Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Petrobras quer contratar consultoria tucana


Infiltração serrista visa desestabilizar candidatura da ministra Rousseff

A Petrobras está em processo de contratação de uma consultoria formada pela tucanagem das mais emplumadas e bicudas. Trata-se do Cebri - Centro Brasileiro de Relações Internacionais, cujo presidente de honra é o professor Fernando Henrique Cardoso e abriga “pensadores” tucanos como Bolívar Lamounier, embaixador Botafogo, embaixador Lampréia, Pedro Malan e outros personagens edificantes do entreguismo brasuca.

O portal do Cebri informa que a instituição está voltada para o estudo e a discussão de temas de política internacional, assim:

“O Centro foi concebido com a finalidade de ser um dos mais importantes think tanks de políticas públicas na área externa do País. A Missão do Centro é criar um espaço para estudos e debates, onde a sociedade brasileira, em particular organizações da sociedade civil atuantes na área internacional, possam discutir temas relativos às relações internacionais e à política externa, com conseqüente influência no processo decisório governamental e na atuação brasileira em
negociações internacionais”.

Nos Estados Unidos existem dezenas de instituições dessa natureza e propósito, que procuram cobrir todo o espectro das políticas públicas, estatais e não-estatais. O Cebri é um plágio verde-amarelo dessas organizações – também chamadas de think tanks – formadas por ex-ocupantes de cargos públicos e acadêmicos com veleidades políticas e/ou negociais manifestas.

Eles estão para ser contratados pela Petrobras para produzir documentos de avaliação do panorama da política internacional para a gerência de estratégia da Petrobras, visando a orientação de negócios e perspectivas de mercado internacional.

Hoje, sabe-se que a Petrobras tem três focos principais de atritos externos, entre outros: Equador, Bolívia e Angola. A consultoria do Cebri certamente vai indicar o caminho do esgarçamento da tensão nos negócios da estatal com aqueles países, portanto, na contramão das orientações diplomáticas do Itamaraty e do próprio Palácio do Planalto. A ação do Cebri vai provocar mais contradições entre a empresa estatal de energia e o centro de governo, favorecendo, assim, as pretensões serristas de um lado, e de outro, o condomínio dos petistas, não-petistas, dirceuzistas e ressentidos de todo o gênero, que não admitem a candidatura da ministra Rousseff à sucessão do presidente Lula, ano que vem.

Em Tempo: Em recente programa de televisão, um dos salientes sábios do Cebri não escondeu o que pensa sobre a política externa do Brasil. Para o ilustre tucano, ao governo Lula não cabe desenvolver uma política externa autônoma e independente, isso é prerrogativa – segundo ele – de países estratégicos, como EUA, Inglaterra, União Européia, o Brasil tem que seguir de forma pragmática aquelas grandes diretivas desses países de economia central.

Este é, pois, o perfil dos doutos consultores que a Petrobras está incluindo no seu portfólio de parceiros e colaboradores. Certamente, todos patriotas abnegados e vultos gigantes do civismo desinteressado.

14 comentários:

Carlos disse...

caro feil,

isso é trairagem da grossa.

concordo com você que o cebri é uma cópia adulterada dos congêneres americanos. tais think tanks tomaram de assalto o governo bush, criaram revistas, articularam lobbies, fizeram o escambau e, hoje, desmoralizados, estão à espreita ou no mocó, aguardando outras oportunidades na administração obama. a blogosfera está cheia de informações sobre a canalhice dessas instituições.

fico estarrecido que nossa principal empresa caia nessa esparrela.
é o fim da picada. seus integrantes tucanos são uns lesa-pátria que no pig vivem esculhambando a política externa do presidente lula.

parabéns pela denúncia. divulguemos, pois.

abçs

SBENTENAR disse...

- O PRESIDENTE DA PETROBRÁS VAI DIZER QUE NÃO SABE DE NADA!!

zé mário disse...

Gente, aí tem o dedo do Zé Dirceu.
Podem apostar.

Anônimo disse...

Gente tão fina, tão ilustrada, tão ... tão ... menor em seus horizontes e tão maior em torno de seus agenciamentos comprometidos. O bom é que ainda podemos ter acesso a textos como o seu para fazer circular pautas ausentes nos grandes espaços, de largo alcance.
Agora uma coisa é clara: nos círculos do poder se engana quem quer – ou não se engana – porque se sabe muito.
Tenho acompanhado seu esforço de esquadrinhar os muitos passos que se tem dado rumo à sucessão e o que me espanta é que o poder de fogo tucano e asseclas tem o poder de criar um cenário de debates tão distante da massa de eleitores com efeito no mínimo discutível em termos de ganhos políticos.
Essa investida de uma instituição quasi-tucana (no mínimo) num setor estratégico, precisa ser analisada com mais calma, pois os desdobramentos não são necessariamente os que poderão ser recomendados pelos mauricinhos do CEBRIS. Imagino que o governo veja como uma fonte a mais para ser apreciada – como não se soubesse que pressupostos orientam essa intelectualidade envolvida. O que me estarrece – entre as frestas - é a perspectiva de um movimento, contínuo, muito bem articulado de PRIzação do poder, em alianças “confiáveis” de ambos os lados. Aí tamo fu.
Marcos

Jean Scharlau disse...

