Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Adão Pretto (1945-2009)


Um forte que fez forte os seus irmãos

Semana passada, quando morreu o lutador Adão Pretto eu não estava em Porto Alegre e não pude comparecer ao seu velório e enterro no cemitério Jardim da Paz. Sempre admirei o Adão à distância, votei nele sempre, acho que ele nem sabia disso, porque também não é muito importante, afinal.

Hoje à tarde, quando a Assembléia estadual fez uma homenagem à sua memória e não podendo comparecer, fiz um esforço para assistir na TV Assembléia a sessão especial dedicada ao eterno pequeno agricultor de Miraguaí e líder político de primeira grandeza.

Vários deputados de todas as bancadas com representação no legislativo estadual se manifestaram. Disseram aquelas coisas de praxe que se diz nestas ocasiões, o básico do básico que se pode dizer de alguém inatacável e que foi um bravo na luta pela emancipação do pequeno agricultor e pela dignidade cidadã dos sem-terras. Concluí que é fácil falar de Adão Pretto (foto), o difícil é medir com a régua justa o tamanho da sua grandeza.

Finalmente, quero protestar contra alguns deputados, inclusive um do PT, vejam só, que referiu-se a ele como um “humilde”.

O senso comum acha que é bonito ser humilde, ter humildade. A ideologia criou e estimulou esse mito moral para assegurar a obediência passiva e o bom comportamento individual à ordem hegemônica.

O dicionário nos assegura, porém, que humilde é aquele que “manifesta sentimento de fraqueza”. Adão Pretto nunca foi um fraco, foi um forte e fez forte os seus irmãos de luta. O dicionário aponta, entretanto, que humilde é aquele que está “inferiormente situado em uma hierarquia ou escala”. Adão Pretto nunca esteve paralisado de maneira inferior ou submissa a nenhuma hierarquia. O dicionário ensina, contudo, que humilde é aquele indivíduo que “expressa ou reflete deferência ou submissão”. Adão Pretto nunca se submeteu a nada ou a ninguém, apenas e exclusivamente ao que ditava sua consciência cidadã sobre ideais de autonomia e liberdade.

9 comentários:

Guga Türck disse...

Fiz um vídeo com o "parabéns a você" que ele recebeu lá em São Gabriel, na entrega das terras desapropriadas para a Reforma Agrária...

Dá uma olhada, Feil, se quiser, posta aqui.

http://almadageral.blogspot.com/2009/02/uma-homenagem-adao-pretto.html

Abração.

claudia cardoso disse...

Boa, Feil! Como se diz, "nos dedos"!

Anônimo disse...

Tem muito deputado doutor que é humilde por vocação e conveniência. No sentido apresentado pelo articulista. Camarada Adão Pretto estará sempre presente.

absalão disse...

Humilde o caralho, meu nome é Zé Pequeno!

Eles querem confundir humilde com coitado.

Vão chupar um prego!

Ary disse...

Segundo Juan Mattos, a humildade é qualidade apenas dos guerreiros.

Anônimo disse...

Apenas simples entre os humilhados e ofendidos. Adão Pretto, exemplo para os que são importantes na luta.

armando

Oscar torres disse...

Problema deles é c/ a língua pátria: confundem humilde c/ simplicidade, acessível, sem frescuras, sem luxos.
Lula se emocionou pois deve ter lembrado de "um tempo que o vento levou", onde sonharam juntos um país mais justo.

Anônimo disse...

Falar em Adão Pretto é facil. O Adão foi humilde pela carga de honrades e dignidade que carregou por unma vida inteira.

Até mesmo certa direita que o combateu diária e cotidianamente se calou.

Se calou porque não tem, e nunca teve, a vergonha de enfrentá-lo porque lhes falta as armas com que o Adão combateu a dignidade e o espirito publico.

Claudio Dode

Anônimo disse...

Enquanto no Brasil, falar em torturadores é semear a discórdia e reavivar "velhos" conflitos, tem gente mais valente neste mundo...

http://www.elpais.com/articulo/internacional/episodio/infamia/banquillo/argentino/elpepuint/20090211elpepuint_3/Tes

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo