Você está entrando no Diário Gauche, um blog com as janelas abertas para o mar de incertezas do século 21.

Surf no lixo contemporâneo: a que ponto chegamos! E que mundo deixaremos de herança para Keith Richards?

terça-feira, 4 de setembro de 2007



O pacote da reeleição de Fogaça está sendo embrulhado com zelo e astúcia

A partir de hoje se estabelece uma luta de titãs na Câmara Municipal de Porto Alegre. Motivo: a administração Fogaça entrega ao legislativo municipal a minuta da revisão do Plano Diretor da Capital. Essa revisão prevê grandes modificações na ocupação e gestão do nosso espaço urbano.

A repaginação da cidade está inserida na estratégia da direita em continuar à frente da administração pública da Capital através do atual titular José Fogaça. Para tanto, foi confirmado o acerto havido entre os chamados players (como eles se denominam, em linguagem negocial) e o já candidato Fogaça. Essa decisão político-eleitoral-negocial foi tomada semanas atrás e está evidenciada na constante aparição do candidato Fogaça na mídia e em eventos sociais e culturais da cidade. Ontem ainda, o modesto jornal Correio do Povo (grupo Record, da Igreja Universal do Reino de Deus) tirou um caderno especial com as realizações da gestão Fogaça, com foco nas ações do Orçamento Participativo, e o grupo RBS tem exaltado o prefeito com subida ênfase nos últimos dias.

Desta forma, a discussão sobre o Plano Diretor representa uma emulação das expectativas dos players para que se refaçam as estratégias de uma campanha vitoriosa de reeleição. Isso significa que estão sendo renovadas as condições materiais para a reeleição (arrecadação de recursos financeiros, logísticos, eleitorais, etc), bem como um programa concreto de re-apropriação do espaço urbano através da revisão do plano de edificações, com todas as implicações na indústria da construção civil, dos estoques de áreas edificáveis, da apropriação do espaço público, especialmente na orla do Guaíba.

Para tanto, um conhecido personagem da arquitetura urbana da Capital, com passagens lamentáveis pelo setor público, trata de colocar as suas castanhas no fogo. Junto com a revisão do PD, a Câmara Municipal já examina o mega projeto deste grupo privado que pretende se apropriar literalmente da área pública situada na antiga sede do Estaleiro Só, no bairro Cristal, sem dúvida uma área nobilíssima de Porto Alegre (ilustração do projeto).

A própria presidenta da Câmara Municipal, vereadora Maria Celeste (PT), está empenhada na aprovação deste projeto antipopular na área do antigo Estaleiro Só. Projeto este que precisa de modificações no regime de edificações da orla para ser aprovado, uma vez que prevê inúmeras torres que alcançam alturas que excedem (ilustração) o permitido para aquela área da cidade.

Portanto, o pacote de reeleição do impopular prefeito Fogaça está sendo embrulhado cuidadosamente entre os seus atuais aliados e – como já se vê – conta até com a imprudente colaboração indireta de alguns adversários do prefeito – pelo menos adversários nominais.

Muitos ingênuos imaginam que o processo eleitoral seja um puro espaço de democracia e livre manifestação popular. Ora, isso pode valer para as classes populares, para o nosso patriciado urbano é um momento inigualável, inescapável de fazer negócios e ganhar posições para as suas mercadorias. E a hora é agora!

19 comentários:

Jucemara Silva disse...

Feil tu acertou em cheio, esse é o ponto da discussão.

Carlos Eduardo da Maia disse...

O projeto portal do estaleiro é do arquiteto urbanista Debiagi, o mesmo que idealizou a terceira perimetral e não privatiza a orla do Guaíba. Aquela orla vai ser pública, as pessoas vão poder circular, tomar seu chimarrão,andar de bicicleta, caminhar, correr vai ter restaurantes, bares em parceria com a iniciativa privada, coisa que os tubarões do sectarismo detestam. Isso faz lembrar quando o PT protestou pela abertura pelo prefeito Collares da abertura da Av. Beira Rio, porque atentava contra o meio ambiente. Fogaça tem de levar além esse projeto que incorpora o Estaleiro ao novo Barrashopping e à Fundação Iberê Camargo, projetada pelo arquiteto português Alvaro Siza. Aquela região vai melhorar consideravelmente e é disso que POA precisa.

Anônimo disse...

Parece que o CC da PMPA retornou do almoço.

claudio Dode disse...

Onde é que nós andávamos mesmo?
David Coimbra: É a pior administração de Porto Alegre por todos os tempos.
Cesar Busatto: É Verdade!
O sábio Maia: ...é- disso que POA precisa.
Bem agora vamos esperar o que o Eremildo vai dizer...

Carlos Eduardo da Maia disse...

A administração Fogaça é pífia, medíocre e incompetente e digo isso com grande tristeza, porque votei nele. Mas Fogaça está apenas repetindo o que foram as administrações petistas. Não existe nada nos 16 anos de PT em POA digno de nota. POA é uma cidade que tem uma localização geográfica privilegiada. Existe um imenso lago mal aproveitado. Em qualquer lugar do mundo haveria um grande calçadão ao redor do lago. O projeto do Debiagi, Pontal do Estaleiro tenta fazer isso, ou seja dar ao povo o benefício de utilizar um espaço público privilegiado, mas os tubarões do sectarismo rejeitam esse projeto. Mas rejeitam por que? Elitista? Ocupação de espaço público? Eles não sabem o que dizem, criticam apenas por criticar, como fez o PT que foi contra a abertura da Av. Beira Rio. Isso é sectarismo, isso é burrice ideológica. Para mim pouco importa se o Fogaça ou o PT vão ser prefeitos, o que importa é que POA tenha qualidade de vida e nesse sentido, temos de ser propositivos, convergentes e aplaudir os bons e grandes projetos.

Anônimo disse...

O desocupado deve ter sido demitido ou tudo é uma cortina de "fumaça"?

Joca disse...

O PT não leva de novo a Prefeitura de POA.

claudio Dode disse...

ô Maia não me diga que não importa se o Fogaça ou o PT vão ser prefeitos, importa sim ! tamto que tu vota no Fogaça e faz a maior força para pensar igual a ele, e achar que são elite, e que só quer aplaudir os bons e grandes projetos, então aplauda(já está atrasado pois pelo mundo afora já aplaudiram) o orçamento participativo, aplaudiram e conheceream POrto Alegre nos Forums Mundiais, Pode começar quero ouvir...

guimas disse...

O Maia dizendo que não existe nada em 16 anos do PT em POA me lembra o Denis Rosenfeld dizendo que o Olívio não tinha feito nenhuma obra no RS inteiro.

Tudo bem, não precisa simpatizar com o PT. Mas dizer uma bobagem dessas é pra lá de ridículo.

Isso aí que é o anti-petismo: jogue fora tudo o que o PT fez de correto, porque, afinal de contas é o PT!

E depois perguntam como o RS foi ficar desse jeito.

Anônimo disse...

E o meu sol seu maia onde fica??? O q adianta anda de bicicreta se os espigões vão tapar o sol!!!!
E os moradores dos arredores q vão ficar sem o sol!!!!????? Quer dizer q preocupações ambientais também são ranços ideológicos....essa nem os "gurus" da direita estão engolindo mais...

A.D. Cattani disse...

Cristovão
Excelente matéria. Players e Fumaça não são bobos e vão tentar manter o poder por mais 4 anos falendo-se de todas as estratégias, inclusive, de falsificações escancaradas! Observem na ilustração do projeto Estaleiro Só: os prédios não estão representados na altura correta do projeto real. Ou seja, na ilustração eles parecem bem menores do que serão quando acabados.
Seria importante que arquitetos e urbanistas pudesse verificar isso.
Cordialmente
A. Cattani

Cristóvão Feil disse...

Sim, Cattani, os prédios, apesar de funcionais e modernistas, estão com altura barroca, atarracados, fora de proporção e escala. Sem dúvida, desenhados assim para melhor engrupir as Marias Celestes da vida.

De fato, onde estão os arquitetos e urbanistas para examinarem isso e emitirem um juízo crítico sobre o abuso e a usurpação deste projeto autoritário e antipopular?

Esta cidade parece que está morta, ninguém discute o essencial!

Carlos Eduardo da Maia disse...

Orçamento participativo e fórum social mundial são flores de plástico. Que obra o PT fez, além da terceira perimetral, em 16 anos? Claro, claro, asfaltou as vilas e fez saneamento básico em algumas delas, como também faz o Fogaça, mas o quê, além disso? Nada, absolutamente nada. Isso não é antipetismo, isso é fato. Além disso, o terreno do Estaleiro é privado e o projeto tem de ter lucro e tem de ser acessível aos investidores e moradores que estão interessados em adquirir propriedade naquele lugar. A margem é pública e esse calçadão será feito pela iniciativa privada. Se os burocratas vão restringir o projeto o Estaleiro vai ficar como está, cheio de erva daninha. Esse é o modo petista de governar, impôr e impôr condições e condições para nada se fazer. Aliás, como nada se fez nos 16 anos de PT no cais do porto, como nada se fez nos 16 anos de PT na orla do lago Guaíba. Por isso não voto no PT, porque é burocrata e com preconceito com o capital, como demonstra o dono deste blog.

Anônimo disse...

Temos em POA um mistério profundo: como um partido que não fez nada, zero de zero, conseguiu se reelegar em quatro sucessivas adminsitrações? Tudo isso tendo contra, patricamente, TODOS os partidos e inclusive o maior deles a RBS. Que mistério!!! Taí uma possiblidade de tese de doutorado, deixo a dica.

claudio Dode disse...

Ô Maia, por favor! Forum Social Mundial, Orçamento Participativo são flores de plástico. Está bem!
Saneamento e asfalto em vilas e periferia, também! O Que vale para ti são as grandes obras para encher as burras de empreiteiros e afins.
Alem de esperto és muito, mas muito mesmo, original.
Aproveita toda esta originalidade e manda umas flores para aquela mocinha do Gabinete da Yeda que gosta muito de selos;

Anônimo disse...

Não manda só pra mocinha esta! Manda para toda a família parasita. Por que, pelo jeito, a Yeda é o arrimo da família, o esteio, por que toda a família, exceto a Governadora, está trabalhando "de grátis" no Governo Estadual.

Anônimo disse...

Maia, um totoca que não se toca.

Luciana Torres disse...

O maior problema deste projeto foi uma lei aprovada na câmara o que possibilitou o leilão e que não permite residência alí!

Henrique wittler disse...

É lamentável esta ganância pela exploração dos bens públicos.
Vamos liberar estas áreas (Cais e Ponta do Estaleiro) para acesso público, com praças, locais para ca,imhadas etc..
Vamos ver quem é quem nesta grande negociata que se aproxima e nas eleições vamos dar o troco divulgando insistentemente seus nomes e feitos.

Henrique Wittler
www.wittler.com.br
henrique@wittler.com.br

Contato com o blog Diário Gauche:

cfeil@ymail.com

Arquivo do Diário Gauche

Perfil do blogueiro:

Porto Alegre, RS, Brazil
Sociólogo