A VARIG também contratou consultoria tucana, o Zylbersztajn, genro do FHC. Virou sucata.

Jean Scharlau disse...

PS - Pode ser também um 'cala boca' que a Petrobras está pretendendo pagar aos tucanos. Tem-se visto tanta coisa neste mundo vão...

Carlos Eduardo da Maia disse...

Entreguismo brazuca??Pelamordedeus, troquem o disco!!!
Como se o Brasil fosse completamente dividido entre bonzinhos e malvados e entreguistas e não entreguistas. Esse conceito de "soberania" foi para o espaço faz muito tempo. Nada a ver.

Carlos Eduardo da Maia disse...

Entrei no site do CEBRI: http://www.cebri.com.br . Dei uma olhada nos seus membros. Não se trata de ninho tucano, porque muita gente ligada ao governo do PT está ali como, por exemplo, Paulo Nogueira Batista Júnior. Estão também ali o ex reitor da UFRGS, Hélgio Trindade, o professor da UFRGS, Paulo Vizenttini e muito mais. É um centro de estudo diversificado e apartidário.

Juarez Prieb disse...

Maia, não se faça de leitão tolinho. Essas pessoas fazem parte de um enorme Conselho que justamente faz cortina de fumaça para ocultar os verdadeiros objetivos da tal ONG tucana. Esse artifício é muito manjado, uma espécie de camuflagem para encobrir a plumagem e o bico da tal ave que acabou virando predadora.
Será isso que é o tal de darwinismo social?

Saddam disse...

Caaro Feil, deixe me dizer que acompanhar seu blog tem se tornado uma atividade no mínimo, divertida.
Sua capacidade conspiatória superou todos os limites da normalidade. Deverei, desa vez, concordar com o Da Maia, que por mais incrível que possa parecer, é o único que mantém qualquer nível de recionalidade nesse lugar.

Como é que você seriamente pode escrever um trecho "A consultoria do Cebri certamente vai indicar o caminho do esgarçamento da tensão nos negócios da estatal com aqueles países". Cara pálida, tu viu o documento? Cara Pálida, alguma vez tu trabalhou com consultoria?
Rapaz, veja a própria definicção de consultoria empresarial. Até onde sei, não estamos entregando a presidência da instituição pro Serra!

E quanto a Dilma... somente a inocência da petezada apaixonada poderia imagianar que a Dilma não sabe o que acontece em cada corredor da BR. A Petrobrás continua sendo ninho preferencial da Dilma, assim como tudo que está relacionado ao ministério de Minas e Energia.
Mas tudo bem, fico tranquilo que a oposição do país vai minar a candidatura da Dilma contratando o Fernando Henrique para aconselhar a Petrobrás. ehheeheh. Se a Dilma perder, bota a culpa no Gabrielli.


(hum, quem sabe ele também não esteja inserido nessa conspiração...)

marcelo disse...

Como as vezes é difícil entender o Brasil.

marcelo disse...

"ao governo Lula não cabe desenvolver uma política externa autônoma e independente"

... eu sinceramente nao consigo imaginar que alguém que supostamente se preocupe com interesses nacionais fale nesses termos. Antigamente esses tucanos se preocupavam um pouco mais em enrolar, pra nao transparecer assim tao na cara o entreguismo.

maria santos disse...

Cruzes! Que notícia mais sinistra. Não é possível que ninguém esteja vendo o perigo iminente.

Cristóvão Feil, a sorte é que VC está de olho nessa gente. Vi um comentário na Helena sobre essa tal coisa, com seu endereço, e fiquei arrepiada. Tomara que sirva como alerta à Petrobrás; devem ter tirado uma soneca.

Mimoso disse...

Vejamos: "ao governo Lula não cabe desenvolver uma política externa autônoma e independente".

Diria eu: a cada individuo (ou país) cabe aquilo que este CONSIDERA lhe ser de direito. E assim a sorte de cada um se vai configurando.

Nao tem nada a ver o Brasil ficar se adaptando aos outros. Os outros é que tem que se adaptar ao Brasil.

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo