinonline.blogspot.com

Anônimo disse...

O investimento na exploração do petróleo tem retorno.
Avião e submarino é só gasto.
E se os EUA resolverem entrar no Brasil e cagar na frente do palácio do Alvorada não vai ser a aeronáutica brasileira que vai evitar.
Tenta outra Graziotin.

Anônimo disse...

Por que não empregam o MST na exploração do petróleo?
Resolveriam dois problemas:
1. mão-de-obra para a exploração;
2. emprego para essa vagabundagem que só quer moleza.
Duvido que aceitem.
Quem tem tudo de graça não vai querer trabalhar.

Anônimo disse...

Bem se depender do Anônimo das 18:13 e dos tucanos e pefelistas, os americanos entram com tudo e eles ficam de quatro e pedindo desculpas por ficar de costas.

Realmente não é com este tipo de gente que vai se fazer uma nação.

Claudio Dode

Miguel Grazziotin disse...

Bom com uma argumentação rica como esta do anonimo das 18:13...ainda bem que tem autocritica e se mantêm no anonimato, pois é duro manter tal riqueza de pensamento...

Jordi disse...

Pois é, uma família do MST, caminhando 500 km com os filhos pequenos, tomando chuva, porrada e tiro da polícia, e... TUDO de graça!!!

Tadeu Schütz disse...

Se fosse vc Jordi já cobraria o michê, não?

TS disse...

Jordi, quando vc cobra a bandeirada?

Anônimo disse...

Uma bandeirada com a bandeira do MST no rabo de filhinho de papai-fazendeiro com sua 4x4? sai de graça...

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo